VENCENDO A TENTAÇÃO                                                                               07/03/2009                                                                                                                                                             
Mt. 26.41

Int.- A vida cristã é comparada com a viagem de um peregrino em direção ao Céu. O peregrino nessa viagem vai enfrentar todo o tipo de situações: Frio, calor, chuva, deserto, perigos diversos. Por isso o peregrino precisa levar provisões para esta viagem, como: Vestimentas adequadas, armas e alimentos.

A Bíblia Sagrada nos mostra com clareza quais são essas provisões:

1- Vestimentas Adequadas.

Ec. 9.8- Em todo tempo sejam alvas as tuas vestes, e nunca falte o óleo sobre a tua cabeça.

2- Armas.

Ef. 6.11- Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.

3- Alimentos.

Sl. 119.116- Sustenta-me conforme a tua palavra, para que viva, e não me deixes envergonhado da minha esperança.

I- O Mal Chamado Tentação.
Nessa viagem o crente sofre vários tipos de tentação, para desistir, para pecar e para morrer espiritualmente.

A) O que é tentação?

      É a indução para o mal por sugestões do diabo ou dos desejos da carne.

B) É pecado o crente sofrer a tentação?

Não. Pecado é cair na tentação.

- Exemplo: Não podemos impedir o urubu de voar por cima de nossa cabeça, mas podemos impedir de ele pousar em nossa cabeça.

C) O crente que sofre muitas tentações demonstra que está fraco?

Sim.

V. 41- Jesus disse: Vigiai e orai, para que não entreis em tentação.

- O crente que sofre muitas tentações é porque está orando pouco.

II- Da onde Provém a Tentação?

1- Dos desejos da carne.

Tg. 1.14- Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência.
 

- Dos desejos da nossa natureza pecaminosa.

a) Inclui a cobiça.

I Tm. 6.9,10- Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína.

Porque o amor do dinheiro é a raiz de toda espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.

2- Do Diabo seu Autor.

I Ts. 3.5- Portanto, não podendo eu também esperar mais, mandei-o saber da vossa fé, temendo que o tentador vos tentasse, e o nosso trabalho viesse a ser inútil.

- A Bíblia chama o diabo de o tentador.

Jo. 13.2- E, acabada a ceia, tendo já o diabo posto no coração de Judas Iscariotes, filho de Simão, que o traísse.

3- Das más companhias.

Pv. 16.29- O homem violento persuade o seu companheiro e guia-o por caminho não bom.

Frase: Me digas com quem tu andas e direi quem tu és.

I Co. 15.33- Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes.

III- Deus nos Dá a Provisão para Vencermos a Tentação.

1- Deus não permite que seus santos sejam expostos a tentação acima de seu poder de resistência.

I Co. 10.13- Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que vos não deixará tentar acima do que podeis; antes, com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar.

 

2- Deus dá aos santos vias de escaparem da tentação.

 

3- Deus capacita os santos a resistirem a tentação.

 

4- Deus sabe livrar seus santos da tentação.

II Pe. 2.9- Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos e reservar os injustos para o Dia de Juízo, para serem castigados.

 

A) Exemplos Bíblicos de Tentações:

1- Eva foi tentada e caiu.

 

2- José foi tentado e resistiu.

 

3- Davi foi tentado e caiu.

 

4- Pedro foi tentado e negou a Jesus.

 

IV- Como o Crente pode Vencer a Tentação?

1- Resistindo.

I Pe. 5.9- Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo.

 

2- Vigiando.

I Pe. 5.8- Sede sóbrios, vigiai, porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar.

 

3- Orando.

Mt. 6.13- E não nos induzas à tentação, mas livra-nos do mal; porque teu é o Reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém

 

4- Evitá-la.

Pv. 4.14,15- Não entres na vereda dos ímpios, nem andas pelo caminho dos maus.

      Evita-o; não passes por ele; desvia-te dele e passa de largo.

 

Conclusão: A tentação é um mal que vem para todo cristão; o que podemos fazer é nos preparar para vencê-la em nome de Jesus; nos apropriar de tudo o que a Palavra de Deus nos orienta.


  
                                                                   Pr. Silvano Doblinski
                                                                   Presidente da Igreja Assembléia de Deus
                                                                   do Jabaquara em São Paulo