Home
 
 
 
 
 
 
 

25/09/2018 

                  A Importância da Alegria na Vida do Crente                  

At. 13.52

Int.- Todo o ser humano se esforça para ser feliz, para ter alegria, para se auto realizar. Esta é a busca constante de todo ser humano.

      O ser humano procura a alegria no dinheiro, nos bens materiais, nos divertimentos, nos diplomas, no casamento, nos sonhos realizados. E são apenas alegrias passageiras, condicionadas a fatores circunstanciais. Como conquistas exteriores: Aquisição de bens, aumento de salário, promoção, diplomas.

      Mas a alegria duradoura e verdadeira é aquela que Deus dá, e que atinge o nosso interior, e que não depende de circunstâncias exteriores.

- Uma vida sem alegria é um tédio, é uma decepção, é um flagelo.

- Uma pessoa sem alegria não consegue sonhar.

- Uma pessoa sem alegria vive uma decepção, pensando no passado, e com medo do que o futuro lhe reserva.

I- A Alegria do Crente Vem Com a Salvação em Cristo Jesus.

      Em nossa jornada, foi nos apresentado Jesus Cristo e seu Evangelho transformador.

- E a nossa vida foi transformada.

- Nós nascemos de novo.

- Alcançamos a salvação em Cristo Jesus.

1- Aceitamos Jesus Para Sermos Felizes, Para Termos Alegria.

Is. 12.3: E vós, com alegria, tirareis águas das fontes da salvação.

- Quando aceitamos a Jesus o jugo foi quebrado, a tristeza foi banida, satanás foi derrotado.

- E a vida agora deve ser vivida em constante alegria.

Rm 14.17: Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.

II- Jesus Quer Que o Crente Tenha a Alegria Completa.

- Jesus se preocupa com a nossa alegria.

Jo. 15.11: Tenho-vos dito isso para que a minha alegria permaneça em vós, e a vossa alegria seja completa.

- Na oração sacerdotal Jesus intercedeu por nós.

Jo. 17.13: Mas, agora vou para ti, e digo isto no mundo, para que tenham a minha alegria completa em si mesmos.

- Jesus quer que eu e você tenhamos uma alegria que inunde todo o nosso ser.

a) Muitas Circunstâncias e Fatores São as Causas de Nos tirarem a Alegria:

- A perda de um ente querido.

- A perda do emprego.

- Os conflitos no casamento e na família.

- As enfermidades.

- A não realização de um sonho.

Ec. 3.4: Tempo de chorar e tempo de rir; tempo de prantear e tempo de saltar.

b) Mas Eu Quero Te Lembrar Que Você Tem Dentro de Você a Fonte da Alegria.

- A fonte da alegria é Jesus.

Jo. 4.14: Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorre para a vida eterna.

- Jesus deu uma fonte para cada crente.

- Não precisamos buscar alegria em nenhum outro lugar, ela está dentro de nós.

- Quando acabar a água ou a alegria, não precisamos buscar em lugar nenhum, porque nós temos uma fonte dentro de nós.

- Tem alegria dentro de você.

- A alegria de Deus na sua vida ninguém e nada pode tirar.

Jo. 16.22: Assim também vós agora, na verdade, tendes tristeza; mas outra vez vos verei, e o vosso coração se alegrará, e a vossa alegria ninguém vo-la tirará.

- O gozo do cristão é eterno.

1- Começa nesta vida e continua na eternidade.

2- No céu não existe lágrima, cemitério ou dor.

3- Nunca pode ser destruído pelo tempo.

c) Quando Deus Está Presente Tem Alegria.

- E como Deus habita dentro do crente a alegria está dentro do crente.

Sl. 16.11: Far-me-ás ver a vereda da vida; na tua presença há abundância de alegrias; à tua mão direita há delicias perpetuamente.

- Na presença de Deus tem abundância de alegria.

- É por isso que Davi queria sempre estar na casa de Deus: Para sentir a presença de Deus e receber da sua alegria.

Jó. 41.22: No seu pescoço pousa a força; perante ele, até a tristeza salta de prazer.

d) O Crente é o Povo Mais Alegre do Mundo.

I Pe. 2.10: Vós, que em outro tempo não éreis povo, mas agora sois povo de Deus; que não tínheis alcançado misericórdia, mas agora alcançastes misericórdia.

1- Porque conhece a Deus.

2- Porque está na verdade.

3- Porque vai para o céu.

- O crente deve ter a consciência desta verdade para não deixar a tristeza chegar ao seu coração.

- Nós somos povo de Deus, alcançamos misericórdia perante Deus.

Sl. 100.3: Sabei que o Senhor é Deus; foi ele, e não nós, que nos fez povo seu e ovelhas do seu pasto.

- Nós temos Deus como Senhor das nossas vidas, que nos alegra, que nos dá paz e segurança.

Fp. 4.4: Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos.

- Paulo está dizendo aqui: Se alegre no Senhor.

- Outra vez Ele diz: Se alegre no Senhor.

- Ele é o teu Salvador.

- Ele é o teu ajudador.

- Ele é aquele que vai te dar vitória.

- O crente tem muitos motivos para se alegrar no Senhor.

- Ele está com você em todos os momentos da sua vida.

- Ele te orienta na estrada da vida que direção tomar.

- Ele está com você no leito da enfermidade.

- Ele te fortalece nos momentos de fraqueza.

- Ele toma as tuas pelejas e as tornam as pelejas dele.

- E Paulo dizia: Regozijai-vos sempre no Senhor.

- Não apenas em alguns momentos, mas sempre.

e) Quando Jesus Entra no Coração do Homem a Verdadeira Alegria Chega.

- Veja o exemplo do carcereiro de Filipos.

At. 16.34: E, levando-os a sua casa, lhes pôs a mesa; e, na sua crença em Deus, alegrou-se com toda a sua casa.

- Aqui diz: Que se alegrou com toda a sua casa depois que aceitou a Jesus.

- O publicano Zaqueu recebeu Jesus e a alegria chegou em sua casa, ao ponto dele doar metade dos seus bens aos pobres.

- Quando o Evangelho foi pregado em Samaria por Filipe à alegria chegou naquela cidade.

At. 8.8: E havia grande alegria naquela cidade.

III- As Características da Alegria do Crente.

- A natureza do reino de Deus.

Rm. 14.17: Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.

- O crente que ingressa no reino de Deus ele toma posse de justiça, de paz e de alegria no Espírito Santo.

- Essa é a essência do reino de Deus.

- Você tomou posse do reino de Deus você se apropriou da justiça de Deus, da paz de Deus e da alegria no Espírito Santo.

- Uma das facetas do fruto do Espírito é a alegria.

Gl. 5.22: Mas o fruto do Espírito é: caridade, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.

- Essa alegria aqui do fruto é produzida pelo Espírito Santo.

- É uma alegria a mais na vida do crente que produz uma satisfação interior muito grande.

- O crente espiritual tem o fruto do Espírito.

- A alegria do fruto vem do alto não depende das circunstâncias terrenas.

- O crente pode até estar passando uma prova grande na vida e o fruto do Espírito se manifestar na sua vida trazendo alegria vinda de Deus para aquele momento difícil.

Conclusão:

- Há uma alegria eterna prometida para todos os salvos em Cristo Jesus.

Is. 35.10: E os resgatados do Senhor voltarão e virão a Sião com júbilo, e alegria eterna haverá sobre as suas cabeças; gozo e alegria alcançarão, e deles fugirá a tristeza e o gemido.

- Toda tristeza e angústia dos salvos serão banidas para sempre.

- E aqui diz: E alegria eterna haverá sobre as suas cabeças.

- Gozo e alegria alcançarão.

- E deles fugirá a tristeza e o gemido.

- Aqui na terra nós já temos uma alegria como salvos em Cristo Jesus.

- Mas na glória vai se completar uma alegria maior em nosso ser.

- Pois será uma alegria eterna.

 

 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos