A Ceia do Senhor

 Mt.26.26-30

Int.- Jesus Cristo nasceu sob a lei dada por Moisés; quando Jesus nasceu ainda imperava o tempo da lei. E Jesus guardou a lei, observando os seus mandamentos e suas festas.

V.17- E, no primeiro dia da Festa dos Pães Asmos, chegaram os discípulos junto de Jesus, dizendo: Onde queres, que preparemos a comida da Páscoa?

      E foi num cenáculo, durante a Páscoa, na véspera da crucificação de Jesus, que os discípulos se reuniram juntamente com Jesus para comerem a Páscoa.

      Durante 15 séculos desde Êxodo 12, o povo de Israel tinha guardado a Páscoa. Jesus na noite em que foi traído comeu, em um sentido real, a última Páscoa. A partir desse momento a festa da Páscoa, deu lugar à Ceia do Senhor.

I- O que é a Santa Ceia?

1- Uma Festa Memorial.

I Co.11.24- Fazei isto em memória de mim.

- Cristo não quer que nós lembremos dele como:

a) Um realizador de milagres.

b) Um grande Mestre.

c) Um grande reformador moral.

d) Um grande e fiel amigo.

      Mas, sim, como aquele que morreu para salvar a todos os que o aceitarem.

I Co.11.26- Porque, todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice, anunciais a morte do Senhor, até que venha.

- A Santa Ceia é um momento de lembrarmos do sacrifício de Cristo.

- Não podemos nos esquecer do sacrifício vicário de Cristo.

2- A Santa Ceia é a Comunhão do Corpo e do Sangue de Cristo.

I Co.10.16- Porventura, o cálice de bênção que abençoamos não é a comunhão do sangue de Cristo? O pão que partimos não é, porventura, a comunhão do corpo de Cristo?

- A Santa Ceia é um laço de comunhão entre a cabeça e seus membros.

- Na Santa Ceia é um grande momento de liberarmos perdão e também sermos perdoados.

- Participe da Santa Ceia com um coração limpo.

 

II- Até Quando A Santa Ceia Será Celebrada?

1- Até que Ele Venha.

I Co.11.26- Porque, todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice, anunciais a morte do Senhor, até que venha.

- Nós como Igreja do Senhor mantemos viva esta esperança da volta de Jesus na celebração da Santa Ceia.

- Cada vez que tomamos a Ceia do Senhor, estamos anunciando que Ele virá buscar a sua Igreja.

- A cada Santa Ceia a nossa esperança é renovada.

- Por isso o cristão não pode deixar de tomar a Santa Ceia.

a) Jesus nos Deu uma Palavra Profética:

V.29- E digo-vos que, desde agora, não beberei deste fruto da vide até àquele Dia em que o beba de novo convosco no Reino de meu Pai.

- Jesus prometeu tomar a Ceia conosco na Glória.

- Quando Jesus fala: Até àquele Dia; Ele está falando da Ceia das Bodas do Cordeiro que acontecerá no Céu, depois do arrebatamento da Igreja.

- As Bodas do Cordeiro é a festa de casamento do Noivo (Cristo) com a Noiva (A Igreja).

- Cada Santa Ceia que tomamos é uma prévia, mas também um momento profético das Bodas do Cordeiro.

- Se aqui já é uma benção, imagine no Céu, na Ceia das Bodas do Cordeiro.

b) Quando celebramos a Santa Ceia algumas coisas importantes a acontecem em nossas vidas:

- É um momento de acalmar nossos temores.

- É um momento para achar consolação em nossa tribulações.

- É um momento para ganhar a vitória em perdoar ao próximo.

 

III- Quem Pode Participar da Santa Ceia e Como Participar?

1- A Santa Ceia é para os Salvos: Aqueles que aceitaram a Jesus como salvador de suas vidas e confirmaram a sua aliança com Jesus, através do batismo nas águas.

V.27- Bebei dele todos.

- Jesus não excluiu nenhum dos seus discípulos.

- Pediu que todos participassem.

 

2- O Salvo deve participar Dignamente.

I Co.11.27- Portanto, qualquer que comer este pão ou beber o cálice do Senhor, indignamente, será culpada do corpo e do sangue do Senhor.

- Não é de qualquer maneira; a Ceia é um banquete espiritual.

3- O Salvo deve participar Reverentemente.

- Com reverência ao Senhor.

- Cada um examinando a si mesmo.

I Co.11.28- Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão, e beba deste cálice.

- O cristão deve participar da Santa Ceia fazendo um exame em sua vida: Se está vivendo em comunhão com o Senhor ou não.

- Se temos algo que nos condene, devemos nos consertar primeiro, e então comer do pão e beber do cálice.

 

Conclusão: A Ceia é mais que uma reunião de cristãos; é uma comunhão no sentido vertical, com Deus; e no sentido horizontal, com os irmãos. É a festa da família de Deus.

Ef.2.19- Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos Santos e da família de Deus.

 


    

  Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil