Home
 
 
 
 
 
 
 

26/06/2018 

                                          A Oração Eficaz                                           

I Rs. 18.42-46

Int.- A oração eficaz o próprio título já diz, é uma oração que deu resultado, uma oração que foi respondida.

      Aqui neste texto fazia três anos e seis meses que não chovia em Israel, o profeta Elias havia desafiado o rei Acabe e os quatrocentos e cinquenta profetas de Baal no Monte Carmelo, e o Deus que respondesse com fogo seria o Deus verdadeiro.

      Os profetas de Baal clamaram a manhã toda até ao meio dia e não aconteceu nada. Chegou à vez de Elias; ele reparou o altar que estava quebrado, colocou as pedras no lugar, colocou a lenha no lugar, colou o bezerro no lugar, e mandou jogar por três vezes, quatro cântaros de água sobre o holocausto; depois Elias clamou ao Deus do Céu que derramasse fogo sobre o sacrifício, e Deus mandou fogo e consumiu o holocausto, a lenha, as pedras, até o pó e ainda lambeu a água que estava no rego.

V. 39: O que vendo todo o povo, caíram sobre os seus rostos e disseram: Só o Senhor é Deus! Só o Senhor é Deus!

      Como todo Israel que reconheceram que só o Senhor é Deus e os profetas de Baal estavam mortos, então Elias agora podia orar para Deus mandar novamente chuva sobre a terra.

- A Bíblia diz que o rei Acabe subiu a comer e a beber, mas Elias subiu ao cume do Carmelo, e se inclinou por terra, e meteu o seu rosto entre os seus joelhos.

- Primeiro, não havia nenhuma nuvem no céu, não havia nenhum prenuncio de chuva.

- Segundo, Elias era um homem de Deus, ele confiava inteiramente no Deus que ele servia.

- Terceiro, Elias procurou um lugar para orar, e naqueles dias, não havia melhor lugar do que no alto do monte Carmelo.

- Quarto, Elias começou a orar a Deus numa posição de quebrantamento ao se ajoelhar e colocar o seu rosto entre os seus joelhos.

- Quinto, Elias perseverou na oração até receber resposta da sua oração.

V. 44: E sucedeu que, à sétima vez, disse: Eis aqui uma pequena nuvem, como a mão de um homem, subindo do mar. Então disse ele: Sobe, e dize a Acabe: Aparelha o teu carro e desce, para que a chuva te não apanhe.

I- Significado de Oração.

- A oração é uma comunicação que possui diferentes faces entre os crentes e o Senhor.

- Além de palavras como oração, essa atividade é descrita como:

- Invocar a Deus (Sl. 17.6).

- Clamar ao Senhor (Sl. 3.4).

- Levantar nossa alma ao Senhor (Sl. 25.1)

- Buscar ao Senhor (Is.55.6)

- Aproximar-se do trono da graça com confiança (Hb. 4.16).

- Chegar perto de Deus (Hb. 10.22).

II- Motivos Para a Oração.

      A Bíblia apresenta motivos claros para o povo de Deus orar.

1- Antes de tudo, Deus ordena que o crente ore.

A) O mandamento para orarmos vem através dos salmistas.

Sl. 105.4: Buscai ao Senhor e a sua força; buscai a sua face continuamente.

B) Vem também através dos profetas.

Is. 55.6: Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.

- Este versículo é muito forte, porque ele fala sobre o tempo da oportunidade que o crente tem e que Deus está dando.

Am. 5.4: Porque assim diz o Senhor à casa de Israel: Buscai-me, e vivei.

- Aqui fala sobre o crente ter vida espiritual, somente buscando a Deus.

- Se você buscar ao Senhor você vai estar vivo espiritualmente, se você não buscar ao Senhor você estará morto espiritualmente.

C) O mandamento de orarmos vem também através dos apóstolos.

Cl. 4.2: Perseverai em oração, velando nela com ação de graças.

- Perseverai quer dizer: insista na oração, persista buscando a Deus.

I Ts. 5.17: Orai sem cessar.

- Oração nunca é demais.

- A vitória do crente se dá na oração.

D) O próprio Senhor Jesus ordenou-nos a orar.

Mt. 26.41: Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.

Jo. 16.24: Até agora, nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis, para que o vosso gozo se cumpra.

2- A oração é o elo de ligação que carecemos para recebermos as bênçãos de Deus

- Numerosas passagens bíblicas ilustram esse principio.

- Jesus, por exemplo, prometeu aos seus seguidores que receberiam o Espírito Santo se perseverassem em pedir, buscar e bater à porta do Pai celestial.

Lc. 11.9: E eu vos digo a vós: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abri-se-vos-á.

- Só recebe quem busca; só é abençoado quem persevera na oração na presença de Deus.

3- Deus, no seu plano de salvação da humanidade, estabeleceu que os crentes sejam seus cooperadores da redenção.

- Deus atua pelas orações santas de fé incessantes do seu povo.

- Muitas coisas não serão realizadas no reino de Deus se não houver oração intercessória dos crentes.

- O poder de Deus para cumprir muitos dos seus propósitos é liberado somente através das orações contritas do seu povo em favor do seu reino.

- Se não orarmos, poderemos até mesmo estorvar a execução do propósito divino da redenção.

II- Requisitos da Oração Eficaz.

      Nossa oração para ser eficaz precisa satisfazer certos requisitos.

1- Nossas orações não serão atendidas se não tivermos fé genuína, verdadeira.

- Jesus disse claramente.

Mc. 11.24: Por isso, vos digo que tudo o que pedirdes, orando, crede que o recebereis e tê-lo-eis.

- Ao pai de um menino endemoninhado, Jesus disse: “Tudo é possível ao que crê”.

- O autor de Hebreus admoesta-nos assim: “Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé”.

- Tiago encoraja-nos a pedir com fé, não duvidando.

- Resumindo: a fé é essencial para que a nossa oração seja respondida.

2- A oração para ser atendida deve ser feita em nome de Jesus.

- O próprio Jesus expressou esse principio.

Jo. 14.23: E tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.

3- A oração só poderá ser eficaz se for feita segundo a perfeita vontade de Deus.

I Jo. 5.14: E esta é a confiança que temos nele: que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve.

- A nossa oração para ser atendida tem que se enquadrar na vontade de Deus.

- A vontade de Deus tem primazia na nossa oração.

- Se pedirmos alguma coisa que não se enquadra na vontade de Deus, Deus não atenderá.

4- A oração só poderá ser eficaz se for feita com um coração limpo sem pecado.

- A Bíblia diz que Deus não houve a pecadores.

Jo. 9.31: Ora, nós sabemos que Deus não ouve a pecadores; mas, se alguém é temente a Deus e faz a sua vontade, a esse ouve.

- O crente para ter as suas orações respondidas, precisa ter o seu coração limpo de todo impedimento pecaminoso.

- Elias reparando o altar que estava quebrado para depois orar, representa o concerto que o crente precisa fazer no coração para que as suas orações sejam ouvidas.

Sl. 66.18: Se eu atender à iniquidade no meu coração, o Senhor não me ouvirá.

- Davi está dizendo aqui: se tiver algum pecado no meu coração, Deus não me ouvirá.

V. 19: Mas, na verdade, Deus me ouviu; atendeu à voz da minha oração.

- A maior benção para o crente é ter as suas orações respondidas pelo Senhor.

- Davi dizia: “Deus me ouviu, atendeu à voz da minha oração”.

- É maravilhoso saber que Deus respondeu a nossa oração.

- Isso revela que estamos bem com Deus.

- Que não tem nada que esteja impedindo o nosso relacionamento com Deus.

Conclusão: Que cada um de nós possamos se enquadrar nos princípios de Deus, para que nossas orações sejam respondidas e o nome do Senhor seja glorificado.

 

 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos