Home
 
 
 
     
  A Diferença Entre o Justo e o Impio 

11/11/2014

 
  Salmos 1.1-6     
 

                                                                         

 

Int.- Este Salmos Primeiro tem como título: “A felicidade dos justos e o castigo dos ímpios”. O salmista mostra neste salmos que aquele que é justo é feliz; pois não anda segundo o conselho dos ímpios, nem segue no caminho, nas obras dos pecadores, e nem se ajunta com aqueles que são escarnecedores. 

V.2: Antes, tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite. 

      Nós como servos de Deus, fomos lavados e purificados pelo sangue de Jesus, derramado na Cruz do Calvário. Fomos justificados pelo sacrifício vicário de Cristo na Cruz do Calvário. 

      Nós estávamos enlameados pelos nossos pecados, e não tínhamos como nos justificar perante Deus. A nossa dívida para com Deus era muito alta. 

      Mas Deus nos justificou lançando o débito do nosso pecado sobre Cristo; e creditou a justiça de Cristo a nós. 

Rm. 3.23: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. 

V.24: Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus. 

- Nós fomos declarados justo “mediante a redenção que há em Cristo Jesus”. 

- Redenção significa completa libertação por preço pago. 

- Jesus pagou a nossa dívida para com Deus, mediante a sua morte na Cruz do Calvário. 

- Cristo ganhou essa justiça por nós, por sua morte expiatória. 

I Jo. 2.2: E ele é a propiciação pelos nossos pecados e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo. 

- Agora nós somos chamados de justo, porque nós fomos justificados perante Deus. 

- As promessas de Deus na Sua Palavra é para os justos, para aqueles que foram justificados. 

- Ímpio é aquele que pratica a impiedade; aquele que pratica o pecado; aquele que não serve a Deus. 

- Antes nós éramos ímpios, mas agora nós somos justos, porque fomos justificados por Cristo perante Deus. 

- Agora como filhos de Deus somos chamados de justos. 

- A Bíblia Sagrada faz claramente a distinção entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus e o que não serve. 

I- As Características do Ímpio. 

1-A Alegria do ímpio é breve, é passageira, é momentânea. 

- Porque é uma alegria terrena, carnal, do mundo. 

Jó 20.5: O júbilo dos ímpios é breve, e a alegria dos hipócritas, apenas de um momento? 

- Por o ímpio não temer a Deus e não observar a Palavra de Deus, a sua alegria é terrena e passageira. 

2- Deus se aborrece com o ímpio. 

Sl. 11.5: O Senhor prova o justo, mas a sua alma aborrece o ímpio e o que ama a violência. 

- Deus não tem prazer no ímpio. 

- Deus não se agrada do ímpio. 

3- A Salvação está longe dos ímpios. 

Sl. 119.155: A salvação está longe dos ímpios, pois não buscam os teus estatutos. 

- O ímpio não dá valor para a Palavra de Deus. 

- O ímpio não segue a Palavra de Deus. 

4- O Caminho do ímpio perecerá. 

Sl. 1.6: Porque o Senhor conhece o caminho dos justos; mas o caminho dos ímpios perecerá. 

- O caminho do ímpio leva-o a destruição. 

Sl. 147.6: O Senhor eleva os humildes e abate os ímpios até à terra. 

5- O Ímpio não tem conforto na hora das dores. 

Sl. 32.10: O ímpio tem muitas dores, mas aquele que confia no Senhor, a misericórdia o cercará. 

6- O Ímpio é punido na terra e será na eternidade. 

Sl. 91.8: Somente com os teus olhos olharás e verás a recompensa dos ímpios. 

Sl. 92.7: Brotam os ímpios como a erva, e florescem todos os que praticam a iniquidade, mas para serem destruídos para sempre. 

Sl. 146.9: O Senhor guarda os estrangeiros; ampara o órfão e a viúva, mas transtorna o caminho dos ímpios. 

Sl. 147.6: O Senhor eleva os humildes e abate os ímpios até à terra. 

- O ímpio na sua impiedade até parece que seu deu bem, mas no final do seu caminho tem a sua punição. 

II- As Características do Justo. 

1- O Justo tem um caminho de segurança e de crescimento. 

Jó 17.9: E o justo seguirá o seu caminho firmemente, e o puro de mãos irá crescendo em força. 

2- O Justo é abençoado por Deus. 

Sl. 5.12: Pois tu, Senhor, abençoarás ao justo; circundá-lo-ás da tua benevolência como de um escudo. 

3- Deus abençoa a geração dos justos. 

Sl. 14.5: Ali se acharam em grande pavor, porque Deus está na geração dos justos. 

Sl. 112.2: A sua descendência será poderosa na terra; a geração dos justos será abençoada. 

4- Deus contempla o justo e ouve a sua oração. 

Sl. 34.15: Os olhos do Senhor estão sobre os justos; e os seus ouvidos, atentos ao seu clamor. 

5- Deus livra o justo de todas as suas angústias. 

Sl. 34.17: Os justos clamam, e o Senhor os ouve e os livra de todas as suas angústias. 

Sl. 34.19: Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas. 

- Aqui não está dizendo que o justo não tem aflição; mas está dizendo que o justo tem muitas aflições; mas que Deus o livra de todas. 

6- Aqueles que aborrecem o justo serão punidos. 

Sl. 34.21: A malícia matará o ímpio, e os que aborrecem o justo serão punidos. 

- A Bíblia fala: 

a) Que o justo é amparado por Deus. 

b) Que o justo não fica desamparado. 

c) Que os justos herdarão a terra. 

d) Deus não permite que o justo seja abalado. 

e) Deus tem recompensa para os justos. 

f) O justo florescerá como a palmeira. 

g) Ao justo nasce luz nas trevas. 

 

Conclusão: Vale a pena ser justo, ser temente a Deus, ser um servo de Deus; tanto temos a recompensa aqui na terra, como teremos no Céu.


 


 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos