Home
 
 
 
 
 
 
 

23/05/2017 

Os Atributos de Deus                                       

Sl. 139.1-18

Int.- A Bíblia não procura comprovar que Deus existe. Em vez disso, ela declara a sua existência e apresenta os seus numerosos atributos. Muitos desses atributos são exclusivos dele, como Deus; outros existem em parte no ser humano, pelo fato de ter sido criado à imagem de Deus.

     Atributos são as particularidades, as qualidades e características que são próprias de alguém.

      Estudando os atributos de Deus fica mais fácil saber quem é Deus. Porque pelas suas características vamos compreender a grandeza do seu poder e do seu amor.

      Da mesma maneira quando convivemos com uma pessoa, pelas atitudes dessa pessoa, vamos identificar o seu caráter e seu jeito de ser.

I- Atributos Exclusivos de Deus.

1- Deus é Onipresente: Ele está presente em todos os lugares ao mesmo tempo.

V. 7: Para onde me irei do teu Espírito, ou para onde fugirei da tua face?

V. 8: Se subir ao céu, tu aí estás; se fizer no Sheol a minha cama, eis que tu ali estás também.

V. 9: Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar.

V. 10: Até ali a tua mão me guiará, e a tua destra me susterá.

- Deus está em todos os lugares da terra ao mesmo tempo, no polo sul, na África, na Oceania, na Austrália, no Japão, no Brasil, na Índia, em todos esses lugares.

Jr. 23.23,24: Sou eu apenas Deus de perto, diz o Senhor, e não também Deus de longe?

      Esconder-se-ia alguém em esconderijos, de modo que eu não o veja? Diz o Senhor. Porventura não encho eu os céus e a terra? Diz o Senhor.

- Deus observa tudo quanto fazemos aqui na terra.

2- Deus é Onisciente: Ele sabe todas as coisas.

V. 1: Senhor, tu me sondaste e me conheces.

V. 2: Tu conheces o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento.

V. 3: Cercas o meu andar e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos.

V. 4: Sem que haja uma palavra na minha língua, eis que, ó Senhor, tudo conheces.

- Ele conhece, não somente nosso procedimento, mas também nossos próprios pensamentos.

Sl. 44.21: Porventura não conhecerá Deus isso? Pois ele sabe os segredos do coração.

- Quando a Bíblia fala da presciência de Deus, significa que Ele conhece com precisão a condição de todas as coisas e de todos os acontecimentos reais, possíveis, futuros, passados ou predestinados.

I Pe. 1.2: Eleitos segundo a presciência de Deus ai, em santificação do Espírito, para a obediência e aspersão do sangue de Jesus Cristo: graça e paz vos sejam multiplicadas.

- Deus é plenamente soberano para tomar decisões e alterar seus propósitos no tempo e na história, segundo sua própria vontade e sabedoria.

3- Deus é Onipotente: Ele é o Todo-poderoso e detém a autoridade total sobre todas as coisas e sobre todas as criaturas.

Jr. 32.17: Ah! Senhor Jeová! Eis que tu fizeste os céus e a terra com o teu grande poder e com o teu braço estendido; não te é maravilhosa coisa alguma.

Lc. 1.37: Porque para Deus nada é impossível.

- Isso não quer dizer, que Deus empregue todo o seu poder e autoridade em todos os momentos.

- Por exemplo, Deus tem poder para exterminar totalmente o pecado, mas optou por não fazer assim até o final da história humana.

4- Deus é Transcendente: Ele é elevado, superior, diferente e independente da sua criação.

- Seu ser e sua existência são infinitamente maiores e mais elevados do que a ordem por Ele criada.

I Rs. 8.27: Mas, na verdade, habitaria Deus na terra? Eis que os céus e até o céu dos céus te não poderiam conter, quanto menos esta casa que eu tenho edificado.

- Ele subsiste de modo absolutamente perfeito e puro, muito além daquilo que Ele criou.

- Ele Mesmo é incriado e existe à parte da criação.

I Tm. 6.16: Aquele que tem, ele só, a imortalidade e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver; ao qual seja honra e poder sempiterno. Amém.

- A transcendência de Deus não significa, que Ele não possa estar entre o seu povo como seu Deus.

Ez. 37.27: E o meu tabernáculo estará com eles, e eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.

5- Deus é Eterno: Ele é de eternidade à eternidade.

Sl. 90.2: Antes que os montes nascessem, ou que tu formasses a terra e o mundo, sim, de eternidade a eternidade, tu és Deus.

- Nunca houve nem haverá um tempo, nem no passado nem no futuro, em que Deus não existisse ou que não existirá.

- Deus não está limitado pelo tempo humano.

Sl. 90.4: Porque mil anos são aos teus olhos como o dia de ontem que passou, e como a vigília da noite.

- Para Deus não existe contagem de anos, porque Ele é eterno.

- Deus tem passado por todas as gerações e vai continuar a passar.

Sl. 102.12: Mas tu, Senhor, permanecerás para sempre, e a tua memória, de geração em geração.

6- Deus é Imutável: Ele é inalterável nos seus atributos, nas suas perfeições e nos seus propósitos para a raça humana.

Nm. 23.19: Deus não é homem, para que minta; nem filho de homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?

Tg. 1.17: Toda boa dádiva e todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.

- Isso não significa, porém, que Deus nunca altere seus propósitos temporários ante o proceder humano.

- Ele pode, por exemplo, alterar suas decisões de castigo por causa do arrependimento sincero dos pecadores.

- Ele é livre para atender as necessidades do ser humano e às orações do seu povo.

- Em vários casos a Bíblia fala de Deus mudando uma decisão como resultado das orações do seu povo.

a) Em Números 14 Deus ia destruir os hebreus por causa das murmurações, e Moisés intercedeu pelo povo e Deus perdoou.

b) Em II Reis 20 o rei Ezequias estava com uma doença mortal e Deus mandou o profeta Isaias avisá-lo que iria morrer, ele orou a Deus e Deus prolongou sua vida em mais 15 anos.

- O homem muda na sua palavra, mas Deus não muda.

7- Deus é Perfeito e Santo.

- Ele é absolutamente isento de pecado e perfeitamente justo.

Sl. 145.17: Justo é o Senhor em todos os seus caminhos e santo em todas as suas obras.

- Deus é santo e não pode pecar.

II Tm. 2.13: Se formos infiéis, ele permanece fiel; não pode negar-se a si mesmo.

- Sua santidade inclui, também, sua dedicação à realização dos seus propósitos e planos.

8- Deus é Trino e Uno.

- Ele é um só Deus, manifesto em três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo.

Dt. 6.4: Ouve, Israel, o Senhor, nosso Deus, é o único Senhor.

Is. 45.21: Anunciai, e chegai-vos, e tomai conselho todos juntos; quem fez ouvir isto desde a antiguidade? Quem desde então o anunciou? Porventura não sou eu, o Senhor? E não há outro Deus senão eu; Deus justo e Salvador, não há fora de mim.

- Cada pessoa da trindade é plenamente divina, igual às duas outras; mas não são três deuses, e sim um só Deus.

II- Atributos Morais de Deus.

1- Deus é Bom. Deus é bom, principalmente para os seus, que o invocam em verdade.

2- Deus é Amor. Seu Amor é altruísta, pois abraça o mundo inteiro, composto da humanidade pecadora.

3- Deus é Misericordioso. Ele não extermina o ser humano conforme merece devido aos seus pecados.

4- Deus é Compassivo. Ser compassivo significa sentir tristeza pelo sofrimento doutra pessoa, com desejo de ajudar.

5- Deus é Paciente. Deus concede a todos a oportunidade de se arrependerem e serem salvos.

6- Deus é Verdade. Jesus chamou-se a si mesmo a verdade, e o Espírito é chamado o Espírito da verdade.

7- Deus é Fiel. Deus fará aquilo que Ele tem revelado na sua Palavra. Ele cumprirá tanto as suas promessas, quanto as suas advertências.

8- Deus é Justo. Ser justo significa que Deus mantém a ordem moral do universo, é reto e sem pecado na sua maneira de tratar a humanidade.

 

 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos