A Importância do Temor de Deus para o Crente                                                                          28/07/2009


Sl.112.1-10

Introdução - O Temor de Deus é o sustentáculo da vida de fé do cristão; pois com ele nós confiamos em Deus, na sua força, no seu poder, com ele nos guardamos do mundo e do pecado.

      O temor de Deus é importantíssimo para o cristão chegar ao céu. O temor de Deus é como um termômetro que revela como está a nossa vida espiritual: Se estamos bem ou se estamos mal. É o temor de Deus que nos leva a sensibilidade ao Espírito Santo e a Palavra de Deus.


I- O que é o Temor de Deus?

- Não é ter medo de Deus.


1- É o reconhecimento da Onipotência de Deus.

- É reconhecer que Deus tem todo o poder.


2- É o sentimento de respeito e reverência a Deus.

Sl.111.10- O temor do Senhor é o principio da sabedoria; bom entendimento têm todos os que lhe obedecem; o seu louvor permanece para sempre.

- O homem que é sábio tem temor de Deus.

V.1- Bem-aventurado o homem que teme ao Senhor.

- Muito mais feliz é o homem que teme a Deus.

- Esse temor nós devemos a Deus.

Is.8.13- Ao Senhor dos Exércitos, a ele santificai; e seja ele o vosso temor, e seja ele o vosso assombro.


II-
Alguns Aspectos Importantes Concernentes ao Temor do Senhor.


1- É fundamental reconhecer a santidade, a justiça e a retidão de Deus e conhecê-lo e compreender quem Ele é.

Pv.2.5- Então, entenderás o temor do Senhor e acharás o conhecimento de Deus.

2- É importante considerá-lo com santo temor e reverência e honrá-lo como Deus.

Fp.2.12- De sorte que, meus amados, assim como sempre obedecestes, não só na minha presença, mas muito mais agora na minha ausência, assim também operai a vossa salvação com temor e tremor.

3- O verdadeiro temor leva o crente a crer e confiar exclusivamente em Deus para a salvação.

Sl.85.9- Certamente que a salvação está perto daqueles que o temem, para que a glória habite em nossa terra.

4- Temer a Deus é reconhecer que Ele é um Deus que si ira contra o pecado e que tem poder de castigar a quem transgride suas leis.

Sl.9.8- Ele mesmo julgará o mundo com justiça; julgará os povos com retidão.


III- As Consequências do Temor do Senhor.


1- Nos leva a nos Desviarmos e a evitarmos o pecado.

Pv.8.13- O temor do Senhor é aborrecer o mal; a soberba, e a arrogância, e o mau caminho, e a boca perversa aborreço.

Pv.16.6- Pela misericórdia e pela verdade, se purifica a iniqüidade; e, pelo temor do Senhor, os homens se desviam do mal.

- O crente tendo o temor do Senhor, por si só ele vai se cuidar para não desagradar a Deus, cometendo algum pecado.

- É esse temor que faz o crente vigiar e não deixar a sua natureza pecaminosa lhe dominar.

- Quando o crente vai perdendo o temor do Senhor, ele vai cometendo delitos e pecados que vão levá-lo para longe de Deus.


2- Nos leva a Respeitar a Autoridade Espiritual: O Pastor.

Hb.13.17- Obedecei a vossos pastores e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossa alma, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil.

- Quando o crente perde o temor do Senhor ele não mais se importa em ouvir e obedecer o pastor da igreja.

- O crente que perde o temor do Senhor ele leva uma vida autônoma.


3- Nos leva a Sermos Dizimistas fiéis na Casa de Deus.

- Somos dizimistas por causa do temor do Senhor.

- O crente que não é dizimista é porque falta temor de Deus no coração e confiança na sua Palavra.

- Ele não acredita na Palavra de Deus: Sobre a benção de Deus ao fiel e na ação do devorador na sua vida.

- Na maioria das vezes o crente que não é dizimista, não é freqüentador de cultos de ensinamentos e da escola dominical.


4- Nos leva a Freqüentarmos com regularidade os cultos da igreja.

- Porque este crente sabe que é na Casa de Deus que ele é edificado e fortalecido na fé; e é onde ele busca a Graça e o Poder de Deus para a sua vida.

- Ele sabe e entende que o Culto a Deus é fundamental em sua vida.

        

5- Nos leva a Termos Reverência e Guardarmos os nossos pés, quando entramos na casa de Deus.

Ec.5.1- Guarda o teu pé, quando entrares na Casa de Deus; e inclina-te mais a ouvir do que a oferecer sacrifícios de tolos, pois não sabem que fazem mal.

- Crente que conversa no culto e não presta atenção no seu culto a Deus, é porque perdeu o temor do Senhor.

- O culto a Deus é um momento sagrado e que exige toda a nossa reverência para que Deus possa aceitar e nos abençoar.

- Crente que não se comporta no culto, dificilmente é abençoado por Deus.

- Seu culto não é aceito por Deus.

- Chega ao ponto de este crente se desviar porque está longe de Deus.


6- Nos leva a Termos Consciência que tudo Deus vê.

Sl.33.13- O Senhor olha desde os céus e está vendo a todos os filhos dos homens.

- Podemos estar em qualquer lugar, não iremos cometer nada que desagrade a Deus, porque sabemos que Deus está nos vendo.

- O pastor não está vendo e nem os irmãos da igreja, mas Deus está.


IV- Deus tem Benção para Aqueles que o Temem.

1- Terão os seus dias aumentados.

Pv.10.27- O temor do Senhor aumenta os dias, mas os anos dos ímpios serão abreviados.


2- Terão riquezas, honra e vida.

Pv.22.4- O galardão da humildade e o temor do Senhor são riquezas, e honra, e vida.


3- O bem de Deus lhe alcançará.

Ec.8.12- Ainda que o pecador faça mal cem vezes, e os dias se lhe prolonguem, eu sei com certeza que bem sucede aos que temem a Deus, aos que temerem diante dele.


4- A bondade de Deus lhe achegará diante dos homens.

Sl.31.19- Oh. Quão grande é a tua bondade, que guardaste para os que te temem, e que tu mostraste àqueles que em ti confiam na presença dos filhos dos homens.


5- Deus proverá saída diante das lutas.

Ml.4.2- Mas para vós que temeis o meu nome nascerá o sol da justiça e salvação trará debaixo das suas asas; e saireis e crescereis como os bezerros do cevadouro.

        4

6- A misericórdia de Deus lhe alcançará.

Sl.103.11- Pois quanto o céu está elevado acima da terra, assim é grande a sua misericórdia para com os que o temem.

Lc.1.50- E a sua misericórdia é de geração em geração sobre os que o temem.


7- A benção de Deus lhe alcançará.

Sl.115.13- Abençoará os que temem ao Senhor, tanto pequenos como grandes.


8- Deus se agrada dos que o temem.

Sl.147.11- O Senhor agrada-se dos que o temem e dos que esperam na sua misericórdia.

 

Conclusão: O temor do Senhor é um sustentáculo para o crente, trazendo grandes benefícios de Deus para o crente.

Ec.12.13- De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque este é o dever de todo homem.

 

 

                                                                   Pr. Silvano Doblinski

                                                                   Presidente da Igreja Assembléia de Deus

                                                                   do Jabaquara em São Paulo