VIDA CRISTÃ
COTIDIANA                                                       23/09/2008      
Fp. 4.1-9                

 

Int.- A Epistola aos Filipenses Paulo escreveu quando estava na prisão em Roma, por volta do ano 63 da nossa era.

      Nesta Epistola Paulo passa conselhos e ensinamentos práticos para a vida do cristão.

      Exortando o cristão: A perseverança, ao amor fraternal, a humildade, a santidade e a cultivar todos os frutos do Espírito.

      O que é importante para o cristão e o que brilha num cristianismo autêntico é a prática cristã diária de uma vida que foi transformada.

      Essa mudança em nossa vida impacta os colegas, os vizinhos, a família; essa nova maneira de viver, oriunda de uma mudança interior, chamada de Novo Testamento.

- Paulo aconselhava os Tessalonicos sobre essa maneira de viver.

I Ts. 4.1- Finalmente, irmãos, vos rogamos e exortamos no Senhor Jesus que, assim como recebestes de nós, de que maneira convém andar e agradar a Deus, assim andai, para que continueis a progredir cada vez mais.

- Paulo também orientava os Colossenses.

Cl. 1.9,10- Por esta razão, nós também, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós e de pedir que sejais cheios do conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e inteligência espiritual.

      Para que possais andar dignamente diante do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda boa obra e crescendo no conhecimento de Deus.

I- A Vida Diária do Cristão.

- O cristão não vive de euforia.

- O cristão não vive do oba oba.

- As emoções e os renovos fazem parte da vida do cristão.

- Mas não é isso que mantém a sua vida cristã.

- Em um culto você se quebranta; você se emociona; você sai feliz.

- No dia seguinte você enfrentará problemas e desafios do dia a dia; e não será aquela emoção, aquela euforia, aquele renovo que vai te orientar e te dar vitória diante dos problemas.

- Mas vai ser os Princípios de Deus que você aprendeu pela Palavra de Deus, aplicados no seu dia a dia, que te darão vitória nos problemas.

- As bênçãos de Deus não caem do céu, sem que vivamos os princípios de Deus.

- As bênçãos de Deus não são derramadas como um toque de mágica.

- Precisamos agradar a Deus para que as bênçãos venham.

a) Os cultos que somos tocados, que ficamos emocionados, é como uma festa, é como um bolo.

- A festa nos alegra, nos emociona.

- O bolo é gostoso, e gostamos de comer.

- Mas o bolo não alimenta.

- O que nos alimenta é o feijão com arroz, os legumes, as saladas diárias.

- O bolo podemos comer uma vez ou outra, mas não todo dia.

- Tem cristão que só aparece na hora da festa; só come bolo.

- O cristão não conseguirá viver só de emoção, só de euforia.

- Precisamos da Palavra de Deus em nossa vida diariamente.

Cl. 3.16- A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais; cantando ao Senhor com graça em vosso coração.

Jo. 5.39- Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam.

II- Princípios de Deus aplicados no Dia a Dia.

1- Como cristãos enfrentamos tentações diárias.

I Pe.5.8,9- Sede sóbrios, vigiai, porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar.

      Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo.

Ef. 6.13- Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.

2- Como cristãos enfrentamos sentimentos desfavoráveis diariamente.

- Como tristeza, ansiedade, inveja, ira, rancor e muitos outros.

I Pe. 5.7- Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.

Ef. 4.26,27- Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira.

      Não deis lugar ao diabo.

Ef. 4.31,32- Toda amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmias, e toda malícia seja tirada de entre vós.

      Antes, sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.

3- Como cristãos passamos por conflitos no casamento.

Ef. 5.22- Vós, mulheres, sujeitai-vos a vosso marido, como ao Senhor.

Ef. 5.25- Vós, maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela.

4- Como cristãos enfrentamos conflitos no relacionamento com os nossos semelhantes diariamente.

Cl. 3.12,13- Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, mansidão, longanimidade.

      Suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos uns aos outros, se algum tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também.

I Jo. 4.7- Amados, amemo-nos uns aos outros, porque a caridade é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.

5- Como cristãos enfrentamos os desamores das pessoas diariamente.

- Pessoas que nos criticam.

- Pessoas que nos odeiam.

- Pessoas que nos perseguem.

Mt. 5.44- Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem.

Mt. 5.10,11,12- Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus.

      Bem-aventurados sois vós quando vos injuriarem, e perseguirem, e, mentindo, disserem todo o mal contra vós, por minha causa.

      Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.

 

Conclusão: Saibamos aplicar os Princípios de Deus da sua Palavra em nossa vida diária, para que vivamos um cristianismo autentico e vitorioso.

 

 

    

 




 
Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo