O SEGREDO DA ORAÇÃO VITORIOSA              
I Rs.18.41-46                                                                                                                  15/12/2009
 

Int.- Temos neste texto uma história das mais relevantes para a Nação de Israel e para o Profeta Elias. Depois de três anos e meio de seca, sem chover em Israel; Deus manda Elias ir ao encontro do Rei Acabe, fazer o grande desafio no Monte Carmelo. Deus respondeu com fogo o clamor de Elias, fazendo consumir todo o holocausto. Quando Israel reconheceu e disse: Só o Senhor é Deus, Só o Senhor é Deus. Então agora Israel estava pronto para sair do grande período de seca.

      Antes do Profeta Elias orar, ele mandou o Rei Acabe se recolher na cidade, porque viria uma abundante chuva.

V.41- Então, disse Elias a Acabe: Sobe, come e bebe, porque ruído há de uma abundante chuva.

      O Profeta Elias foi orar no cume do Monte Carmelo, se inclinou por terra, e meteu o seu rosto entre os seus joelhos, e orou por sete vezes a Deus; e Deus respondeu a oração de Elias, e uma chuva abundante desceu sobre Israel.

I- O que é Oração?

      Oração é a comunicação entre o crente e Deus.

      Oração é o elo de ligação que carecemos para recebermos as bênçãos de Deus, o seu poder e o cumprimento das suas promessas.

      Na Bíblia além da palavra oração, outras frases são sinônimos desse vocábulo:

1- Invocar o Nome do Senhor.

Gn.4.26- E a Sete mesmo também nasceu um filho; e chamou o seu nome Enos; então, se começou a invocar o nome do Senhor.

2- Clamar ao Senhor.

Sl.3.4- Com a minha voz clamei ao Senhor; ele ouviu-me desde o seu santo monte.

3- Levantar a nossa alma ao Senhor.

Sl.25.1- A ti, Senhor, levanto a minha alma.

4- Buscar ao Senhor.

Is.55.6- Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.

5- Aproximar-se do Trono da Graça com Confiança.

       

Hb.4.16- Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.

6- Chegar perto de Deus.    

Hb.10.22- Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé; tendo o coração purificado da má consciência e o corpo lavado com água limpa.

II- Por que o Crente deve Orar?

1- Deus ordena que o Crente Ore.

Sl.105.4- Buscai ao Senhor e a sua força; buscai a sua face continuamente.

2- Deus aspira a comunhão conosco, mediante a Oração.

Sl.55.17- De tarde, e de manhã, e ao meio-dia, orarei; e clamarei, e ele ouvirá a minha voz.

3- A Oração é o meio estabelecido por Deus para recebermos o que pedimos.

Lc.11.9,10- E eu vos digo a vós: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á.

      Porque qualquer que pede recebe; e quem busca acha; e a quem bate, abrir-se-lhe-á.

4- Na Oração cooperamos com Deus no plano de salvação da humanidade.

- Deus estabeleceu que os crentes sejam cooperadores no processo da redenção.

- Deus se limita às orações santas, de fé e incessantes do seu povo.

I Tm.2.3,4- Porque isto é bom e agradável diante de Deus, nosso Salvador.

      Que quer que todos os homens se salvem e venham ao conhecimento da verdade.

- Muitas coisas não serão realizadas no reino de Deus se não houver oração intercessória dos crentes.

III- Princípios de Deus para Responder a Oração.

1- Deus não atende a oração do ímpio (pecador).

Jo.9.31- Ora, nós sabemos que Deus não ouve a pecadores; mas, se alguém é temente a Deus e faz a sua vontade, a esse ouve.

Pv.15.29- Longe está o Senhor dos ímpios, mas escutará a oração dos justos.

       

- O pecado se torna um bloqueio para a oração do crente.

Sl.66.18- Se eu atender à iniqüidade no meu coração, o Senhor não me ouvirá.

2- Precisamos ter uma fé genuína.

Mc.11.24- Por isso, vos digo que tudo o que pedirdes, orando, crede que o recebereis e tê-lo-eis.

3- A oração deve ser feita em nome de Jesus.

Jo.14.13,14- E tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.

      Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.

4- A oração vitoriosa é feita segundo a Vontade de Deus.

I Jo.5.14- E esta é a confiança que temos nele: que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade ele nos ouve.

- Muitas das nossas vontades não irão combinar com as Escrituras e nem com a vontade de Deus.

5- A oração vitoriosa precisa ser perseverante.

Cl.4.2- Perseverai em oração, velando nela com ação de graças.

 

Conclusão: Chegamos a uma conclusão, que não basta apenas orar; mas precisamos obedecer os princípios de Deus estabelecidos por Ele, para alcançarmos a eficácia em nossas orações.

 

 









 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo