AVIVAMENTO QUE GERA FRUTOS                                22/11/2011         
Ageu 1.7-15
 

Int.- Ageu foi um dos profetas menores que profetizou à nação de Judá após o cativeiro dos setenta anos na Babilônia. Ageu profetizou por quatro meses. Ageu foi a primeira voz a fazer-se ouvir como profeta de Deus após o exílio. Seu nome significa “minha festa”. O livro de Ageu é uma coleção de quatro breves mensagens escritas entre os meses de agosto a dezembro do ano 520 a.C.

      As mensagens no livro de Ageu tem um propósito central: Persuadir o povo a reconstruir o templo. Não era tarefa fácil fazer um povo desanimado erguer-se e construir o templo.

      Um punhado de gente pobre havia retornado a Jerusalém, procedente da Babilônia, onde vivera em cativeiro. Tendo diante de si a enorme tarefa de reconstruir o templo e restaurar o culto a Jeová, os judeus cometiam os mesmos pecados antigos de idolatria e de casamento com os vizinhos idólatras. Eram poucos, pobres, molestados por inimigos, e pior que tudo, tinham perdido a força íntima que vem da alegria do Senhor.

      Por causa de tudo isso, a obra arrastou-se o povo perdeu o ânimo e tornou-se egoísta. Negligenciando a casa de Deus, interessaram-se mais em edificar casas para si mesmos do que para Deus. Deus não permitiu que tal situação continuasse, e por isso, castigou-os.

Hb. 12.6- Porque o Senhor corrige o que ama e açoita a qualquer que recebe por filho.

      Colheitas escassas, secas, comércio fraco, miséria e agitações abateram-lhes o espírito. Estavam trabalhando intensamente mas não sentiam real alegria.

      O povo de Judá necessitava de um avivamento de Deus em suas vidas, avivamento que despertassem o povo a colocar Deus em primeiro lugar e voltassem para a Palavra de Deus.

      Deus, às vezes, permite dificuldades por causa da nossa indiferença para com Ele. Muitas vezes Deus usa as dificuldades para nos acordar e fazer nos voltar para as coisas de Deus.

      As colheitas foram escassas e os negócios fracassaram por causa dos pecados dos judeus. Mas Deus quer que mantenhamos a igreja. Sem ela, o pecado e o vicio aumentam.

 

- Foi isso que aconteceu com Judá aqui no livro de Ageu, haviam abandonado a igreja e as coisas do Senhor.

I- O Avivamento em Judá.

- Os ânimos estavam baixos.

- O povo estava desacreditado.

- A fé estava esmorecida.

      Ageu profetizou um avivamento, um renovo, uma mensagem de ânimo para o povo.

A) O que é avivamento.

- No Antigo Testamento significava: Soprar, dar alento, fazer viver.

- No Novo Testamento significa: Reviver, reavivar, renovar.

      Assim sendo avivamento é um sopro, é o mover do Espírito Santo sobre um individuo, uma igreja ou um país inteiro.

B) O resultado do avivamento em Judá.

1- Os sacerdotes e o povo ouviram a voz do Senhor.

Rm.10.17- De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.

- Se não dermos atenção a Palavra de Deus nada acontecerá em nossa vida.

- O simples fato de ouvir já revela desejo, vontade, necessidade e quebrantamento pela Palavra de Deus.

2- O povo temeu diante do Senhor.

- Amados o temor é fundamental para que aconteça o avivamento.

Pv. 8.13- O temor do Senhor é aborrecer o mal; a soberba, e a arrogância, e o mau caminho, e a boca perversa aborreço.

- O temor do Senhor faz a pessoa a deixar o pecado e aquilo que Deus não se agrada.

Pv. 16.6- Pela misericórdia e pela verdade, se purifica a iniqüidade; e, pelo temor do Senhor, os homens se desviam do mal.

- O temor do Senhor faz a pessoa a se desviar do mal.

3- Voltaram a trabalhar na Casa do Senhor.

V.14- E trabalharam na Casa do Senhor dos Exércitos, seu Deus.

- Amados o avivamento faz o crente trabalhar para Deus.

- O avivamento trás alegria para o crente servir a Deus.

- Quando o crente está apático espiritualmente, ele deixa de fazer o que ele fazia para Deus: Cantar, pregar, tocar, evangelizar, visitar, servir na igreja.

II- Características do Verdadeiro Avivamento.

1- O avivamento vem de Deus.

- Vem do alto, do Espírito Santo de Deus.

- Foi assim que aconteceu em Judá no livro de Ageu.

- Amados, se Deus não avivar, ninguém pode avivar.

- A nossa parte é buscar, mas é Deus é quem vai avivar o coração.

- O avivamento não vem de homem nenhum. Deus pode e até usa o homem como profeta para nos acordar, mas é Deus quem aviva as nossas vidas.

- A nossa parte é preparar o coração para Deus operar.

Pv. 16.1- Do homem são as preparações do coração, mas do Senhor, a resposta da boca.

2- O avivamento é para todos.

V.14- E o Senhor levantou o espírito de Zorobabel, filho de Sealtiel, príncipe de Judá, e o espírito de Josué, filho de Jozadaque, sumo sacerdote, e o espírito do resto de todo o povo, e vieram e trabalharam na Casa do Senhor dos Exércitos, seu Deus.

- O Espírito Santo de Deus tocou no espírito de todo o povo.

- O avivamento acontece quando o Espírito de Deus toca em nosso espírito.

- Quando isso aconteceu o povo se despertou, houve animo e coragem no povo.

- O avivamento não é privilégio de alguns apenas, mas para todos que o buscam.

Hb.11.6- Ora, sem fé é impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador dos que o buscam.

- Deus concede o renovo para aquele que o busca.

Ef..14- Pelo que diz: Desperta, ó tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá.

- É tempo de despertamento, é tempo de avivamento.

3- O avivamento é para o trabalho.

- Deus não aviva ninguém para ficar de braços cruzados, apenas assentado como mero assistente ou observador.

- O avivamento não é para produzir status espiritual, ou apenas mexer com as emoções.

At. 1.8- Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra.

- Aqui o Senhor está dizendo que a virtude do Espírito Santo é dada para sermos testemunhas do Senhor.

III- Características do Crente Avivado.

1- Sua comunhão com Deus é prioridade em sua vida.

2- O crente avivado é compromissado com Deus.

3- O crente avivado é atuante na igreja e assíduo aos cultos.

4- O crente avivado é voluntarioso na obra de Deus.

5- O crente avivado é um mensageiro do Evangelho de Cristo.

6- O crente avivado é um sal na terra e luz no mundo.

 

- Avivamento não é fuga da Bíblia, é volta para a Bíblia.

- Avivamento não é remoção dos marcos, é volta às origens.

- Avivamento é volta para Deus.

- Avivamento é mudança de vida.

- Avivamento é sopro do Espírito.

- Avivamento sempre leva a uma poderosa evangelização.

- Avivamento sempre leva a fazer missões.

- Com o avivamento a Igreja cresce.

 

Conclusão: Que possamos nos conscientizar que precisamos do avivamento de Deus em nossa vida; e que possamos dar ouvidos ao Espírito Santo de Deus e buscarmos ao Senhor enquanto se pode achar.

Is. 60.1- Levanta-te, resplandece, porque já vem a tua luz, e a glória do Senhor vai nascendo sobre ti.

- Que possamos se levantar para recebermos da Graça de Deus em nossa vida.

Ef. 5.18- E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito.

- Há uma ordem imperativa de Deus para a nossa vida: “Enchei-vos do Espírito”.

- Que possamos dizer como o profeta Habacuque:

Hc. 3.2- Ouvi, Senhor, a tua palavra e temi; aviva, ó Senhor, a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos a notifica; na tua ira lembra-te da misericórdia.


    

  Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil

 
Mais mensagens