Home
 
 
   

O Cristão e o Dever de Ser Frutífero

23/04/2013

Jo. 15.1-5
 
 

Int.- A Igreja nasceu no coração de Deus antes da fundação do mundo, foi edificada por Cristo na plenitude dos tempos e oficialmente inaugurada pelo Espírito Santo no glorioso Dia de Pentecostes.

      A Igreja de Jesus Cristo foi estabelecida por Deus, para congregar um povo separado do mundo. Agora como Igreja de Deus, vivemos no mundo, mas não somos do mundo. E o propósito de Deus com Sua Igreja, é que ela venha conquistar mais vidas para o seu corpo.

      Deus quer salvar a humanidade.

I Tm. 1.4: Que quer que todos os homens se salvem e venham ao conhecimento da verdade.

      Para a salvação da humanidade Deus conta com a Sua Igreja.

      Deus conta com cada um de nós para evangelizar o perdido pecador.

      Essa é a maior Missão da Igreja na terra: A evangelização dos perdidos.

I-A Vara Frutífera.

      Nesse capítulo Quinze de João, na passagem da videira, Jesus diz: Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador.

- Deus é aquele que cuida da plantação.

- Nós somos varas que precisam frutificar.

- Aqui Jesus diz no V.2: Toda vara em mim que não dá fruto, a tira.

- E toda aquela que dá fruto, a limpa, para que dê mais fruto.

- Nós não podemos ser infrutíferos.

- Dar fruto aqui: É ganhar outros para Cristo.

- E Jesus conta o segredo de a vara ser frutífera.

V.4: Estai em mim, e eu, em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim.

- Aqui Jesus está dizendo, que para dar fruto, precisamos estar ligados nele.

V.5: Eu sou a videira, vós, as varas; quem está em mim, e eu nele, este dá muito fruto, porque sem mim nada podereis fazer.

- Sem Jesus nós não podemos fazer nada.

- Sem Jesus é apenas convencimento humano, não tem a conversão genuína.

- A vara que está ligada na videira recebe da seiva do tronco, para ter vida e dar fruto.

- Quanto mais parecido com Jesus nós formos, mais pessoas atrairemos para Jesus.

II- O Cristão é uma Ovelha que Precisa Reproduzir.

Sl. 100.3: Sabei que o Senhor é Deus; foi ele, e não nós, que nos fez povo seu e ovelhas do seu pasto.

- Ovelha saudável, gera outras ovelhas.

- Não é o pastor que gera ovelhas, mas é a ovelha que gera ovelha.

- O Senhor nos escolheu e nos nomeou para que geremos outras ovelhas.

Jo. 15.16: Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça, a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vos conceda.

- O verdadeiro cristão sente alegria em testificar o que Jesus fez em sua vida.

- As pessoas que estão mais próximas de nós são impactadas e influenciadas pelo nosso testemunho.

- O cristão tem que temperar este mundo como o sal.

Mt. 5.13: Vós sois o sal da terra.

Mc. 9.50: Bom é o sal, mas, se o sal se tornar insulso, com que o adubareis? Tende sal em vós mesmos e paz, uns com os outros.

- Deus conta comigo e com você para fazermos a diferença.

III- A Evangelização Deve Ser Uma Prioridade do Cristão.

      O que é evangelizar?

- Evangelizar é proclamar ao mundo a mensagem de Jesus Cristo.

- Evangelizar é anunciar as boas novas do Evangelho.

- Evangelizar é divulgar a boa noticia de que todos podem alcançar a vida eterna.

- Jesus deu essa ordem imperativa para a Sua Igreja.

Mc. 16.15: E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.

- Não foi mandado nós escolhermos as pessoas.

- Mas foi mandado pregar o evangelho a toda criatura.

- Em qual coração vai frutificar, isso é coisa de Deus.

- Foi dado o poder de Deus para o crente para testemunhar de Jesus.

At. 1.8: Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra.

- O maior propósito de Deus em nos dar a virtude do Espírito Santo, é para que testifiquemos de Jesus.

- Quando o crente recebe do poder do Espírito Santo: Se manifesta a alegria, o entusiasmo e o desejo de testemunhar.

- Quando os crentes da igreja primitiva receberam o Pentecostes, eles anunciaram com ousadia o evangelho.

At. 4.31: E, tendo eles orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo e anunciavam com ousadia a palavra de Deus.

- Na Igreja Primitiva cada crente era uma testemunha, um conquistador de almas. Hoje a maioria dos membros das igrejas jamais levou uma alma a Cristo em sua vida, e o que é pior, nunca tentou fazê-lo.

- A Igreja cheia do Espírito Santo, ela cresce e se multiplica.

- A presença do Espírito Santo, tira a timidez, o medo e a covardia.

II Tm. 1.7: Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação.

IV- Os Três Objetivos da Evangelização.

1-Anunciar o Evangelho com Poder.

Mc. 16.17,18: E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas.

      Pegarão nas serpentes, e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão.

- Este poder é prometido aqueles que pregam o Evangelho.

I Co. 2.4: A minha palavra e a minha pregação não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração do Espírito e de poder.

- Há uma diferença muito grande em pregar o evangelho com Graça e sem Graça.

2- Conduzir Almas a Cristo, Estimulando-as a uma Decisão de Conversão.

At. 2.38: E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão dos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo.

- Quando evangelizamos devemos convidar as pessoas a aceitarem a Jesus como salvador.

- Isso é um evangelismo com propósito.

- Alcançar almas perdidas para Cristo.

Judas 23: E salvai alguns, arrebatando-os do fogo; tende deles misericórdia com temor, aborrecendo até a roupa manchada da carne.

- Todos nós temos vocação para ganharmos almas.

3- Discipular os Novos Convertidos.

- Quer dizer acompanhar e ensinar os fundamentos do evangelho de Cristo.

- Muitas pessoas aceitam a Jesus e não permanecem na igreja, porque não as discipulamos.

Mt. 28.19,20: Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.

      Ensinando-as a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até à consumação dos séculos. Amém.

- Aqui diz, depois de pregar: ensinando-as a guardar todas as coisas.

- Todo evangelismo acompanhado do discipulado é mais eficaz.

- Discipular é nós apadrinharmos um novo convertido ensinando as coisas de Deus.

- Se cada um de nós discipulássemos uma alma por ano, a igreja duplicaria em um ano.

 

Conclusão: Vamos lembrar que o Espírito Santo se movimenta através de nós. Somos o Seu templo. Ele não tem outro canal através do qual ministrar.

      Pecadores jamais serão visitados pelo Senhor, se eu e você não formos falar de Jesus.

      Aqueles que estão doentes ou na prisão, jamais serão visitados pelo Espírito Santo se eu e você não formos a eles.

      Os homens jamais verão a Deus, se nós não irmos a eles.

      O amor de Cristo só poderá ser manifesto através de nossas vidas.

      A compaixão e preocupação de Deus pelas almas perdidas, só poderá ser manifesto através de nós.

 

 
 

  Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil

 
Mais mensagens