A Restauração da Tenda de Davi                                                         30/01/2011
Am.9.11; At.15.15-18
 

Int.- O culto que nós fazemos é a expressão da nossa gratidão pela benção da Salvação que temos recebido de Deus. É um louvor e uma adoração de reconhecimento de quem é Deus para nós, e o que Ele tem feito em nosso favor.

      O culto é um momento de ligação de nós servos de Deus com o nosso grande Deus.

      No culto nós expressamos nossa gratidão do que Deus tem feito por nós.

      No culto nós anunciamos a grande Salvação em Jesus Cristo; promovemos adoração ao nosso Deus, com instrumentos musicais e com a nossa voz e promovemos comunhão religiosa com os irmãos.

      O culto é o momento único no dia de nos ligarmos em corpo, alma e espírito com o nosso Deus.

Rm.12.1- Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.

      O culto deve ser oferecido a Deus com o profundo do nosso coração. Quando assim é feito, Deus aceita, seu Nome é glorificado e nós somos abençoados.

Hb.10.22- Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé; tendo o coração purificado da má consciência e o corpo lavado com água limpa.

      Quando o nosso culto é aceito por Deus, nosso espírito é tocada pela Glória de Deus.

      E quando o nosso espírito é tocado, nós saímos transformados do culto.

      Sempre o nosso propósito em virmos ao culto é para encontrarmos com Deus.

Sl.122.1- Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor.

      O culto é um momento de alegria por estarmos na presença de Deus.

I- A Tenda de Davi.

      O Rei Davi, o Salmista Davi nos seus dias revolucionou a forma de cultuar a Deus.

      Até aqueles dias o culto era feito pelos sacerdotes sem nenhuma participação dos demais levitas e do povo.

Era um momento de profundo silêncio, onde o sacerdote oferecia o sacrifício pelo povo a Deus. O sacerdote lia alguns trechos e mandamentos da lei de Moisés e fazia oração pelo povo.

      Davi recebeu de Deus a inspiração de introduzir o louvor e adoração no culto a Deus. Não foi um ato deliberado de pensamento de Davi, mas foi uma revelação que Davi recebeu de Deus.

      Davi trouxe a Arca do Senhor que representava a Glória de Deus, da casa de Obede-Edon, para Jerusalém, e a colocou numa tenda no Monte Sião.

      Davi convocou todos os levitas e sacerdotes e mandou fazer milhares de instrumentos para louvarem a Deus.

      Davi formou um coral dos levitas para cantarem ao Senhor.

      A grande benção é que Davi era músico desde a sua infância. Davi tocava harpa.

      Davi escreveu 73 salmos que são hinos que eram cantados pelos levitas.

      A grande maioria dos salmos que Davi compôs, foram escritos em momentos de perseguição, de lutas, de solidão e de angústias.

      O Hino 126 da H.C. diz: Os mais belos hinos e poesias foram escritos em tribulação.

- Davi compôs alguns salmos na caverna se escondendo de Saul.

- Davi compôs alguns salmos no deserto em meio a tribulação.

- Davi compôs alguns salmos na solidão abandonado por muitos.

      E agora esses salmos eram cantados pelo coral de levitas em Jerusalém, diante da Arca do Senhor.

      A Bíblia fala que Davi ordenou 24 turnos de cantores e músicos sacerdotes para servir na Tenda de Davi.

- A Bíblia fala que havia 4800 levitas para essa tarefa.

- Destes, 4000 louvavam ao Senhor com instrumentos mandados fazer por Davi.

- Davi se envolveu diretamente nessa adoração a Deus.

- Asafe, Hemã e Jedutum eram regentes desses músicos e cantores.

      Esse culto agradou a Deus e o Nome do Senhor foi Glorificado.

      Era um culto alegre com muitos louvores e instrumentos musicais.

- Era o verdadeiro sacrifício de louvor a Deus.

Hb.13.15- Portanto, ofereçamos sempre, por ele, a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome.

 

II- O Culto A Deus Foi Tendo Declínio.

      Com os outros reis que sucederam ao Rei Davi, esse culto como Davi recebeu de revelação de Deus foi tendo um declínio.

- Tanto os reis como os levitas e o povo foi deixando esse culto cair por terra.

      Quando Amós profetizou por Deus dizendo: Tornarei a levantar a tenda de Davi, que caiu.

- Deus não estava falando do Templo de Salomão que ainda estava intacto.

- Deus não estava falando da Genealogia de Davi, da sua descendência.

- Deus estava falando do culto de louvor e adoração como Davi aprendera de Deus e que estava caído.

- Deus estava dizendo que restauraria a tenda de Davi, ou seja, Deus restauraria a verdadeira forma de cultuar a Ele.

III- O Concilio de Jerusalém.

      No capitulo quinze de Atos dos Apóstolos, Tiago cita a profecia de Amós, que Deus estava restaurando o Tabernáculo de Davi.

      Houve um Concilio da Igreja Primitiva, porque muitos gentios estavam se convertendo. E muitos judeus estavam dizendo que os gentios deveriam se circuncidar e guardarem a lei de Moisés.

- Pedro falou como Deus o usou para ganhar Cornélio para Cristo, o primeiro gentio que foi salvo.

- Paulo e Barnabé relataram quão grandes coisas Deus havia feito aos gentios por intermédio deles.

- Paulo foi um apóstolo aos gentios.

- Por fim Tiago que era o Pastor da Igreja de Jerusalém, começou a falar inspirado pelo Espírito Santo.

- E revelou a profecia da restauração do Tabernáculo de Davi, profetizado pelo profeta Amós, dizendo: Esta profecia aconteceu agora com a Igreja.

- O Tabernáculo de Davi era uma figura profética da igreja, que uniu judeus e gentios para adorarem ao único Deus.

- Na solução daquele Concilio em Jerusalém sobre os gentios Tiago disse:

1- Se abstenham da contaminações dos ídolos.

2- Da prostituição.

3- Do que é sufocado e do sangue.

 

- Amados, a tenda de Davi foi novamente levantada em Cristo Jesus, pela Igreja de Cristo que somos nós.

- Nós Igreja do Deus vivo, quando adoramos a Deus em Espírito e em verdade, estamos mantendo levantada a Tenda de Davi, e estamos glorificando o Nome do nosso Deus.

- A Bíblia fala em João 4.23- Que o Pai procura os verdadeiros adoradores, que o adorem em Espírito e em verdade.

- Adorar a Deus em Espírito significa: Honrar e adorar a Deus motivado pelo Espírito Santo.

- Adorar em verdade significa: Adorar a Deus de acordo com a Palavra de Deus.

      Nosso culto ao Senhor deve brotar de um verdadeiro espírito de adoração e louvor.

- O homem foi criado para adorar a Deus.

- Amado adore a Deus.

Ef. 5.19- Falando entre vós com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração.

 

Conclusão: A Igreja cultuando a Deus com louvor e alegria está cumprindo a profecia de Amós, da restauração da tenda de Davi.

       Deus se agrada do verdadeiro louvor, feito a Ele de todo o coração, em Espírito em verdade.

 
    

  Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil

 
Mais mensagens