Home
 
 
 
 
 
 
  A Extrema Corrupção Nos Últimos Tempos

15/03/2016   

 
  II Tm. 3.1-9    
 


 

Int.- Aceitamos a Jesus Cristo como Salvador para alcançarmos a salvação eterna.

      Cada um de nós temos a responsabilidade de cuidarmos da nossa comunhão com Deus, para quando acontecer o arrebatamento da Igreja, estarmos de pé na presença de Deus.

      Como servos de Deus combatemos diariamente contra a nossa carne, contra o mundo e contra o diabo. É uma luta constante que temos até chegarmos na Glória.

      Nenhum de nós está isento dessas lutas em nossa caminhada de fé. Nós temos que combater o bom combate como diz Paulo, para chegarmos ao céu.

      A cada dia vai se tornando mais difícil viver a vida cristã de maneira irrepreensível, por causa do aumento do pecado na face da terra.

Mt. 24.12: E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará.

      Essa é a grande constatação que fazemos nos dias de hoje.

      Mas Jesus disse:

Mt. 24.13: Mas aquele que perseverar até o fim será salvo.

      O crente que perseverar na presença de Deus em meio as lutas e provas será salvo.

     A cada dia nós vemos a situação do mundo piorando.

      A Bíblia Sagrada já nos falava isso.

II Tm. 3.13: Mas os homens maus e enganadores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados.

      Para nós cristãos é um grande desafio vivermos o evangelho de Jesus Cristo sem sermos corrompidos pelo secularismo, pelo materialismo, pela falta de amor, pelos interesses mesquinhos do ser humano.

      Somos desafiados a vivermos o amor de Deus em meio ao caos que a nossa sociedade está vivendo.

      Uma pesquisa diz que para cada cristão que está na igreja, tem três que estão desviados. O número é bem grande.

      Há muitos cristãos nos dias de hoje vivendo um cristianismo nominal, apenas de fachada. Procurando agradar a si mesmo.

      Somos convidados pelo Senhor a sermos sal da terra e luz do mundo.

Somos cooperadores de Deus para o alcance dos perdidos.

      Se conseguirmos viver um cristianismo autêntico estaremos glorificando o nome do Senhor.

I- A Visão de Paulo de Tempos Difíceis.

V.1: Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.

- Os tempos trabalhosos aqui são tempos difíceis.

- Parecia que Paulo escreveu esta carta agora no mês de janeiro de 2016.

- Tempos difíceis de viver, com a sociedade corrompida e perversa.

- Nunca foi tão difícil ser um cristão autêntico como agora.

      A partir do versículo dois Paulo dá um quadro de como estará os homens nos últimos tempos:

1- Porque haverá homens amantes de si mesmos. (V.2)

- Egoístas. Que só pensam si mesmos.

Fp. 2.21: Porque todos buscam o que é seu, e não o que é de Cristo Jesus.

- O crescimento do pecado tem tornado os homens individualistas e mesquinhos.

2- Avarentos. (V.2)

- Quer dizer amantes do dinheiro.

- O amor ao dinheiro é uma forma de avareza, a qual, por sua vez, é uma forma de idolatria.

I Tm. 6.10: Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.

- Hoje vemos as pessoas materialistas e cobiçando como nunca os bens dessa vida.

3- Presunçosos. (V.2)

- Presunçosa é aquela pessoa que se supõe melhor, mais bonito, superior, mais inteligente, mais capaz, vaidoso.

- Totalmente oposto da humildade.

Tg. 4.6: Antes, dá maior graça. Portanto, diz: Deus resiste aos soberbos, dá, porém, graça aos humildes.

4- Soberbos.

- Significa altivo, orgulhoso.

- Nunca os homens foram tão soberbos como agora.

I Pe. 5.5: Semelhantemente vós, mancebos, sede sujeitos aos anciãos; e sede todos sujeitos uns aos outros e revesti-vos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.

5- Blasfemos. (v.2)

- Que profere palavras abusivas e degradantes.

- Falar com profanação, como quem degrada algum objeto sagrado.

- Ser blasfemo é falar de forma injuriosa contra Deus e de quem profere a sua fé.

- Paulo disse que antes de conhecer a Cristo foi blasfemo.

I Tm. 1.13: A mim, que dantes fui blasfemo, e perseguidor, e opressor; mas alcancei misericórdia, porque o fiz ignorantemente, na incredulidade.

6- Desobedientes a pais e mães. (V.2)

- Os presídios estão cheios de filhos desobedientes.

- A fundação casa está cheia de filhos desobedientes.

- A falta de amor aos pais, além da total desconsideração para com sua autoridade, é o que temos visto de filhos nos dias de hoje.

- Isso tem contribuído para o aumento da criminalidade e dos viciados no mundo.

Ef. 6.1: Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo.

V. 2: Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa.

V. 3: Para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra.     

7- Ingratos. (V.2)

- Sem gratidão; sem ser agradecido.

- Temos visto a ingratidão em toda a sociedade.

8- Profanos. (V.2)

- Irreverente; sem santidade.

- Profano é tudo que transgride as regras sagradas.

- Ser profano é violar as regras sagradas, é fazer uso abusivo de práticas impuras, indignas.

Ez. 44.23: E a meu povo ensinarão a distinguir entre o santo e o profano e o farão discernir entre o impuro e o puro.

9- Sem afeto natural. (V.3)

- Sem os sentimentos humanos naturais: Entre pais e filhos, entre reis e súditos.

- Desafeiçoados.

10- Irreconciliáveis. (V.3)

- Que não tem reconciliação.

- Que não é possível fazer as pazes.

11- Caluniadores. (V.3)

- Aquele que é mentiroso, mistificador, detrator, ultrajador, difamador.

- Individuo que profere calúnia.

- O caluniador arruína três pessoas: a si próprio, o ouvinte e o caluniado.

12- Incontinentes. (V.3)

- Sem domínio de si.

- Sem autocontrole.

- Individuo que não tem poder de controlar a si próprio.

- A perversão moral leva o individuo a esse extremo.

- O resultado final é um individuo escravo das paixões e concupiscências.

13- Cruéis. (V.3)

- Selvagem, brutal, desumano; que expressa maldade, tirania; que se satisfaz fazendo o mal, maltratando ou atormentando.

14- Sem amor para com os bons. (V.3)

- Aqueles que não têm amor natural pelo que é bom.

- Tais indivíduos farão oposição a Deus e a todas as suas manifestações.

Conclusão:

      Lendo esses versículos e vendo a situação de nosso país nós vemos essa profecia se cumprindo em nossos dias.

      Em vez de ficarmos tristes e desapontados com aquilo que está acontecendo no Brasil, devemos olhar com os olhos de homens e mulheres de Deus: Está sendo expurgado da nossa sociedade aquilo que é mal, aquilo que é corrupto.

      Em todo o mundo nunca houve um caso de corrupção tão grande como esse da Petrobras no Brasil. Onde bilhões de reais foram desviados e usurpados do governo.

      Também nunca tivemos a prisão de empresários e políticos como estão acontecendo no Brasil.

      Só posso dizer: No Brasil existe uma igreja que ora e que intercede pela nossa pátria.

I Tm. 2.1-3:

 

 

 

 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos