Home
 
 
 
     
  A Importância da Misericórdia 
 

23/12/2014

 
  Mt. 28.23-35     
 
 
 

Int.- Jesus nesta parábola do credor incompassivo, está dando uma grande lição sobre a misericórdia exercida para com o próximo. 

      Um dos servos do rei devia dez mil talentos, era uma soma muito grande, que este servo não tinha como pagar. 

      O rei o mandou chamar para acertar as contas; e não tendo como pagar, o rei mandou que fossem vendidos: o servo, sua mulher e seus filhos. 

      Então aquele servo, prostrando-se, pedia misericórdia à aquele rei. 

      O rei movido de íntima compaixão, soltou-o e perdoou-lhe a dívida. 

      E saindo aquele servo, encontrou um dos seus conservos que lhe devia cem dinheiros, um valor infinitamente inferior a sua dívida para com o rei. 

      E este servo perdoado pelo rei, lançou mão do seu conservo, e sufocava-o para o pagar. E mandou encerrá-lo na prisão, até que pagasse a dívida. 

      O rei sabendo disso, disse-lhe: “Servo malvado, perdoei-te toda aquela dívida; não devias tu igualmente, ter compaixão do teu companheiro, como eu também tive misericórdia de ti?” 

      Indignado, o rei o entregou aos atormentadores, até que pagasse tudo o que devia. 

      Jesus nos ensina nesta parábola, que a nossa dívida para com Deus, era impagável; mas através da sua grande misericórdia, nós fomos perdoados, e que assim devemos também usar de misericórdia para com os nossos semelhantes, perdoando-lhes as suas ofensas para conosco. 

      Como Deus é misericordioso para conosco, Ele espera que nós seus filhos também sejamos. 

- Essa é uma qualidade que o crente precisa exercer. 

- Ser misericordioso não somente no Natal, neste mês de Dezembro. 

- Mas sermos misericordiosos em nosso dia a dia como cristãos. 

- Porque agindo assim, estaremos vivendo o Evangelho de Jesus Cristo. 

      No mundo que nós estamos vivendo, as pessoas são secas e sem misericórdia, apenas pensando nelas mesmas e nas suas vantagens. 

      Mas nós como cristãos somos convidados por Deus para fazermos a diferença, para sermos misericordiosos.  

I- Servimos a Um Deus Misericordioso. 

- A Bíblia fala que Deus é o Pai das misericórdias. 

II Co. 1.3: Bendito seja Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda consolação. 

- Na história da humanidade temos visto a grande misericórdia de Deus para com os homens. 

Lm. 3.22: As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos; porque as suas misericórdias não têm fim. 

- Deus tem agido com misericórdia para com as nossas vidas. 

- Deus é misericordioso para com aqueles que o temem. 

Sl. 103.17: Mas a misericórdia do Senhor é de eternidade a eternidade sobre aqueles que o temem, e a sua justiça sobre os filhos dos filhos. 

- A misericórdia de Deus é a divina bondade em ação com respeito às misérias de suas criaturas. 

- Uma das mais belas descrições da misericórdia de Deus encontra-se no Sl. 103.8: Misericordioso e piedoso é o Senhor; longânimo e grande em benignidade. 

A) O Que é Misericórdia? 

- É um sentimento de compaixão, de benevolência, de perdão e de bondade. 

- É um sentimento de pesar ou de caridade despertado pela infelicidade de outrem. 

- A palavra “Misericórdia” é a junção de duas palavras em latim: 

- A palavra miseratio (compaixão) e a palavra cordes (coração). 

- Somando-se misericórdia é “coração compadecido”. 

II- Jesus é o Nosso Maior Exemplo de Misericórdia. 

- A misericórdia é um dos atributos mais fortes na vida de Jesus. 

- Ele foi a própria misericórdia em ação. 

- Jesus em seu ministério terreno usou de misericórdia para com as pessoas. 

- Jesus usou de misericórdia para com a mulher pega em adultério. 

- Jesus usou de misericórdia para com Zaqueu. 

- Jesus usou de misericórdia para com Maria Madalena, que era uma mulher da vida. 

- Jesus usou de misericórdia para com a mulher samaritana. 

- Todos que chegavam a Jesus eram alcançados pela sua misericórdia. 

- A misericórdia exercida por Jesus deixavam confusos os religiosos da época. 

- Jesus revela qual é o grande mandamento. 

Mt. 22.37-39: E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. 

      Este é o primeiro e grande mandamento. 

      E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. 

- A pessoa de Jesus é o maior dom de Deus à humanidade pecadora, porque Ele é a encarnação da misericórdia de Deus. 

III- O Cristão é Convidado a Exercer a Misericórdia Como Filho de Deus. 

- A misericórdia é um dom de Deus concedido ao crente. 

- Ao deixar de nos importar apenas conosco começaremos a olhar com amor para nosso próximo. 

Mt. 5.7: Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia. 

- Na medida que agimos com misericórdia, também alcançamos misericórdia. 

- Nós temos a recompensa da misericórdia que praticamos. 

Lc. 6.36: Sede, pois, misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso. 

- Deus tem sido misericordioso para conosco, nós também devemos ser misericordiosos. 

Cl. 3.12: Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade. 

- São qualidades que o cristão deve possuir. 

- Deus conta que vivamos a misericórdia em nossa vida para com o próximo. 

- A misericórdia deve ser uma prática de um coração cheio de Deus. 

- A religião que Deus espera que pratiquemos é uma religião de misericórdia para com o próximo. 

Tg. 1.27: A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações e guardar-se da corrupção do mundo. 

- O nosso cristianismo só tem algum sentido para Deus, se beneficiar o nosso semelhante. 

- Fazendo assim o nome do Senhor será glorificado. 

Cl. 3.13: Suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos uns aos outros, se algum tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também. 

- Essas são ações de misericórdia que o cristão deve tomar. 

A) Algumas Revelações de Atos de Misericórdia do Cristão: 

1- Atos de misericórdia demonstram o caráter de Cristo. 

2- Atos de misericórdia mostram o poder do evangelho para transformar. 

3- Atos de misericórdia geram oportunidades de compartilhar o evangelho. 

B) Exemplos de Misericórdia de Jesus Cristo Nos Inspira a Sermos Misericordiosos. 

- Amar, ser terno e perdoar o outro, como Jesus o fez. 

- Visitando os doentes. 

- Dando de beber ao que tem sede ou fome. 

- Consolando alguém que precisa de consolo. 

- Dando um abraço no seu semelhante. 

- Pequenas coisas que fazem uma diferença muito grande. 

IV- Deus Tem Promessas Para Aquele Que Usa de Misericórdia. 

1- Deus ampara no leito da enfermidade aquele que usa de misericórdia. 

Sl. 41.3: O Senhor o sustentará no leito da enfermidade; tu renovas a sua cama na doença. 

2- A justiça daquele que usa de misericórdia durará para sempre. 

Sl. 112.9: É liberal, dá aos necessitados; a sua justiça permanece para sempre, e a sua força se exaltará em glória. 

3- O crente sendo misericordioso faz bem para si mesmo. 

Pv. 11.17: O homem benigno faz bem à sua própria alma, mas o cruel perturba a sua própria carne. 

4- Somos recompensados por Deus na mesma medida que fazemos com o próximo. 

Lc. 6.38: Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando vos darão; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo. 

 

Conclusão: Que possamos ser crentes misericordiosos, exercendo esta virtude com muita alegria no coração, porque assim fazendo, o nome do Senhor será glorificado pelo nosso agir.


 


 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos