Home
 
 
   

A Realidade do Esfriamento Espiritual                 

05/02/2013
Ef. 5.14-214  

                                                                                 

Int.- A nossa jornada para o Céu é longa; alguns já estão vivendo a vida cristã a 5 anos, outros a 10 anos, outros a 15 anos, outros a 20 anos e outros até mais tempo do que isso. E nessa jornada espiritual podemos sofrer todo tipo de dificuldades como: Ataques do inimigo; oposições da própria família e amigos; cansaço na alma; desânimo e esmorecimento espiritual. E esse esmorecimento espiritual o Apóstolo Paulo chama de sono espiritual.

      Qualquer cristão está sujeito a ter um sono espiritual ou esfriamento espiritual.

      O cristão quando começa sua vida espiritual, ele está no primeiro amor, como Jesus fala na carta a Igreja de Éfeso.

Ap. 2.4: Tenho, porém, contra ti que deixaste a tua primeira caridade.

      Deus se entristece quando o crente perde o seu primeiro amor. O primeiro amor do crente se demonstra pelo entusiasmo com que o crente vive o Evangelho: Com muita alegria, com muita disposição, com muito fervor, com muita voluntariedade, não perdendo os cultos e falando de Jesus para todos a sua volta.

      Mas com o tempo e com as dificuldades com que o crente vai encontrando, começa a perder aquele primeiro amor, aquela disposição, aquele fervor e se não tomar cuidado, acaba tendo um esfriamento espiritual.

      E se o crente não tomar cuidado o esfriamento espiritual pode levar o crente a um afastamento de Deus e a perda da salvação.

      Mas se nós, mesmo com o esfriamento espiritual, estivermos na Casa de Deus, com temor no coração, Deus vai nos falar pela Sua Palavra e pelo Espírito Santo.

V.14: Pelo que diz: Desperta, ó tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá.

      Deus por nos amar vai usar seus servos e meios para que acordemos do sono espiritual e nos despertemos.

      Deus quer nos ver despertados e ativos na Sua obra.

      O cristão não deve se conformar com o esfriamento espiritual, achando que Deus não o ama mais, mas deve lutar para que saia dessa situação.

I- Características do Esfriamento Espiritual.

      Existem sinais que revelam o esfriamento espiritual do crente.

1-A Diminuição do Temor a Deus.

- Quando o crente está ativo e fervoroso um dos sinais perceptíveis é o temor a Deus.

Sl. 2.11: Servi ao Senhor com temor e alegrai-vos com tremor.

- O temor a Deus vai guardar o crente de pecar; de errar; de tomar o caminho errado.

- O temor a Deus na vida do crente é um termostato que revela a sua temperatura espiritual.

Pv. 23.17: Não tenha o teu coração inveja dos pecadores; antes, sê no temor do Senhor todo o dia.

- O temor do Senhor não é para nós termos só nos finais de semana, mas todo o dia.

- Quando o temor de Deus diminui em nosso coração é um sinal que estamos esfriando.

- Quando que o crente percebe que o temor de Deus em seu coração está diminuindo?

- Quando vai perdendo a vigilância para com o pecado.

- O crente vai achando que aquelas pequenas fraquezas não fazem mal.

Pv. 3.7: Não sejas sábio a teus próprios olhos; teme ao Senhor e aparta-te do mal.

- Uma das coisas importantes para o crente não esfriar espiritualmente, é cuidar do temor de Deus em seu coração.

2- A Falta de Apetite para as Coisas Espirituais.

- Vai diminuindo o desejo de orar.

- Vai diminuindo o desejo de ler a Bíblia.

- Vai achando não tão importante os cultos da igreja.

- Vai trocando o momento espiritual, pelo momento matéria, social e carnal.

- Vai tendo preguiça de servir a Deus.

- Vai achando as suas coisas mais importantes do que as coisas de Deus.

Fp. 2.21: Porque todos buscam o que é seu e não o que é de Cristo Jesus.

- A frieza espiritual chega quando o crente põe os seus interesses, acima dos interesses de Deus.

- Não deixe a chama do Espírito se apagar do seu coração.

V.18: E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito.

- Quer dizer: Não perca a graça de Deus pelos embaraços desta vida.

- Quando o apetite espiritual acaba, tudo fica amargo.

- Nenhuma pregação satisfaz mais.

- Começa achar um monte de defeito na igreja e nos irmãos.

- Quando estava no primeiro amor, todos os crentes eram santos.

- Quando está no esfriamento espiritual ninguém presta.

3- Um Outro Sinal do Esfriamento Espiritual é a Diminuição do Amor no Coração.

Mt. 24.12: E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos se esfriará.

- A falta de amor no coração é um sinal do esfriamento espiritual.

- Antes sentia a falta das pessoas; se preocupava com o problema dos irmãos.

- Quando chega o esfriamento espiritual, não se preocupa mais com as pessoas; não sente mais a falta de ninguém.

- Os cultos onde você foi mais abençoado, você não tinha pressa de ir embora, queria cumprimentar todo mundo.

- Quando o esfriamento chega, você não vê a hora do culto acabar, para sair correndo, e nem quer cumprimentar ninguém.

- O fervor espiritual nos ajunta.

- O esfriamento espiritual nos separa.

- Eu sempre falo que a Igreja é uma fogueira e que cada crente é um graveto.

Gl. 5.22: Mas o fruto do Espírito é: caridade, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.

- O primeiro aspecto do fruto do Espírito é o amor.

- Quando é que o fruto do Espírito se manifesta na vida do crente?

- Quando o crente está bem espiritualmente.

I Ts. 3.12: E o Senhor vos aumente e faça crescer em caridade uns para com os outros e para com todos, como também nós para convosco.

- Deus quer que o amor em nosso coração aumente e que não diminua.

- O termômetro para medir a nossa espiritualidade é o amor.

- Não é pelo barulho que fazemos, mas pelo amor que revelamos.

II- Como o Cristão Pode Aquecer-se Espiritualmente?

1-Valorizando a Oração e Buscando Sempre a Deus.

I Ts. 5.17: Orai sem cessar.

2- Dando Valor a Palavra de Deus.

- Meditando e praticando a Palavra de Deus.

Tg. 1.22: E sede cumpridores da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos.

3- Servindo a Deus com Fervor.

Rm. 12.11: Não sejais vagarosos no cuidado; sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor.

- O que é servir a Deus com fervor?

- Com zelo; com grande dedicação; com grande desejo; com piedade; com ímpeto; com ardor.

4- Servindo a Deus com Alegria.

Sl. 100.2: Servi ao Senhor com alegria e apresentai-vos a ele com canto.

- Servir a Deus com alegria é servir a Deus com satisfação; com gozo no coração.

5- Dando Ouvidos a Voz do Espírito Santo.

- Aonde Deus fala?

- Na Sua Igreja, no templo, no culto.

- Sempre falo: Toda negligência tem a sua consequência.

- Cada culto que você falta, você perde a oportunidade de ouvir a voz de Deus.

Ap. 3.20: Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e com ele cearei, e ele, comigo.

- Quando nós ouvimos a Deus, Ele opera em nossa vida.

- Quando nós ouvimos a Deus, nossos corações são aquecidos pelo Espírito.

 

Conclusão: O esfriamento espiritual é algo que pode acontecer na vida de qualquer cristão, mas também o despertamento espiritual é o desejo de Deus para cada um de nós. Que sejamos sensíveis a voz do Espírito Santo e deixemos Ele nos encher Sua Graça, para que sejamos crentes fervorosos servindo ao Senhor.

 

 
 

  Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil

 
Mais mensagens