Home
 
 
   

A Alegria do Salvo

18/05/2014

At. 8.8  


Int.:
A Igreja nasceu no coração de Deus antes da fundação do mundo, foi edificada por Cristo na plenitude dos tempos e oficialmente inaugurada pelo Espírito Santo no glorioso Dia de Pentecostes, quando também iniciou a dispensação da Graça, ou a dispensação do Espírito Santo.

      Os assuntos referidos no livro de Atos dos Apóstolos cobrem um período de aproximadamente 38 anos, desde o Dia de Pentecostes em Jerusalém até ao aprisionamento de Paulo em Roma.

      Quando aconteceu o Dia de Pentecostes, houve um grande derramamento do Espírito Santo, e os discípulos que estavam no cenáculo foram batizados com o Espírito Santo. E naquele dia Pedro pregou e houve uma grande colheita de almas.

At. 2.41: De sorte que foram batizados os que dom bom grado receberam a sua palavra; e, naquele dia agregaram quase três mil almas.

- A Igreja iniciou com uma grande colheita de almas.

- Mas aqueles cristãos que estavam em Jerusalém e que receberam o Pentecoste, se acomodaram e não obedeceram a palavra de Jesus.

At. 1.8: Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra.

- Eles estavam apenas centralizados em Jerusalém.

- E como é bom estar em Jerusalém.

- Então desencadeou-se uma grande perseguição contra a Igreja.

- Homens e mulheres eram encerrados na prisão e açoitados e muitos foram mortos.

- Deus, porém, usou essa perseguição para que o Evangelho chegasse em outras cidades e regiões.

At. 8.4: Mas os que andavam dispersos iam por toda parte anunciando a palavra.

- A perseguição levou a propagação do Evangelho.

V.5: E, descendo Filipe à cidade de Samaria, lhes pregava a Cristo.

V.6: E as multidões unanimemente prestavam atenção ao que Filipe dizia, porque ouviam e viam os sinais que ele fazia.

- Uma grande revolução de ordem espiritual aconteceu em Samaria com a pregação do Evangelho de Cristo.

- A pregação do Evangelho transformou aquela cidade.

I- As Características da Cidade de Samaria.

- No Antigo Testamento Samaria foi a capital das dez tribos, ou seja, da nação de Israel.

- Durante o cativeiro de Israel, muitos estrangeiros vieram habitar em Samaria, e trouxeram seus costumes e seus deuses.

- Aquele povo estava agora muito longe de Deus e praticando a idolatria.

- Com a perseguição dos cristãos, Filipe chegou em Samaria e lhes pregava a Cristo.

- Sinais e maravilhas acompanhavam a pregação de Filipe.

- Muita gente se converteram em Samaria, de sorte que a cidade foi transformada.

- Antes um povo idolatra, agora um povo que cria em Jesus como Salvador.

V.8: E havia grande alegria naquela cidade.

- O Evangelho anunciado naquela cidade e a presença do Espírito Santo, trouxe alegria aquela cidade.

- Jesus chegou com a pregação do Evangelho, a alegria chegou.

- A onde Jesus chega, chega a alegria.

- A presença de Jesus muda o ambiente; muda o lugar; trás alegria.

II- O Ser Humano Necessita de Alegria.

      Certamente um dos grandes males dos nossos tempos é a tristeza. Ela tem suas variantes nas diversas formas de moléstias da alma: Angústia, depressão, medo, insônia, opressão, desejo suicida e milhares de pessoas estão desesperadamente procurando a solução.

- E hoje tem muitas pessoas fazendo tratamento para a tristeza, tomando medicação de tarja preta.

- Mas o melhor remédio para tratar a tristeza da alma é com o óleo de alegria, que só Deus concede.

Hb. 1.9: Amaste a justiça e aborreceste a iniquidade; por isso, Deus, o teu Deus, te ungiu com óleo de alegria, mais do que a teus companheiros.

A)Definição o que é Alegria?

- Alegria é um sentimento de contentamento, de prazer de viver, júbilo, satisfação, exultação.

- A alegria verdadeira é concedida pelo Espírito Santo de Deus.

- A alegria autêntica é um dos aspectos do fruto do Espírito Santo.

Rm. 14.17: Porque o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.

- A alegria de Deus não depende das circunstâncias a nossa volta.

- De termos um bom emprego; de termos uma boa casa; de termos saúde.

- A alegria de Deus nos enche em qualquer circunstância.

- Na presença de Deus tem muita alegria.

Sl. 16.11: Far-me-ás ver a vereda da vida; na tua presença há abundância de alegrias; à tua mão direita há delicias perpetuamente.

- Na presença de Deus tem abundância de alegria.

B) No Antigo Testamento Temos Muitos Exemplos da Chegada da Alegria.

1- Quando o povo de Israel conquistava a vitória contra alguma nação inimiga.

2- Quando chegava o período da colheita.

3- Quando da inauguração do templo em Jerusalém.

4- Quando o povo judeu voltou do cativeiro babilônico.

5- Quando terminaram a edificação dos muros de Jerusalém.

III- A Salvação em Jesus Cristo Trás Alegria ao Crente.

Is. 12.3: E vós, com alegria, tirareis águas das fontes da salvação.

- O novo nascimento, a conversão, opera a alegria de Deus no crente.

- A alegria do Senhor e o riso não são algo passageiro na vida do salvo, mas algo permanente e completo.

- Deus quer que estejamos transformados com a sua alegria.

- A alegria de Jesus deve estar em nós desde o momento em que fomos salvos até a eternidade.

Jo. 15.11: Tenho-vos dito isso para que a minha alegria permaneça em vós, e a vossa alegria seja completa.

- Jesus quer que tenhamos a alegria completa.

- Infelizmente muitos cristãos tem perdido a alegria, e esta alegria precisa ser restaurada.

- Deus quer restaurar a sua alegria.

 Sl. 30.5: Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida; o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.

- Para o cristão toda tristeza é passageira.

IV- Em Deus Existem Várias Formas de Alcançarmos a Alegria Espiritual.

1-A Leitura da Bíblia é uma Grande Fonte de Alegria Espiritual.

I Jo. 1.4: Estas coisas vos escrevemos, para que a vossa alegria se completa.

- Amados, as promessas de Deus estão registradas na Palavra de Deus.

- Muitas vezes podemos estar tristes e através da leitura da Palavra de Deus recebemos alegria.

- A Palavra de Deus renova as nossas forças; renova o nosso ânimo.

2- A Fé em Deus é uma Grande Geradora de Alegria.

- Crer em Deus resulta em grande alegria.

At. 16.34: Então, levando-os a sua casa, lhes pôs a mesa; e, na sua crença em Deus, alegrou-se com toda a sua casa.

- Crer em Deus levou o carcereiro de Filipos e a sua família a uma grande alegria.

Pv. 10.28: A esperança dos justos é alegria.

3- Estar na Igreja Deve Ser Motivo de Muita Alegria.

Sl. 122.1: Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor.

Sl. 84.10: Porque vale mais um dia nos teus átrios do que, em outra parte, mil. Preferiria estar à porta da Casa do meu Deus, a habitar nas tendas da impiedade.

- Você se alegra quando vem a igreja?

- Você tem prazer em prestar o culto ao Senhor?

- Louve ao Senhor e se alegre por esta maravilhosa oportunidade.

- Porque na igreja é o lugar do encontro com Deus.

- Na igreja é o lugar onde Deus fala conosco.

- Na igreja é o lugar onde somos tratados por Deus.

4- A Alegria do Senhor é que nos Dá Força Para Esta Caminhada.

Ne. 8.10: Não vos entristeçais, porque a alegria do Senhor é a vossa força.

- Palavra maravilhosa esta, quando você se alegra em Deus, esta alegria do Senhor se torna a sua força.

- Esta alegria que é a sua força para mandar embora toda tristeza, quando esta vier bater na porta do seu coração.

- A alegria do Senhor será a sua força, será o seu favor.

- A alegria do Senhor será o seu bom ânimo, para que a cada dia você possa se levantar para vencer em sua caminhada.

Fp. 4.4: Regozijai-vos, sempre, no Senhor; outra vez digo: regozijai-vos.

- Numa outra versão diz: “Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos”.

- Que o Espírito Santo possa encher a sua botija com muito óleo de alegria.

 

 

 

 
 

  Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil

 
Mais mensagens