O Dever do Cristão em Viver uma Vida de Abnegação        18/08/2009

 Rm.15.1-13

Int.- O Cristianismo autentico verdadeiro consiste em uma verdadeira abnegação ou seja uma verdadeira renúncia em nossa vida.

      A palavra Igreja na tradução do grego significa tirados para fora. Isso é tirados do mundo, de uma sociedade ímpia, pecaminosa, mundana, corrupta, do reino das trevas e trazidos para o Reino da Luz, da justiça, da retidão, da paz.

      A Conversão verdadeira consiste em uma mudança de vida. A palavra conversão significa mudança de direção, uma transformação. Se não houve uma mudança de direção, uma transformação, essa pessoa não está convertida, mas sim convencida.

      Quantas pessoas acham bonito os cultos da igreja; gostam de ouvir a orquestra, o coral e até de ouvir o pastor pregando; e acham esse ambiente caloroso; estão convencidos, mas não são convertidos.

      A verdadeira conversão no espírito do homem é realizada pelo Espírito Santo.

Jo.16.8- E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça, e do juízo.

I- Converter-se é Nascer de Novo.

      Jesus explicou isso para Nicodemos que era fariseu, príncipe dos judeus.

      Jesus disse para Nicodemos: Aquele que não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus.

Jo.3.4,5- Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Porventura, pode tornar a entrar no ventre de sua mãe e nascer?

      Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito não pode entrar no Reino de Deus.

- Jesus aqui não estava anunciando a reencarnação, mas de a pessoa ser transformada ao ponto de ser batizada nas águas confirmando sua união com Cristo e tendo o Espírito Santo em sua vida, operando toda a mudança necessária.

- Quem opera a mudança na vida do crente não é o pastor, não tem uma cartilha, mas é o Espírito Santo de Deus.

- Chamamos o Novo Nascimento de Regeneração que é a transformação da pessoa.

II Co.5.17- Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.

      Na Regeneração o espírito humano é renovado e passa a ter condições de obedecer a Deus.

Ef.4.22-24- Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano.

      E vos renoveis no espírito do vosso sentido.

      E vos revistais do novo homem, que, segundo Deus, é criado em verdadeira justiça e santidade.

- Na Conversão nós abandonamos o velho homem: Pecaminoso e iníquo e nos revestimos do novo homem.

Rm.6.6- Sabendo isto: que o nosso velho homem foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, a fim de que não sirvamos mais ao pecado.

- O novo homem em nós é acionado pela presença do Espírito Santo de Deus em nossa vida.

- Por nós mesmos não conseguimos mudar nada, nem viver uma vida transformada; mas é pelo Espírito Santo de Deus em nossa vida.

- Não deixe de dar ouvidos a voz do Espírito Santo em sua vida.

I Ts.5.19- Não extingais o Espírito.

- O crente começa a esfriar e a desviar quando não dá mais ouvidos a voz do Espírito Santo de Deus.

II- A Vida Cristã é uma Vida de Renúncia.

      Em nosso livre arbítrio nós decidimos aceitar a Jesus como Salvador, e vivermos a vida cristã.

- Não teremos vida espiritual se não quisermos mudar.

- Não teremos vida espiritual se continuarmos a praticar as obras da carne.

- Não teremos vida espiritual se continuarmos amigos do mundo.

I Jo.3.9- Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar; porque é nascido de Deus.

- A interpretação correta é: Aquele que é nascido de Deus não vive na prática do pecado.

- O cristão verdadeiro não ama o mundo.

I Jo.2.15- Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.

- O verdadeiro cristão é odiado pelo mundo.

Jo.15.18- Se o mundo vos aborrece, sabei que, primeiro do que a vós, me aborreceu a mim.

III- Para Servir a Deus Precisamos se Dispor a Renunciar.

1- Colocar Deus em primeiro lugar.

Mt.6.33- Mas buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas.

- Quando buscamos a Deus em primeiro lugar Ele se compromete em acrescentar todas as demais coisas em nossa vida.

2- Para Servirmos a Deus Precisamos Estarmos Dispostos a Aborrecermos a Família.

Lc.14.26,27- Se alguém vier a mim e não aborrecer a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs, e ainda também a sua própria vida, não pode ser meu discípulo.

      E qualquer que não levar a sua cruz e não vier após mim não pode ser meu discípulo.

- Precisamos colocar Deus acima de nossa família.

- Aborrecer a família aqui é amar menos a família e primeiro lugar a Deus.

- Quantos cristãos se indispõe com a família porque se decidiu por Jesus.

- Para sermos seguidores de Jesus precisamos se dispor até mesmo desagradando a família.

3- Para Servimos a Deus Precisamos Colocar o Reino de Deus Acima dos Bens Materiais.

Lc.14.33- Assim, pois, qualquer de vós que não renuncia a tudo quanto tem não pode ser meu discípulo.

4- Para Servirmos a Deus Precisamos Renunciar a Nós Mesmos.

- Os nossos desejos maus.

- Os nossos sentimentos perversos.

- A nossa natureza pecaminosa.

Mt.16.24- Então, disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz e siga-me.

Conclusão: Ser cristão não é fácil, não é uma vida de mar de rosas; temos espinhos nessa caminhada; e uma grande renuncia que fazemos do mundo e da nossa própria vida. Mas um Céu de Glória nos espera, vale a pena toda essa renuncia, para vivermos a eternidade com Deus.

 

 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo