Home
 
 
   

A Importância de Estar Debaixo da Autoridade Espiritual

14/09/2013

Ex. 33.11  

                                                                             

Int.- Este tema é de suma importância no mundo em que vivemos. Porque estamos vivendo num mundo repleto de Autoridades. Nascemos debaixo de autoridade, crescemos sob autoridades diversificadas. A existência de Deus já propõe o principio da Autoridade. Deus é a fonte de toda a Autoridade no universo. O próprio Deus estabeleceu este sistema de autoridade a fim de se manifestar. Onde quer que as pessoas encontrem autoridade encontram Deus.

Rm. 13.1: Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as autoridades que há foram ordenadas por Deus.

     Uma das grandes dificuldades das pessoas hoje é aceitarem e respeitarem as autoridades; isto se dá também no meio cristão de as pessoas aceitarem a autoridade espiritual delegada por Deus na Sua Igreja.

      Se honramos a autoridade do Senhor sobre as pessoas, os outros respeitarão a autoridade do Senhor em nós.

      Muitos cristãos nos dias de hoje dizem que esse tema não está na Bíblia, por isso não aceitam e nem respeitam. Mas justamente é o contrário, a Bíblia mostra através das histórias dos homens de Deus citados, esse tema de forma abrangente. Deus respeita os princípios que Ele estabeleceu na Sua Palavra.

      Tenho aprendido que se você quiser ser uma autoridade espiritual, terá que se submeter a uma autoridade espiritual.

I-Josué, Um Líder Sujeito à Autoridade Espiritual.

      Josué foi um líder, um obreiro de grande sucesso e prosperidade no seu ministério, porque ele aprendeu a estar sujeito à Autoridade Espiritual.

      O significado do nome Josué é “Jeová é Salvação”. O nome Josué é a forma hebraica do nome Jesus.

- Uma grande característica observada em Josué é que ele foi um homem que aprendeu, percebeu, entendeu e se submeteu à autoridade espiritual.

      O que significa Autoridade Espiritual?

      É o revestimento que Deus concede a uma pessoa para que ela cumpra o propósito divino. Deus reveste alguém com o seu poder, com a sua autoridade para que esta pessoa, realize uma tarefa específica na Sua Obra.

- Autoridade Espiritual está dentro da órbita da soberania de Deus.

- Só Deus pode tornar alguém uma Autoridade Espiritual.

Ef. 4.11: E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores.

- Aqui diz ele mesmo deu.

- Deus outorgou autoridades na Sua Igreja.

- Quer dizer são autoridades delegadas por Deus.

Hb. 5.4: E ninguém toma para si essa honra, senão o que é chamado por Deus, como Arão.

- Deus escolhe na sua soberania ministros para o servirem na sua obra, e delega a eles autoridade espiritual.

- São homens normais, só que estão revestidos de autoridade espiritual; estão delegados por Deus para cuidarem da sua obra.

Sl. 105.15: Não toqueis nos meus ungidos e não maltrateis os meus profetas.

- A autoridade espiritual precisa ser obedecida e respeitada.

Hb. 13.17: Obedecei a vossos pastores e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossa alma, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil.

- Amados, quando o crente reconhece a autoridade espiritual, respeita e obedece, ele é grandemente abençoado.

- Amados, Deus respeita o principio que Ele estabeleceu.

- Nas Cartas as Igrejas da Ásia que estão no Apocalipse, Jesus se dirige ao anjo da Igreja, quer dizer, ao pastor da Igreja.

- Quando honramos a autoridade espiritual somos grandemente abençoados.

- O crente precisa aceitar e respeitar toda a autoridade espiritual delegada na Igreja.

- Seja o Pastor; a Pastora; a Missionária; o Evangelista; o Presbítero; o Diácono; a Diaconisa; o Cooperador; a Cooperadora; o Professor ou a Professora da Escola Dominical; o Regente do Coral; a Regente da Orquestra; a Líder da Mocidade; o líder do Grupo Sol da Justiça; dos Adolescentes; das Crianças, etc.

- Todos são autoridades delegadas pelo Pastor e que tem a benção de Deus.

- Quando você não respeita e não obedece a um destes líderes, você está desrespeitando o Pastor e o próprio Deus.

- Toda a Igreja funciona debaixo desta cadeia de autoridade.

- O Pastor Mike Murdok disse: A unção que você respeita é a unção que vai crescer em sua vida.

- Aquele que não respeita e nem reconhece a autoridade espiritual, nunca será uma autoridade espiritual bem sucedida.

II- Características da Vida de Josué Sob a Autoridade Espiritual.

1-Obediência.

- A primeira vez que aparece o nome de Josué na Bíblia.

Êx. 17.9: Pelo que disse Moisés a Josué: Escolhe-nos homens, e sai, e peleja contra Amaleque; amanhã, eu estarei no cume do outeiro, e a vara de Deus estará na minha mão.

V.10: E fez Josué como Moisés lhe dissera.

- Josué obedeceu. Moisés deu uma ordem e Josué obedeceu.

- A obediência caracteriza toda pessoa que reconhece a Autoridade Espiritual sobre a sua vida.

- Lembre-se disso: obedecer é a primeira característica.

2- Predisposição para Servir.

- Josué não somente obedecia, ele também era um servidor.

Êx. 24.13: E levantou-se Moisés com Josué, seu servidor; e subiu Moisés o monte de Deus.

- Josué era um servidor de Moisés.

Js. 1.1: E sucedeu, depois da morte de Moisés, servo do Senhor, que o Senhor falou a Josué, filho de Num, servo de Moisés, dizendo:

- Aqui não diz que Josué era servo de Deus, mas que Josué era servidor de Moisés.

- Tem muito crente que diz que não obedece a homem, que só obedece a Deus.

- Mas foi Deus que levantou homens com autoridade espiritual.

3- Querer Estar Junto de Moisés.

- A terceira característica de uma pessoa que reconhece o que é Autoridade Espiritual: É querer estar junto dessa Autoridade Espiritual.

- Quem tem esse nível de entendimento quer sempre estar junto daquele que tem Autoridade Espiritual.

- A onde Moisés ia Josué sempre o acompanhava. No meio da tenda, no Monte, no meio da Congregação, não importava aonde.

V.11: Mas o moço Josué, filho de Num, seu servidor, nunca se apartava do meio da tenda.

4- Foge de Conspiração.

- O crente que está debaixo de autoridade espiritual, não participa de conspiração contra Autoridade Espiritual, nem de grupos de rebeldia.

- Se você quer ter sucesso na sua vida, caia fora de todo e qualquer ato de rebeldia contra seu Pastor, contra obreiros, ou contra qualquer lideres de departamentos da igreja.

- Quando dez dos doze espias que foram espiar a terra de Canaã, falaram negativamente, Josué e Calebe falaram em conquistar a terra. O povo quis apedrejá-los, porém Deus interferiu e não deixou.

 

Conclusão: O crente está abençoado quando está debaixo de autoridade espiritual.

- Todo o crente precisa ter uma Igreja para congregar, tomar a Santa-Ceia e um Pastor para obedecer.

- Na Dispensação da Graça ou Dispensação da Igreja, o crente precisa fazer parte da Igreja e submeter-se a ela.

- Foi Deus que fez assim.

 

 
 

  Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil

 
Mais mensagens