Home
 
 
 
 
 
 
 

08/04/18                             

Bom Ânimo Para o Necessitado

Sl. 9.18

Int.: Davi escreveu este Salmos e outros setenta e dois Salmos da Bíblia Sagrada. Davi Foi o rei de Israel a qual governou a nação por quarenta anos. Davi é uma das figuras mais célebres e mais conhecidas da história de Israel. Davi tinha uma grande comunhão com Deus, a qual ele revela nos seus Salmos. Em todas as suas guerras Davi consultava a Deus e se colocava na sua dependência. E Deus o ajudou em todos os seus caminhos e lhe deu vitória em tudo.

      Neste Salmos Davi ora a Deus por um grande livramento; neste Salmos Davi demonstra sua confiança e esperança em Deus.

      O que as pessoas mais precisam nessa vida? Comida? Uma boa casa? Roupas? Dinheiro? Profissão? Oportunidades? Saúde? Bons negócios? Viagens? Amigos? Parentes? Tudo isso é bom e importante. Mas o que todos precisamos mesmo é de esperança para a vida.

      Quando se perde a esperança, se perde a vontade de viver. E qualquer um é tendente a não continuar quando os obstáculos chegam. Por vezes paramos nossa vida por causa da doença, da morte, do desprezo, do deboche, do sarcasmo, da fofoca, da provocação, dos erros, da crise e etc.

      A Bíblia é um livro de esperança porque apresenta o Deus da esperança. O Deus que participa na história daqueles que nele confiam. Nesse Salmos somos chamados a nos lançar no Deus da esperança.

V. 2: Em ti me alegrarei e saltarei de prazer.

- Em Deus Davi só tinha que se alegrar e saltar de prazer, porque Deus lhe tinha dado muitas vitórias.

V. 9: O Senhor será também um alto refúgio para o oprimido; um alto refúgio em tempos de angústia.

- A confiança e a esperança de Davi são grandes, dizendo que Deus será um alto refúgio para o oprimido em tempo de angústia.

- Como Davi já havia passado por angústia e Deus havia sido o seu refúgio, ele podia dar esse testemunho.

V. 10: E em ti confiarão os que conhecem o teu nome; porque tu, Senhor, nunca desamparaste os que te buscam.

- Quem conhece o nome do Senhor confia nele.

- Quem confia no Senhor não será decepcionado.

- O Senhor nunca desampara aquele que o busca.

- Aquele que busca ao Senhor terá a resposta de Deus para o seu problema.

I- Duas Experiências Amargas Chegaram ao Fim.

V. 18: Porque o necessitado não será esquecido para sempre, nem a expectação dos pobres se malogrará perpetuamente.

1- “O necessitado não será esquecido para sempre”.

- Você tem sido esquecido:

- Por antigos amigos e admiradores.

- Nos arranjos feitos e nos planos projetados.

- Nos juízos formados e nos louvores dados.

- Na ajuda apreciada e na confiança expressa.

- Na realidade, você tem sido deixado de lado; tem sido esquecido como um defunto. Isto o tem magoado profundamente, pois houve um tempo em que era consultado entre os primeiros.

- Isso não será assim para sempre.

- Pois Deus não se esquece de você, ainda que o homem se esqueça.

Is. 49.15: Pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que se não compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse, eu todavia, me não esquecerei.

- Para Deus não se esquecer de você, ele escreve o seu nome na palma da sua mão.

Is. 49.16: Eis que, nas palmas das minhas mãos, te tenho gravado; os teus muros estão continuamente perante mim.

2- “Nem a expectação dos pobres se malogrará perpetuamente”.

- Você tem ficado desapontado:

- Em sua natural expectativa de justiça, gratidão, relacionamento, idade, simpatia, caridade, etc.

- Em sua confiança no homem.

- No juízo que faz de si mesmo.

- Em suas expectativas da providência.

- Esse desapontamento será apenas temporário.

- Sua esperança não se há de frustrar perpetuamente; você receberá mais do que espera.

Sl. 71.5: Pois tu és a minha esperança, Senhor Deus; tu és a minha confiança desde a minha mocidade.

- Davi dizia neste salmos que a esperança do pobre não será frustrada.

Mt. 5.3: Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus.

- Pobre é aquele que é dependente de Deus.

II- Dois Sombrios Temores Removidos.

1- Não será esquecido para sempre:

- Não se encontrará com o esquecimento final.

- Na noite de pesar e alarma, por causa do pecado.

- Na hora da morte.

- O Senhor Deus te contempla dos altos céus para te dar livramento.

Sl. 34.19: Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas.

- Aqui não está dizendo que Deus livra o crente de uma parte das aflições, mas de todas as aflições.

- A noite de pesar chega para qualquer um, mas a vitória chega para aqueles que buscam a Deus.

Sl. 30.5: Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.

- O tempo que você passa com o seu problema é pequeno; é só uma noite; essa noite pode ser de alguns dias ou alguns meses; e o que Jesus está dizendo é que o dia vai raiar, e a alegria vai vim pela manhã.

- Tenha fé em Deus, a tua confiança em Deus vai lhe proporcionar a tua vitória.

2- Nem perecerá a sua esperança.

- Sua fraqueza não frustrará o poder de Deus.

- Seu pecado não esgotará a graça de Deus.

- Suas enfermidades e doenças não causarão sua ruína.

- Suas provações futuras não serão demais para você.

Pv. 23.18: Porque deveras há um fim bom; não será malograda a tua esperança.

- O crente pode passar por aflições, mas ele terá um fim bom, não será frustrada a sua esperança.

Jr. 17.7: Bendito o varão que confia no Senhor, e cuja esperança é o Senhor.

- Confiamos no homem e ficamos decepcionados.

- Mas a nossa confiança em Deus é recompensada, Deus não decepciona a ninguém.

- Vivemos em uma época de crise de confiança, onde os homens deixaram de confiar nos políticos, nas autoridades e muitos outros.

- Mas podemos confiar plenamente em Deus, porque Deus não muda, Ele é digno de toda a nossa confiança, Ele é o Deus de esperança.

III- Duas Doces Promessas Feitas.

1- “Não será esquecido para sempre”.

- Não será menosprezado:

Jó 36.5: Eis que Deus é muito grande; contudo, a ninguém despreza; grande é em força de coração.

- No propiciatório, quando estiver rogando.

- Propiciatório é o lugar onde Deus se manifesta, e o crente pode chegar para fazer a sua oração.

Hb. 4.16: Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.

- No púlpito e na Palavra, quando sua alma estiver faminta.

- Em seus sofrimentos e serviço, o Senhor será sua consolação.

2- “A esperança não se há de frustrar perpetuamente”.

- Não ficará desapontado.

- Deus não desaponta aqueles que confiam nele.

- A paz visitará os seus corações.

Fp. 4.7: E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus.

- O pecado será vencido externa e internamente.

Rm. 6.14: Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça.

- Que o pobre espere em Deus.

- Que se regozije ele no futuro, se acha que o presente é limitado.

- Acima de tudo isso, que descanse na promessa de um Deus fiel.

- Descanse nas promessas que Deus tem feito na tua vida.

II Co. 1.20: Porque todas quantas promessas há de Deus são nele sim; e por ele o Amém, para glória de Deus, por nós.

- Deus tem um futuro promissor para você.

- Os pensamentos de Deus para você são pensamentos de paz, para te dar o fim que você espera.

Conclusão: Perguntaram a um idoso cristão, que jazia em seu leito de morte, num estado de fraqueza tão extrema que muitas vezes ficava totalmente inconsciente do que passava ao seu redor, qual a causa de sua perfeita paz. Replicou ele: “Quando sou capaz de pensar, penso em Jesus; e quando sou incapaz de pensar nele, sei que ele está pensando em mim”.

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos