Home
 
 
 
     
  Um Cristianismo Autêntico 

08/09/2015

 
  Fp. 1.27-30     
 
 
 

Int.- Vivemos numa época que até está na moda ser cristão. A nossa volta há milhares de pessoas que professam a fé cristã, e dizem serem cristãos. 

      Pessoas que frequentam uma igreja, ou denominação; carregam uma bíblia; tomam santa-ceia; tem a carteirinha de membro de uma igreja. 

      Jesus disse que veio para evangelizar os pobres, a curar os quebrantados do coração, a dar liberdade aos cativos e anunciar o ano aceitável do Senhor. 

      Jesus veio anunciar o Reino de Deus e resgatar o homem do pecado para Deus. Jesus veio agregar os salvos em um Corpo, formando a família de Deus. 

      Outrora andávamos em delitos e pecados, longe de Deus e da Sua glória. Nossas obras eram más. Obras do velho homem, obras da natureza pecaminosa. Praticávamos as obras da carne. 

      Vivíamos destituídos da glória de Deus. 

Rm. 3.23: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. 

      O homem sem a glória de Deus, vive pelo impulso da natureza pecaminosa. 

Ef. 2.2: Em que, noutro tempo, andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que, agora, opera nos filhos da desobediência. 

- Aqui diz: “Andávamos segundo o curso deste mundo”. 

- Nós praticávamos o que todo mundo pratica. 

- Nós vivíamos sob influência da maioria das pessoas. 

- E aqui ainda fala: “Segundo o príncipe das potestades do ar”. 

- Quer dizer: O homem sem Deus vive segundo o príncipe das potestades do ar, que é Satanás. 

I Jo. 5.19: Sabemos que somos de Deus e que todo o mundo está no maligno. 

- O homem sem Deus vive e pratica as obras que não agradam a Deus. 

- Mas agora em Jesus Cristo nos tornamos em uma nova criatura. 

- Despojamos do velho homem e nos revestimos do novo homem. 

Ef. 5.8: Porque, noutro tempo, éreis trevas, mas, agora, sois luz no Senhor, andai como filhos da luz. 

I- A Carta de Paulo aos Filipenses. 

      A carta de Paulo aos Filipenses é uma das cartas mais lindas do apostolo Paulo, onde ele mostra todo afeto aos irmãos em Filipos. 

      Filipos era uma cidade da Macedônia, situada ao norte da Grécia, onde se estabeleceu a primeira Igreja Cristã da Europa, era composta pela maioria de gentios. Filipos era a colônia romana mais importante. Nela moravam muitos veteranos de guerras. Eles recebiam terras do império romano como pagamento pelo trabalho fiel ao império romano. 

      Foi durante a segunda viagem missionária de Paulo, guiado pelo Espírito Santo, que Paulo fundou aquela igreja em Filipos. Foi lá que foi pregado o evangelho a algumas mulheres. Certa mulher chamada Lídia, temente a Deus os escutava. O Senhor lhe abriu o coração para entender as coisas que Paulo dizia. 

- Se o Espírito Santo não abrir o entendimento, quem está ouvindo a Palavra, não consegue entender o que Deus está dizendo. 

- Lídia creu no Senhor e foi batizada. 

- Assim surgiu a igreja na cidade de Filipos. 

- Foi lá nesta cidade que Paulo e Silas foram açoitados com varas e lançados na prisão. 

- Paulo e Silas cantavam na prisão à meia-noite com as costas feridas e sangrando. 

- Foi nessa hora que Deus mandou um terremoto e foram abertas as portas da prisão e foram soltas as correntes de todos. 

 At. 16.26: Diz que foram soltas as prisões de todos. 

- A presença do crente trás a benção de Deus a todos os que estão a sua volta. 

- A tua luz resplandece a todos os que estão a sua volta. 

- O milagre de Deus na tua vida, respinga até aos que estão perto de você. 

- A carta de Paulo aos Filipenses é uma carta de amor àqueles crentes. 

- A carta de Paulo aos Filipenses é uma carta de alegria ao constatar a fidelidade daqueles crentes a Jesus. 

- Nesta carta Paulo exorta aos crentes a serem perseverantes na sua fé, a praticarem o amor fraternal, a serem humildes servindo ao Senhor e a viverem em santidade para conservarem a glória de Deus em suas vidas. 

- Paulo exortava os crentes a viverem um evangelho autêntico.  

II- Marcas de Um Cristianismo Autêntico. 

      O Apóstolo Paulo neste texto que nós lemos exorta o cristão a viver um cristianismo autêntico, não um cristianismo superficial, não um cristianismo fantasioso. 

      Muitos vivem um cristianismo apenas nominal, sem compromisso e sem responsabilidades. 

      Muitos cristãos não são abençoados como Deus quer lhes abençoar, porque praticam apenas uma parte da Palavra de Deus. 

- São crentes meia boca; ou meio crente. 

- Deus é fiel, a Sua Palavra é imutável; o que Ele promete, Ele cumpre. 

- E a Palavra de Deus não tem se cumprido na vida de muitos crentes, porque esses crentes, vivem apenas metade da Palavra; apenas metade do compromisso com Deus. 

Tg. 1.22: E sede cumpridores da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos.  

      Aqui aos Filipenses Paulo mostra as marcas de um cristianismo autêntico. 

1- Dignidade no Viver. 

V. 27: Portar-vos dignamente conforme o evangelho de Cristo. 

- O que Paulo quer dizer? 

- Os crentes de Filipos eram homens que vieram do mundo. 

- Eles antes, no passado, eram idolatras, adúlteros e muito mais. 

- Agora eles são cristãos. Eles são cidadãos de outro reino. 

- É por isso que Paulo manda viver como cidadãos dignos do evangelho de Cristo. 

- Eles tinham que viver conforme o evangelho. 

      Viver de modo digno nos leva ao entendimento de um viver decente, a palavra dignidade significa honradez, respeitabilidade. 

      Ser digno do Evangelho é honrar a Deus através de sua palavra, é respeitar e ser respeitado através desta Palavra. 

I Ts. 4.12: Para que andeis honestamente para com os que estão de fora e não necessiteis de coisa alguma. 

- Amados não adianta dar o dízimo na igreja, dar a oferta, e ser desonesto com as pessoas, pegar aquilo que não é seu, mesmo que seja apenas um real.  

- Deus está nos vendo. Nós somos abençoados pelo nosso procedimento, pelo nosso viver. 

Ef. 4.1: Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados. 

- Somos chamados e vocacionados pelo Espírito Santo para sermos servos de Deus. 

- E aqui diz: “Que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados”. 

- Andar é viver, é proceder, é maneira de viver. 

Rm. 13.13: Andemos honestamente, como de dia, não em glutonarias, nem em bebedeiras, nem em desonestidades, nem em dissoluções, nem em contendas e inveja. 

2- A Segunda Marca de Um Cristianismo Autêntico Que Paulo Fala Aos Filipenses: Firmeza na Unidade. 

V. 27: Estais num mesmo espírito, combatendo juntamente com o mesmo ânimo pela fé do evangelho. 

- Eles tinham que estar firmes em só espírito, uma só alma, lutando pela fé do Evangelho. 

- O apóstolo Paulo aconselha-os a permanecerem em um só espírito, uma só alma, uma só fé diante das dificuldades.  

- Paulo exorta-os a ficarem unidos naquilo que eles têm em comum. 

- O que eles têm em comum é a fé em Jesus Cristo. 

- Eles fazem parte de Cristo. 

- Eles são membros de Cristo. 

- Devem guardar o evangelho por completo que foi dado por Deus a seu povo. 

- Está unido na mesma fé é confessar tudo o que a palavra de Deus manda guardar. 

- Com certeza uma marca de um cristão autêntico diz respeito a unidade com o próximo. 

- Comungar o mesmo amor por Deus e um pelo outro, procurar pensar do mesmo modo e procurar manter a paz mutua. 

- O desejo de Paulo é que nós sejamos um só coração como uma só alma; porque assim seremos uma igreja forte, inabalável, que resiste as artimanhas do maligno. 

- O verdadeiro cristão deixa de lado as birras, as insatisfações e volta-se para a unidade do corpo visando o reino de Deus. 

- O verdadeiro cristão não perde o seu tempo com mesquinharias. 

- Ele guarda o seu coração e trabalha para o vinculo da paz. 

Ef. 4.3: Procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz. 

- Devemos ficar unidos para enfrentarmos as tribulações. 

- Encorajando um ao outro a guardar a fé em Jesus. 

- Paulo quer a unidade da igreja não só nos momentos de alegria, mas nos momentos de dificuldades também. 

- Mantenha firme a vossa fé no Senhor.  

3- Coragem no Combate. 

V. 29: Porque a vós vos foi concedido, em relação a Cristo, não somente crer nele, como também padecer por ele. 

V. 30: Tendo o mesmo combate que já em mim tendes visto e, agora, ouvis estar em mim. 

- O evangelho de Cristo tem cruz, e devemos estar dispostos a carregar. 

- Tem crente que só quer as bênçãos provenientes do evangelho. 

- Não quer lutas, não quer perseguições, não quer desconforto, não quer cruz. 

Lc. 9.23: E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me. 

- Olha o que Jesus diz: “Tome cada dia a sua cruz, e siga-me”. 

- A cruz do evangelho nós não carregamos somente no domingo, ou quando a gente quer. 

- Jesus está dizendo aqui “Todo dia”. 

- Não largue a sua cruz, porque no céu você a trocará por uma coroa de gloria. 

- Combata o bom combate. 

- Batalhe pela sua fé.  

Jd. 3: Amados, procurando eu escrever-vos com toda a diligência acerca da comum salvação, tive por necessidade escrever-vos e exortar-vos a batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos. 

Conclusão: 

- Seja um verdadeiro cristão. 

- Seja um cristão autêntico. 

- Seja um cristão que tenha uma vida que glorifique o nome do Senhor.

 

 

 

 

 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos