Home
 
 
   

A Ação do Homem Provoca
a Reação de Deus

26/03/2013 
 

Dt. 28.1-14  


Int.-
Aceitamos a Jesus Cristo como Salvador para o perdão dos nossos pecados e alcançarmos a vida Eterna.

        Sabemos que existem bênçãos que acompanham a Salvação são mencionadas nas Escrituras, para beneficio do cristão. Deus na Sua Palavra estabeleceu princípios que devem ser cumpridos pelo cristão para que a Sua benção seja derramada sobre a vida do cristão. As promessas de Deus são condicionadas ao cumprimento desses princípios.

         Aqui em Deuteronômio 28 temos o registro das bênçãos que seriam derramadas sobre os hebreus, se eles obedecessem a Deus na Sua Palavra, No versículo um diz: Se ouvires a voz do Senhor, teu Deus (primeira condição); tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos (segunda condição). Se o povo seguisse as orientações de Deus, seriam abençoados com as promessas feitas por Deus.

V.2: E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires, a voz do Senhor, teu Deus.

          As promessas de Deus estão condicionadas ao cumprimento da Sua Palavra.

         As coisas não acontecem no automático; as bênçãos de Deus não caem do céu como um para queda sem o homem fazer nada. Não quer dizer que precisamos pagar um preço para termos as bênçãos de Deus; e nem que precisamos fazer sacrifícios humanos para obtê-las. Mas que precisamos obedecer a Deus e a Sua Palavra para sermos abençoados.

         Deus estabeleceu a lei da semeadura registrada em Sua Palavra.

Gl. 6.7: Não erreis; Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.

          Deus espera o homem agir; se decidir; dar o primeiro passo para então Deus operar.

I- Encontramos em Toda Escritura esse Procedimento de Deus.

          No livro dos Juízes encontramos em todos os capítulos esse agir de Deus. O povo de Israel fazia o que parecia mal aos olhos do Senhor, e o Senhor os entregava nas mãos dos seus inimigos. Depois de tanto sofrer os filhos de Israel se arrependiam, clamavam a Deus e Deus levantava um libertador para livrá-los.
1- Deus operou uma grande vitória a Josué e os hebreus, depois que
eles removeram o pecado do meio da congregação.
Js. 8.1: Então, disse o Senhor a Josué: Não temas e não te espantes;
toma contigo toda a gente de guerra, e levante-te, e sobe a Ai; olha
que te tenho dado na tua mão o rei de Ai, e o seu povo, e a sua cidade,
 e a sua terra.
2- Deus operou grandes vitórias ao Rei Asa pelas suas atitudes.
II Cr. 14.2: E Asa fez o que era bom e reto aos olhos do Senhor, seu
Deus.
II Cr. 14.12: E o Senhor feriu os etíopes diante de Asa e diante de Judá;
e  fugiram os etíopes.
3- Deus operou uma grande vitória ao Rei Josafá e a Judá pelo seu
quebrantamento.
II Cr. 20.3,4: Então, Josafá temeu e pôs-se a buscar o Senhor; e
apregoou  jejum em todo Judá.
                   E Judá se ajuntou para pedir socorro ao Senhor; também
de todas as cidades de Judá vieram para buscarem o Senhor.
II Cr. 20.15: E Jaaziel disse: Dai ouvidos todo o Judá e vós, moradores
de Jerusalém, e tu, ó rei Josafá. Assim o Senhor vos diz: Não temais,
nem vos assusteis por causa desta grande multidão, pois a peleja não é
vossa, senão de Deus.
4- Deus deixou de destruir Nínive, pelo arrependimento e
procedimento do povo.

Jn. 3.5: E os homens de Nínive creram em Deus, e proclamaram um
jejum, e vestiram-se de panos de saco, desde o maior até o menor.
Jn. 3.10: E Deus viu as obras deles; como se converteram do seu mau
caminho; e Deus se arrependeu do mal que tinha dito lhes faria e não
o fez.
- Na ação do homem, ocorrerá a reação de Deus.
5- Nas ações e no quebrantamento da mulher Cananéia, Jesus agiu.
Mt. 15.28: Então, respondeu Jesus e disse-lhe: Ó mulher, grande é a tua fé. Seja isso feito para contigo, como tu desejas. E, desde àquela hora, a sua filha ficou sã.
- A mulher era Siro-Fenícia, não era judia.
- Jesus a desprezou por não ser Israelita.
- A mulher adorou a Jesus.
- A mulher se humilhou diante de Jesus.
- Jesus operou diante dessas ações da mulher.   
6- O Clamor do cego Bartimeu levou Jesus a curá-lo.

Lc. 18.37,38: E disseram- lhe que Jesus, o Nazareno, passava.

                      Então, clamou, dizendo: Jesus, Filho de Davi, tem misericórdia de mim.

V.42: E Jesus lhe disse: Vê; a tua fé te salvou.

7- Jesus concedeu salvação a Zaqueu pela sua ação.

Lc. 19.8,9: E, levantando- se Zaqueu, disse ao Senhor: Senhor, eis que eu dou aos pobres metade dos meus bens; e , se em alguma coisa tenho defraudado alguém, o restituo quadruplicado.

                  E disse-lhe Jesus: Hoje, veio a salvação a esta casa, pois também este é o filho de Abraão.

II-Deus concedeu o livre arbítrio Para o Homem Escolher.

- Deus não decide pelo homem, mas Deus deixa o homem escolher se quer a benção de Deus.

Ap. 3.20: Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e com ele cearei, e ele, comigo.

-Deus respeita a decisão do homem.

-Deus sempre espera o homem dar o primeiro.

Tg. 4.8: Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Limpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai o coração.

- O homem dando um passo em direção a Deus, Deus dará muitos passos em direção ao homem.

- Para que Deus possa te ajudar, você precisa se chegar a Deus.

Hb. 4.16: Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.

- Deus é fiel para fazer valer a Sua Palavra em nossa vida.

-Vemos na Palavra de Deus, que todas as suas benções são condicionais.

-O homem fazendo a sua parte, Deus concederá a Sua benção.

- Não podemos bater em ferro frio, achando que existe outro meio de sermos abençoados.

- O que plantarmos, colhermos.

Os. 8.7: Porque semearam ventos e segarão tormentas; não há seara; a erva não dará farinha; se a der, tragá-la-ão estrangeiros.

- Deus sempre obedecerá aos Seus princípios que criou.

-Não podemos ficar de braços cruzados esperando as coisas acontecerem.

- Precisamos agir para recebermos as bênçãos de Deus.

- Deus não opera por dó ou por pena das pessoas.

- Mas Deus opera pelo cumprimento da Sua Palavra por parte do homem.

 

Conclusão: Quando nos esforçamos em obedecer a Deus, somos recompensados por isso. Deus é fiel para realizar em nossa vida as Suas bênçãos de acordo com nossas ações e obediência a Sua Palavra.

      O importante para nós é agirmos, não ficarmos parados, esperando as coisas acontecerem.

      Seja um cristão de ação e obediente a Palavra de Deus.

 

 

  Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil

 
Mais mensagens