Home
 
 
 
 
 
 
  Perseverança Em Meio as Provações e Desânimo

 13/09/2016 

 
  Hb. 12.1-11    
 

 

Int.- O escritor aos hebreus era um cristão com muita experiência de fé, ele olhava para o capítulo anterior e dizia: “Nós que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo embaraço e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos, com paciência, a carreira que nos está proposta”.

- O escritor aos hebreus não manda o crente parar em meio as suas lutas e provações.

- Mas manda o crente ir em frente, correr, com paciência, a carreira que está proposta.

- Mas uma coisa importante ele diz aqui: “Olhando para Jesus, autor e consumador da fé”.

- Não olhar para os problemas, não olhar para as lutas, não olhar para fulano e nem para beltrano, mas olhar para Jesus.

- O nosso modelo é Jesus, o nosso referencial é Jesus, é dele que vem a nossa vitória.

V. 3: Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos.

- Aqui fala: “Considerai”.

- Quer dizer: Jesus aguentou, Jesus suportou, Jesus resistiu.

- Para que nós não enfraqueçamos, desfalecendo em nossos ânimos.

- Provas e lutas todo crente passa em sua vida de fé.

Jo. 16.33: Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.

- Jesus está dizendo que no mundo teríamos aflições.

- Mas Jesus diz: “Tende bom ânimo; eu venci o mundo”.

- Jesus é a garantia da nossa vitória nesse mundo.

- Como Ele venceu o mundo, nós também venceremos.

- Como cristão podemos passar por provas que são correções de Deus para a nossa vida.

V. 6: Porque o Senhor corrige o que ama e açoita a qualquer que recebe por filho.

- Deus faz isso para nos consertar e nos levar para o céu.

- Tudo isso porque Ele nos ama e não quer que nós nos percamos.

V. 7: Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija?

I- O Cristão Precisa Ser Perseverante Em Meio ao Desânimo.

V. 3: Para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos.

      O desânimo é caracterizado por um profundo abatimento que domina todo o ser de uma pessoa.

- O desânimo começa exatamente na alma, no mais profundo provocando desalento, imobilismo e inércia.

- O desânimo manifesta-se pela falta de coragem, e desejo de agir, de fazer o que precisa ser feito.

- Desânimo é a falta de ação.

- A pessoa deixa de praticar a ação.

- Ela, aos poucos, vai se entregando ao abatimento.

A) Algumas Verdades Sobre o Desânimo:

- O desânimo rouba a alegria de viver.

- O desânimo elimina as boas motivações.

- O desânimo apaga a luz do entusiasmo.

- O desânimo faz desaparecer o sorriso.

- O desânimo adoece e debilita a alma.

- Ele afeta negativamente a saúde física.

- O desânimo, é gêmeo do fracasso.

- O desânimo pode ser vencido totalmente.

      O Senhor Jesus cura o crente do desânimo.

Mt. 9.2: E Jesus, vendo a fé deles, disse ao paralítico: Filho, tem bom ânimo; perdoados são os teus pecados.

- O Senhor Jesus curou totalmente este paralitico nas três dimensões de que é formado o ser humano: corpo, alma e espírito.

- A pior doença que estava matando o paralítico era o desânimo.

- Foi esta enfermidade na alma que o Senhor Jesus primeiramente tratou.

Mt. 9.22: E Jesus, voltando-se e vendo-a, disse: Tem ânimo, filha, a tua fé te salvou. E imediatamente a mulher ficou sã.

- A virtude que havia em Jesus curou a mulher do fluxo de sangue.

- O Senhor Jesus volta-se para os desanimados.

- O Senhor vê e conhece as pessoas enfermas.

- O Senhor Jesus ministra a cura pela Palavra.

- Um ótimo remédio de Jesus: tem bom ânimo.

- Um resultado imediato, ficou sã.

- A mulher voltou liberta para a sua casa.

- Muitas vezes o cristão pode sentir um cansaço na sua alma.

- Muitas vezes o desânimo pode abater a sua vida.

- Mas Deus sempre vai falar conosco na sua Palavra: Tende bom ânimo.

Mt. 14.27: Jesus, porém, lhes falou logo, dizendo: Tende bom ânimo, sou eu; não temais.

- O Senhor sempre fala na sua Palavra: Não temas.

      A Medicina Bíblica Para a Cura do Desânimo:

- Tenha certeza da presença de Deus em sua vida.

- Proclame os grandes feitos do Senhor.

- Esforça-te e receba fortalecimento.

Sl. 31.24: Esforçai-vos, e ele fortalecerá o vosso coração, vós todos os que esperais no Senhor.

- Nunca feche o canal da oração.

- Anime-se no poder ilimitado do nome do Senhor.

- Expulse o desânimo com a arma do Louvor.

- Glorifique ao Senhor em todo o tempo.

- Anime alguém e receba ânimo.

- Adore ao Senhor nos momentos difíceis.

Hb. 11.33,34: Os quais, pela fé, venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam as bocas dos leões.

      Apagaram a força do fogo, escaparam do fio da espada, da fraqueza tiraram forças, na batalha se esforçaram, puseram em fuga os exércitos dos estranhos.

- Aqui fala: “Da fraqueza tiram forças”.

a) Aqui fala de Abraão que saiu de Ur dos Caldeus e foi para uma terra sem saber para onde ia.

b) Fala de José que sofreu a inveja dos seus irmãos e foi vendido como escravo, passou momentos difíceis mas se esforçou em Deus e venceu.

c) Fala de Jó que passou uma tremenda provação onde perdeu todos os seus filhos e todos os seus bens, mas manteve a sua fidelidade em Deus.

d) Fala de Davi que foi escolhido por Deus, mas por inveja de Saul, foi perseguido e ameaçado de morte, sofreu, mas se esforçou em Deus e venceu.

Pv. 24.10: Se te mostrares frouxo no dia da angústia, a tua força será pequena.

II- Os Efeitos da Provação do Crente.

- Podemos tirar grandes lições das provações que passamos na vida.

a) A Prova do Crente vai Produzir Paciência.

Tg. 1.3: Sabendo que a prova da vossa fé obra a paciência.

b) O Senhor Livra o Crente Piedoso da Provação.

II Pe. 2.9: Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos e reservar os injustos para o dia de juízo, para serem castigados.

c) A Provação Produz Alegria e Paz no Coração do Crente.

Hb. 12.11: E, na verdade, toda correção, ao presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas depois produz um fruto pacifico de justiça nos exercitados por ela.

- Parece até difícil de entender, mas o efeito da provação enviada por Deus ao crente é alegria e paz.

d) A Provação Amadurece o Crente na Fé.

- Com as provações o crente ganha mais experiências na sua vida de fé.

- Os desertos da vida leva o crente a grandes experiências.

- São nas provações que o crente cresce, que o crente amadurece.

Jó 42. 5: Com o ouvir dos meus ouvidos, ouvi, mas agora te veem os meus olhos.

- São as provações que fazem o crente crescer.

- Moisés se preparou para liderar o povo hebreu nos quarenta anos de jornada, quando passou quarenta anos de provações no deserto.

- José se preparou para ser o governador do Egito, quando passou a provação na casa de Potifar e também na prisão.

- Davi se preparou para ser o rei de Israel, quando passou a provação na caverna de Adulão liderando quatrocentos marginais.

- Toda provação que nos vem da parte de Deus, sempre nos preparará para algo que Deus tem para a nossa vida.

Conclusão:

      Não deixe a provação nem o desânimo te abater, mas tome como impulso de algo grande que Deus tem a fazer em tua vida.

      Provações e desânimos vem para todos, mas somente aqueles que perseveram e confiam no Senhor, alcançam a vitória.

Is. 40.31: Mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças, subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão; caminharão e não se fatigarão.

 

 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos