Home
 
 
 
     
  A Importância de Fazer o Bem ao Próximo 

21/04/2015

 
  Rute 2.8-23     
 
 
 

Int.- A história de Rute é uma das lindas histórias relatadas na Bíblia Sagrada. 

      Noemi era uma Israelita, natural de Belém de Judá, era casada com Elimeleque, e tinha dois filhos Malom e Quiliom. 

      Houve uma fome na terra onde eles habitavam. E para fugir da fome, foram peregrinar nos campos de Moabe. Ficaram alguns anos em Moabe. E em Moabe, Elimeleque, marido de Noemi morreu. Os dois filhos de Noemi casaram com mulheres moabitas. E depois de algum tempo morreram os dois filhos de Noemi: Malom e Quiliom. 

      A Bíblia fala que Noemi ouviu falar que o Senhor tinha visitado o seu povo, dando-lhe pão. E Noemi resolveu voltar para Belém de Judá. 

      E Rute sua nora decidiu deixar a sua terra, a sua parentela, a sua cultura, e acompanhar Noemi a Belém de Judá. 

      Noemi tentou persuadir a Rute a não acompanhá-la, dizendo que ali em Moabe ela tinha uma vida e uma parentela. Mas Rute decidiu e disse a Noemi: “Não me instes para te deixar e me afaste de ti; porque, aonde quer que tu fores, irei eu e, onde quer que pousares à noite, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus. Onde quer que morreres, morrerei eu e ali serei sepultada”. 

      Rute demonstrou uma fidelidade e uma lealdade impressionante. Rute cumpriu toda à sua promessa a sua sogra, acompanhando-a à Belém de Judá. 

- O que impressiona nesta história é que Noemi já não tinha nada, tinha ficado pobre. 

- Noemi não tinha nada que atraísse a atenção de Rute. 

- Rute decidiu no seu coração ser fiel e leal a sua sogra, sem interesse algum. 

- Amados, todo bom coração é recompensado pelo Senhor. 

Cl. 3.23,24: E, tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor e não aos homens. 

      Sabendo que recebereis do Senhor o galardão da herança, porque a Cristo, o Senhor servis. 

- Rute foi para uma cidade, para uma nação, sem saber o que encontraria. 

- Rute era uma mulher pagã que agora estava em Belém de Judá. 

- A fidelidade de Rute, a sua lealdade à sua sogra Noemi e o seu testemunho, fizeram história em Belém de Judá. 

- A fama do bem que ela fizera a Noemi ficou conhecido por todos. 

- E Rute foi segar bem no campo de Boaz. 

V. 11: E respondeu Boaz e disse-lhe: Bem se me contou quanto fizeste à tua sogra, depois da morte de teu marido, e deixaste a teu pai, e a tua mãe, e a terra onde nasceste, e vieste para um povo que, dantes, não conheceste. 

- Boaz disse: Eu fiquei sabendo do bem que tu fizeste à tua sogra. 

- Você deixou o teu pai, e a tua mãe, e a terra onde nasceste, e veio para um povo que você nunca conheceste. 

V. 12: O Senhor galardoe o teu feito, e seja cumprido o teu galardão do Senhor, Deus de Israel, sob cujas asas te vieste abrigar. 

- A Bíblia não fala se Rute era bonita ou feia. 

- Boaz olhou e viu a beleza interior de Rute. 

- A beleza interior de Rute atraiu Boaz, mais do que a sua beleza exterior. 

- Boaz viu grandes virtudes em Rute. 

- E isso resultou no casamento de Rute com Boaz. 

- Deuz estava começando a galardoar Rute pelos seus bons feitos. 

- Boaz era um dos homens mais ricos de Belém de Judá. 

- A Bíblia fala que Rute gerou um filho de Boaz, e chamaram o seu nome Obede, que foi o bisavô do rei Davi. 

Mt. 1.5: E Salmom gerou de Raabe a Boaz, e Boaz gerou de Rute a Obede, e Obede gerou a Jessé. 

- Amados Rute passou a fazer parte da genealogia de Jesus Cristo. 

- Olha que história fascinante: Uma moabita pagã, pela sua fidelidade e lealdade a sua sogra, mudou-se para Israel; casou-se com um belemita rico e da sua descendência nasceu o Salvador o Senhor Jesus Cristo. 

- Sabe o que é isso, amado? 

- A graça de Deus. 

- Boaz era filho de Raabe, a meretriz encontrada em Jericó. 

- Deus juntou o filho de uma meretriz e uma moabita, para que da sua descendência, viesse o Senhor Jesus Cristo. 

- Essa história é parecida com a nossa história. 

- Como gentios fomos adotados na família de Cristo. 

Rm. 11.17: E se alguns dos ramos foram quebrados, e tu, sendo zambujeiro, foste enxertado em lugar deles e feito participante da raíz e da seiva da oliveira. 

- Oliveira aqui representa o Senhor Jesus Cristo. 

- O zambujeiro é chamado de oliveira brava, incapaz de dar frutos e impróprio para o consumo. 

- O que Deus está falando aqui? Que nós éramos imprestáveis, uma oliveira ruim, e fomos enxertados na boa oliveira. 

- E aqui diz: “E feito participante da raiz e da seiva da oliveira”. 

- Nós agora temos acesso a seiva que desce do trono de Deus. 

I- O Cristão Tem o Dever de Fazer o bem ao Próximo. 

- Porque o amor de Deus está derramado em nossos corações. 

Gl. 6.9: E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido. 

- Como Paulo aqui é incisivo: Não canses de fazer o bem. 

- Porque agora somos filhos de Deus. 

- Porque manifestamos o fruto do Espírito. 

- Porque isso serve de testemunho as pessoas. 

- O bem que fazemos ao próximo é como uma luz de Deus que brilha neste mundo. 

Mt. 5.16: Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai, que está nos céus. 

- Quando fazemos o bem ao próximo a nossa luz resplandece. 

Pv. 3.27: Não detenhas dos seus donos o bem, estando na tua mão poder fazê-lo. 

- Num mundo egoísta e individualista, pessoas que pensam só em si, e que não olham a necessidade alheia; como sermos de Deus podemos fazer o bem. 

- Como é prazeroso fazermos o bem. 

- Uma satisfação enche o nosso interior. 

- Um bem estar enche o nosso coração. 

Is. 1.17: Aprendei a fazer o bem; praticai o que é reto; ajudai o oprimido; fazei justiça ao órfão; tratai da causa das viúvas. 

- Olha que conselhos maravilhosos da Palavra de Deus para nós. 

- Temos que aprender a fazer o bem. 

- É uma lição que aprendemos com a Palavra de Deus. 

- Como servos de Deus devemos estimular uns aos outros a fazer o bem. 

Hb. 10.24: E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos à caridade e às boas obras. 

- Muitas vezes temos visto o contrário, alguém criticando aquele que está fazendo o bem ao seu próximo. 

- O bom samaritano fez o bem ao viajante vítima de assaltantes; não sabia quem era aquele homem, simplesmente o socorreu, fazendo-lhe o bem; sem visar a recompensa. 

Tg. 4.17: Aquele, pois, que sabe fazer o bem e o não faz comete pecado. 

- Essa palavra é para o cristão, que tem a presença de Deus em sua vida. 

- Essa palavra é muito forte para nós. 

- O cristão não pode ser omisso diante do bem que pode fazer ao seu próximo. 

- Isso está dentro de você; Deus lhe deu o fruto do Espírito. 

- Jesus nos ensina que o bem que fazemos ao próximo é como tivéssemos feito para Ele. 

Mt. 25.34-40: Então, dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o Reino que vos está preparado desde a fundação do mundo. 

      Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedaste-me. 

      Estavas nu, e vestiste-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me. 

      Então, os justos responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome e te demos de comer? Ou com sede e te demos de beber? 

      E, quando te vimos estrangeiro e te hospedamos? Ou nu e te vestimos? 

      E, quando te vimos enfermo ou na prisão e fomos ver-te? 

      E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que, quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. 

Conclusão: Se tem um povo que deve fazer a diferença neste mundo, este povo somos nós os cristãos. 

- Deus conta conosco para fazermos o bem. 

- E quem faz o bem é recompensado por Deus. (Sl. 58.11; Pv. 12.14)


 


 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos