Home
 
 
 
     
  A Importância da Piedade Para o Cristão 

25/11/2014

 
 

I Tm. 4.6-10 

   
 

                                                                         

Int.- O Apóstolo Paulo foi chamado por Deus para levar o Evangelho aos gentios; o Apóstolo Paulo fundou igrejas em várias cidades da Ásia Menor e da Europa, propagando o Evangelho de Cristo pelo mundo conhecido até então; Paulo foi uma pessoa grandemente usada por Deus, e que fez um grande trabalho para o Reino de Deus. E uma das preocupações de Paulo com os crentes das diversas igrejas que ele havia fundado, era concernente a firmeza na fé; Paulo fazia viagens periódicas por essas cidades para confirmar a fé dos irmãos e exortá-los a permanecerem firmes no Senhor. 

      Nesses versículos dessa carta que Paulo escreveu a Timóteo, que lemos nesta noite, Paulo aconselha a Timóteo:  

V.7: Mas rejeita as fábulas profanas e de velhas e exercita-te a ti mesmo em piedade.  

- Paulo aqui está aconselhando a Timóteo a exercitar-se na piedade cristã. Quer dizer, colocar em prática o conhecimento de Deus e das Escrituras, vivendo a vida de fé com todo o esmero.  

V.8: Porque o exercício corporal para pouco aproveita, mas a piedade para tudo é proveitosa. 

- Paulo está aqui dizendo: Que os benefícios do exercício corporal é passageiro, somente para esta vida; mas que a prática da piedade, ela trás benefícios no presente e na eternidade. 

- Paulo está dizendo, que colocar em prática o nosso conhecimento de Deus, ajuda a mantermos a nossa comunhão com Deus e uma fé viva permanentemente. 

- Como é importante o cristão manter-se em pé diante de Deus, vivendo uma vida de fé atuante. 

I Co. 10.12: Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe que não caia. 

- Nós observamos nas Epístolas que esta era uma constante preocupação de Paulo para com os cristãos. 

Fp. 4.1: Portanto, meus amados e mui queridos irmãos, minha alegria e coroa, estai assim firmes no Senhor, amados. 

- A alegria de Paulo era ver os irmãos firmes no Senhor. 

- Paulo orientava aos crentes para não pararem, para sempre estarem exercitando a sua fé no Senhor. 

- Este é um conselho importante para o crente.  

I- O Significado de Piedade. 

      A palavra “piedade” no português vem do latim, e tem dois sentidos: 

1-Pena dos males alheios; compaixão, dó, comiseração. 

2- Tem o sentido de amor e respeito as coisas religiosas. 

      No grego a palavra “piedade” vem da palavra “eusebeia”, e esta é a junção de duas palavras: “eu” que significa “bom ou correto” e “sebomaie” que significa “adorar”. Portanto, piedade é adorar bem ou corretamente. 

- Adorar bem é seguir o ensino da sagrada Palavra de Deus. 

Jo. 4.23: Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade, porque o Pai procura a tais que assim o adorem. 

- Adorar a Deus em espírito e em verdade, é servir a Deus com sinceridade e com o âmago do nosso ser. 

- Deus está procurando quem pode adorá-lo assim. 

- Piedade tem a ver com as relações reais, verdadeiras, espirituais e internas com Deus. 

- Como cristão devemos buscar uma profunda comunhão com Deus. 

- O cristão tem o dever de ser participante da natureza divina. 

II Pe. 1.4: Pelas quais ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que, pela concupiscência, há no mundo. 

- Vivendo a piedade cristã o cristão estará sendo imitador de Deus. 

Ef. 5.1: Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados. 

- Piedade significa mais do que uma profissão religiosa ou conduta piedosa, é também a devoção e o poder de uma união vital com Deus. 

- Quando o cristão vive a piedade cristã, ele está vivendo uma devoção e uma união estreita com Deus. 

- A vida de piedade do cristão atrairá as prosperidade de Deus para a sua vida. 

I Tm. 6.6: Mas é grande ganho a piedade com contentamento. 

- Esse mesmo versículo na Bíblia Viva diz: “Você será verdadeiramente próspero se exercer a piedade com contentamento”. 

- O crente será abençoado se buscar a devoção com Deus com alegria, sem achar que isto é um peso, ou um sacrifício.  

II- A Palavra de Deus Revela o Grande Mistério da Piedade. 

I Tm. 3.16: E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Aquele que se manifestou em carne foi justificado em espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo e recebido acima, na glória. 

- O mistério da piedade trata-se do segredo revelado da verdadeira religião, o mistério do cristianismo, a pessoa de Cristo. 

Cl. 1. 26,27: O mistério que esteve oculto desde todos os séculos e em todas as gerações e que, agora, foi manifesto aos seus santos. 

      Aos quais Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, que é Cristo em vós, esperança da glória. 

- Cristo em nós nos concede a benção de alcançarmos as riquezas da glória de Deus. 

- O poder de Deus nos capacita a vivermos a piedade que agrada a Deus. 

II Pe. 1.3: Visto como o seu divino poder nos deu tudo o que diz respeito à vida e piedade, pelo conhecimento daquele que nos chamou por sua glória e virtude. 

- Por nós mesmos não temos condições de vivermos a vida de fé; é o Espírito Santo de Deus em nós, que nos ajuda a vivermos a nossa comunhão com Deus. 

- Não tem como por nossa conta praticarmos uma cartilha do cristianismo, a natureza humana sem a ajuda do Espírito Santo não consegue praticar o cristianismo. 

- A presença de Cristo em nós nos transformou; mudou a nossa vida; nos deu um novo caminho para seguir; abriu os nossos olhos para as coisas de Deus. 

- A presença de Cristo em nós nos motiva a viver uma vida piedosa na presença de Deus. 

- Viver a vida cristã de uma forma piedosa nos trará grandes bênçãos de Deus.  

- E viver a vida piedosa também levará o cristão a padecer muitas perseguições. 

II Tm. 3.12: E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições. 

- Perseguição por viver retamente, por viver uma vida de santificação. 

- O crente que serve a Deus retamente é mal visto pelos ímpios; porque a luz que há na vida do crente, espanta as trevas a sua volta. 

Jo. 3.20: Porque todo aquele que faz o mal aborrece a luz e não vem para a luz para que as suas obras não sejam reprovadas. 

- A luz daquele que vive piedosamente em Deus, incomoda aquele que anda em trevas. 

- A vida piedosa de Daniel em Babilônia, tendo a benção de Deus em sua vida, gerou inveja e perseguição dos príncipes da Babilônia. 

- Você vivendo uma vida cristã piedosa, vai receber bênçãos de Deus e vai gerar inveja nas pessoas. 

 

Conclusão:  

      Somos convidados por Deus a viver piamente o cristianismo. 

Tt. 2.12: Ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos neste presente século sóbria, justa e piamente. 

- O crente que vive piedosamente o cristianismo, mantém um relacionamento íntimo com Deus, e consequentemente é grandemente abençoado por Deus. 

- O que eu posso dizer é que vale a pena viver piedosamente o cristianismo neste mundo. 

- Quem vive piedosamente o cristianismo vive mais perto de Deus; e consequentemente recebe de Deus mais alegria em sua vida. 

Hb. 1.9: Amaste a justiça e aborreceste a iniquidade; por isso, Deus, o teu Deus, te ungiu com óleo de alegria, mais do que a teus companheiros.

 


 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos