Joquebede, Uma Mãe Generosa, Cheia de Fé e Coragem                   08/05/2011
Ex. 2.1-10
 

Int.- Nesta passagem da Palavra de Deus, encontramos a história do nascimento de Moisés, que foi o grande libertador do povo hebreu, o estadista, o historiador, o poeta, o grande legislador, o maior vulto do Antigo Testamento.

      Deus usou Moisés para libertar o povo hebreu do Egito, das mãos de Faraó, depois de 430 anos habitando nesta nação.

      A Bíblia mostra que o povo hebreu cresceu, se multiplicou e se fortaleceu grandemente, de maneira que a terra se encheu deles.

Ex. 1.7- Os filhos de Israel frutificaram, e aumentaram muito, e multiplicaram-se, e foram fortalecidos grandemente; de maneira que a terra se encheu deles.

     Faraó e os egípcios se preocuparam grandemente com o crescimento dos hebreus, ao ponto de os afligirem e os submeterem a uma dura servidão.

      O que eu quero destacar nesta passagem é o papel de uma mãe, chamada Joquebede. Neste texto não aparece o nome dela, mas nós vamos encontrar em Êxodo 6.20.

      A fé que esta mãe teve em Deus, e a coragem de colocar o seu filho de 3 meses numa arca de juncos no rio Nilo, revelam a grandeza dessa mãe.

I- O Caráter de Joquebede.

      Por causa do crescimento dos hebreus e para tentar conter este crescimento, Faraó deu ordens para matar todo nascido do sexo masculino dos hebreus.

- A ordem era para as parteiras matarem os filhos homens dos hebreus que nasciam.

- Mas as parteiras por temerem a Deus não faziam isto.

- Joquebede criou o seu filho até aos três meses de vida; percebendo que não podia mais escondê-lo, por causa das ameaças hostis; e vendo que seu filho era formoso, ela teve um sentimento que seu filho tinha algo de especial de Deus. Em meio a estas circunstâncias hostis, Joquebede confeccionou um cesto de junco, deitou nele seu lindo filhinho Moisés, e o colocou no rio Nilo.

- Joquebede teve a certeza que Deus cuidaria do menino.

- Que Deus providenciaria um livramento para Moisés.

- Na galeria dos heróis da fé de Hebreus 11, faz referência a fé dessa mãe que confiou em Deus.

Hb. 11.23- Pela fé, Moisés, já nascido, foi escondido três meses por seus pais, porque viram que era um menino formoso; e não temeram o mandamento do rei.

- Os propósitos de Deus não podem ser impedidos.

Jó 42.2- Bem sei eu que tudo podes, e nenhum dos teus pensamentos pode ser impedido.

- Deus cuidou para que Moisés fosse encontrado por alguém que poderia livrá-lo da morte.

- Quem seria essa pessoa?

- Seria o próprio Faraó ou alguém muito estimado de sua família.

- Justamente na hora em que o cesto com Moisés dentro ia passando no rio Nilo, a filha de Faraó desceu a lavar-se no rio.

- Isso é coincidência? Não, é providência.

- A irmã de Moisés chamada Miriam acompanhou de perto a trajetória do cesto pelo rio Nilo, e quando viu que a filha de Faraó o achou e se encantou com a criança, ela chegou e propôs a filha de Faraó arrumar uma ama das hebréias para criar o menino até que ele crescesse.

- Quem que ela trouxe como ama para a filha de Faraó para cuidar do menino? A própria Joquebede mãe do menino, sem que a filha de Faraó soubesse disso.

- A filha de Faraó pagou um bom salário para Joquebede cuidar do menino até que ele crescesse.

- Nós temos nesta passagem três mulheres distintas, cooperando com Deus na preservação da vida de Moisés:

1- Joquebede, uma mãe generosa cheia de fé e coragem.

2- A inteligência de Miriã ao oferecer à princesa, solidariedade, apoio a causa.

3- A humanidade da princesa ao compadecer-se de uma criança dos hebreus.

- Criando Moisés em casa, Joquebede pode formar o caráter de Moisés.

- Nessa situação podemos dizer: Na frente de um grande homem vai uma grande mãe.

- Joquebede foi uma mãe que ajudou imensamente na formação do caráter de Moisés.

- Joquebede teve um valor inestimado na vida de Moisés. 

 

É sinônimo de vida, de dedicação, preocupação, abnegação e sofrimento. Mãe, enfim, é amor.

A) Exemplos bíblicos de mães que tiveram um papel preponderante na vida de seus filhos:

1- Vemos a grandeza de Sara em criar Isaque, que foi um grande patriarca.

2- Vemos a grandeza de Rebeca em criar Jacó, chamado de príncipe.

3- Vemos a grandeza de Raquel em criar José, que foi um varão temente e reto diante de Deus.

4- Vemos a grandeza de Ana em criar Samuel, que foi um grande profeta e juiz em Israel.

5- Vemos a grandeza de Isabel em criar João Batista, o maior profeta da Bíblia e o precursor de Jesus Cristo.

6- Vemos a grandeza de Eunice em criar Timóteo, que foi um grande obreiro na obra do Senhor.

      E quantas mães não tiveram seus nomes citados na Bíblia, mas tiveram um papel fundamental, na criação e no caráter de seus filhos. Como a mãe do rei Davi que não é citada na Bíblia, a mãe do profeta Elias, de Jó, de Paulo e de tantos outros.

II- A Bíblia Mostra os Deveres da Mãe Para Com os Filhos.

1-     Amá-los

2-      Levá-los a Cristo

3-      Treiná-los para Deus

4-      Instruí-los na Palavra de Deus

5-      Prover sustento e educação

III- Mas Existe Um Que o Seu Amor é Maior Que o Amor de Uma Mãe.

- Só o amor e o cuidado de Deus por nós.

Jo. 3.16- Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

- Deus nos amou do jeito que nós éramos.

- Deus não pediu nada em troca para a nossa Salvação Eterna.

- O amor de Deus é algo imensurável, não tem como medir.

- Deus deu o seu único Filho para que morresse na cruz do calvário, para que pudéssemos ser salvos.

 

- Somente o amor de Deus é maior que o amor de uma mãe.

 Mt. 7.9-11- E qual dentre vós é o homem que, pedindo-lhe pão o seu filho, lhe dará uma pedra?

      E, pedindo-lhe peixe, lhe dará uma serpente.

      Se, vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem?

- Deus não esqueceu de você.

Is. 49.15- Pode uma mulher esquecer-se tanto do filho que cria, que se não compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas, ainda que esta se esquecesse, eu, todavia, me não esquecerei de ti.

- O amor de Deus por nós é maior que o amor de uma mãe.

- Amada Deus não se esqueceu de você.

- Já é difícil medir o amor de mãe, muito mais o amor de Deus.

- Deus te ama para a sua Salvação.

Rm. 5.8- Mas Deus prova o seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.

- Deus nos amou na forma que nós nos encontrávamos.

- O seu amor nos cativou.

- O seu amor nos envolveu

Ef. 2.4,5- Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou.

      Estando nós mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos).

- As misericórdias de Deus são imensas.

- Aqui diz: pelo seu muito amor com que nos amou.

- Fomos amados de uma maneira profunda por Deus.

 

Conclusão: O mesmo Deus que providenciou a salvação de Moisés, usando a filha do Faraó para adotar Moisés, é o mesmo Deus que opera em nossos dias, a qual providenciará uma saída para o seu problema.

- Deus é especialista em resolver problemas insolúveis.

- Deus é maior que o seu problema.

- Deus é maior do que esta situação que te envolve.

- Creia que Deus tem uma saída para a sua vida.

- Deus não desistiu de você.

  


    

  Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil

 
Mais mensagens