A Igreja de Jesus Cristo                                                                                      10/02/2009                 

 

Ef. 3.1-13

Int.- O Apóstolo Paulo está mostrando neste texto, que havia um mistério oculto e que foi manifestado aos filhos dos homens; que os gentios que são todos aqueles que não são judeus, são co-herdeiros de Cristo e das suas promessas; formando a Igreja de Jesus Cristo. E que agora os gentios e os judeus são unidos por Deus mediante a cruz de Cristo.

Ef. 2.19- Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos Santos e da família de Deus.

      A Igreja de Jesus Cristo que somos nós que aceitamos a Jesus como Salvador pessoal; fomos regenerados, transformados, nascemos de novo, fomos batizados nas águas, e temos o Espírito Santo que testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. Esta Igreja faz conhecida a multiforme sabedoria de Deus às potestades e a todos os homens.

I- O Significado da Igreja.

      A palavra igreja no grego é: eklesia, refere-se a reunião de um povo, por convocação. O termo no Novo Testamento designa principalmente o conjunto do povo de Deus em Cristo, que se reúne como cidadãos do reino de Deus, com o propósito de adorar a Deus. A palavra igreja pode referir-se a uma igreja local ou à igreja no sentido universal.

      A igreja é tanto invisível como visível. A igreja invisível é o conjunto dos crentes verdadeiros, unidos por sua fé viva em Cristo. A igreja visível consiste de congregações locais, compostas de crentes vencedores e fiéis.

II- As Características da Igreja.

1- A igreja é apresentada como o povo de Deus.

      O agrupamento dos crentes redimidos como frutos da morte de Cristo.

I Co. 1.2- A igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados santos, com todos os que em todo lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso.

      É um povo peregrino que já não pertence a esta terra, cujo primeiro dever é viver e cultivar uma comunhão real e pessoal com Deus.

 

 

2- A Igreja foi chamada para deixar o mundo e ingressar no Reino de Deus.

      A separação do mundo é parte inerente da natureza da igreja e a recompensa disso é ter o Senhor por Deus e Pai.

II Co. 6. 16-18- E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.

      Pelo que saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; e não toqueis nada imundo, e eu vos receberei.

      E eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-poderoso.

3- A Igreja é o templo de Deus e do Espírito Santo.

I Co. 3.16- Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?

      Este fato, no tocante à igreja, requer dela separação da iniqüidade e da imoralidade.

4- A Igreja é o corpo de Cristo.

I Co. 12.27- Ora, vós sois o corpo de Cristo e seus membros em particular.

      Isto indica que não pode existir igreja verdadeira sem união vital dos seus membros com Cristo.

      A cabeça do corpo é Cristo.

Cl. 1.18- E ele é a cabeça do corpo da igreja; é o principio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência.

- Uma coisa importante: Não existe vida fora do corpo.

- O crente para ser salvo precisa estar ligado no corpo que é a Igreja.

Mt. 16.18- E eu te darei as chaves do Reino dos céus, e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.

- O que está ligado na Igreja, está ligado no céu.

- A importância da Igreja para o crente é muito grande.

- A nossa Salvação está ligada diretamente a nossa ligação com a Igreja.

- Não dá para vivermos o cristianismo longe da Igreja.

- Primeiro porque não dá; a pessoa longe da Igreja vai se esfriando, vai perdendo as suas forças, e se distancia de Deus.

 

 

5- A Igreja é a Noiva de Cristo.

      Este conceito nupcial enfatiza tanto a lealdade, devoção e fidelidade da igreja a Cristo, quanto o amor de Cristo à sua Igreja e sua comunhão com ela.

II Co. 11.2- Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo.

- O Noivo cuida da Noiva; Cristo cuida da Igreja.

- Em breve Cristo virá buscar a sua Noiva para o grande casamento.

6- A Igreja é um Ministério Espiritual.

      A Igreja é o braço estendido de Deus aqui na terra.

      A Igreja ministra por meio dos dons espirituais, outorgados pelo Espírito Santo.

      A Igreja prega o Evangelho de Jesus Cristo, para a Salvação dos pecadores.

Mt. 28.19- Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.

7- A Igreja é a coluna e o fundamento da verdade.

I Tm. 3.15- Mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade.

- A Igreja funciona como o alicerce que sustenta uma construção.

- A Igreja deve sustentar a verdade e conservá-la íntegra, defendendo-a contra os deturpadores e os falsos mestres.

8- A Igreja é um povo possuidor de uma esperança futura.

      Esta esperança tem por centro a volta de Cristo para buscar o seu povo.

Tito 2.13- Aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Senhor Jesus Cristo.

Tito 1.2- Em esperança da vida eterna, a qual Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos tempos dos séculos.

 

Conclusão: A Igreja de Cristo é amparada e protegida por Deus, as portas do inferno não tem poder contra a Igreja, Deus a guarda, ilumina e guia a sua Igreja até a volta de Jesus.

 


                                                                   Pr. Silvano Doblinski
                                                                   Presidente da Igreja Assembléia de Deus
                                                                   do Jabaquara em São Paulo