A Importância de Estarmos
em Pé Diante de Deus
Lc. 21.34-36
                                                              

16/10/2012
 

Int.- Jesus neste capítulo estava discursando o Sermão Profético, sobre os últimos acontecimentos antes da sua volta; Jesus falava sobre o principio das dores, que são situações que virão antes da grande tribulação; Jesus também falava sobre a grande tribulação, que são a manifestação da ira de Deus sobre os Judeus e sobre todos os habitantes da terra; e Jesus também falava sobre a volta do Filho do Homem, que é o grande acontecimento que a Igreja aguarda, sobre os sinais que antecederiam a sua volta.

      E nesses versículos que nós lemos Jesus fala: Olhai por vós.

- Quer dizer: Cuide da sua vida espiritual, da sua comunhão com Deus.

I Tm. 4.16: Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina; persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem.

- Se você não cuidar de você mesmo, quem é que vai cuidar?

- Cada um de nós deve cuidar de si mesmo, da sua posição perante Deus.

- Jesus fala no V.36: Vigiai, pois, em todo o tempo, orando.

- Quer dizer não podemos baixar a guarda em nenhum momento.

- Temos que vigiar em todo o tempo.

- Quando as coisas vão bem e quando as coisas vão mal.

- E aqui Jesus fala: Orando.

- A oração é o combustível para a vigilância.

- A oração deixará o crente sempre em estado de graça.

- Quando eu oro eu recebo graça.

- Quando eu oro eu mantenho minha comunhão com Deus.

- Quando eu oro eu recebo força de Deus.

- Quando eu oro uma fortaleza de Deus me rodeia.

- A oração cria um castelo forte em volta do crente.

- Jesus fala: Fazendo isso o crente estará em pé diante do Filho do Homem.

- Nós temos que esperar Jesus voltar estando de pé.

- Vai subir no arrebatamento quem estiver de pé quando Jesus voltar.

- Na passagem das Dez Virgens nós temos esse exemplo.

- Todas as virgens estavam esperando a volta do Noivo, mas somente as virgens prudentes tinham azeite de reserva nas suas lamparinas.

I- O Significado de Estar em Pé Diante de Deus.

- O que é estar em pé diante de Deus?

1- Estar em Pé Diante de Deus é Ter Saúde Espiritual.

- Quando alguém está doente perde o apetite.

- Quando estamos bem espiritualmente temos disposição de servir a Deus.

- Nós temos que cuidar da saúde da nossa alma.

III Jo. 2: Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas e que tenhas saúde, assim como bem vai a tua alma.

- A pior coisa para o crente é a sua alma estar doente.

- Quando a alma está doente: Nada presta, nada satisfaz, nada lhe agrada, nenhum crente presta; começa a ver defeito em tudo, na igreja, no pastor, nos irmãos, no culto.

- Mas eu tenho uma boa noticia para aqueles que estão doente da alma.

- A Igreja é um pronto socorro espiritual.

Sl. 121.1,2: Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro?

      O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra.

- Quando Isaías foi escolhido e consagrado para ser profeta, ele disse a Deus:

Is. 6.5: Então, disse eu: ai de mim, que vou perecendo. Porque eu sou um homem de lábios impuros e habito no meio de um povo de impuros lábios; e os meus olhos viram o rei, o Senhor dos Exércitos.

- Isaías reconheceu que estava enfermo da alma.

- Isaías reconheceu que estava impuro e despreparado para ser usado por Deus.

- E o que Deus fez com Isaías no templo que é a casa de Deus?

V.6: Mas um dos serafins voou para mim trazendo na mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz.

V.7: E com ela tocou a minha boca e disse: Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniquidade foi tirada, e purificado o teu pecado.

- Isaías recebeu saúde espiritual estando no templo na presença de Deus.

- O que Deus tem a tratar conosco, Ele vai tratar no templo, no culto.

2- Estar em Pé Diante de Deus é Estar em Comunhão com Deus.

- O que é mais importante para nós é a nossa comunhão com Deus.

I Co. 1.9: Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados para a comunhão de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.

- Essa comunhão com Deus nos sustenta em pé.

- Comunhão é a amizade, é a aliança, é a concordância dele e com Ele.

- Devemos nos empenhar para mantermos essa comunhão com Deus.

- A nossa comunhão com Deus é a base do nosso êxito como cristão.

- Enoque tinha uma tremenda comunhão com Deus, ao ponto de Deus o tomar para si.

Ml. 2.6: A lei da verdade esteve na sua boca, e a iniquidade não se achou nos seus lábios; andou comigo em paz e em retidão e apartou a muitos da iniquidade.

- Não deixe nada tirar a tua comunhão com Deus.

- Não deixe nada bloquear a tua comunhão com Deus.

- O que pode tirar a nossa comunhão com Deus?

a) O pecado.

Is. 59.2: Mas as vossas iniquidades fazem divisão entre vós e o vosso Deus, e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça.

b) A soberba.

Pv. 16.18: A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda.

c) O amor ao mundo.

I Jo. 2.15: Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.

d) O viver segundo a carne.

Rm. 8.13: Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis.

3- Estar em Pé Diante de Deus é Ter Equilíbrio Espiritual.

- É manter uma posição de estabilidade espiritual.

I Co. 10.12: Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe que não caia.

- Cuide do seu equilíbrio espiritual.

- Não queira ser aquilo que Deus não quer que você seja.

- Não queira dar passos mais largos do que as suas pernas.

I Co. 15.58: Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.

- Aqui diz: firme e constantes.

- Que tenha uma estabilidade, que tenha um equilíbrio.

- O crente ganha equilíbrio quando amadurece, se torna adulto espiritualmente.

I Pe. 2.2: Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que, por ele, vades crescendo.

4- Estar em Pé Diante de Deus é Estar Preparado Para a Volta de Jesus.

- Devemos sempre estarmos prontos para a volta de Jesus.

- Primeiro porque não sabemos a hora do arrebatamento da Igreja.

- Segundo porque se descuidarmos perdemos a salvação.

II Pe. 3.17: Vós, portanto, amados, sabendo isto de antemão, guardai-vos de que, pelo engano dos homens abomináveis, sejais juntamente arrebatados e descaiais da vossa firmeza.

- Estar preparado, é estar alerta, é estar com azeite na lamparina.

Mt. 25.13: Vigiai, pois, porque não sabeis o Dia nem a hora em que o Filho do Homem há de vir.

- Nós devemos nos preparar todos os dias para a volta de Jesus.

- Essa preparação se dá: frequentando os cultos da igreja; orando; lendo a Bíblia; se consagrando; fazendo a obra de Deus.

Ap. 3.11: Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.

- Nós temos que guardar o que temos recebido de Deus.

 

Conclusão: O grande desafio para o crente é manter-se em pé diante de Deus, esperando o arrebatamento da Igreja. Com a ajuda do Espírito Santo e com espírito de humildade, conseguiremos ficar em pé diante de Deus. As mãos de Deus estão estendidas, para segurar em nossas mãos e nos manter em pé, se assim desejarmos e nos empenharmos.

 

  Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil

 
Mais mensagens