Home
 
 
   

A Fé Em Jesus e as Suas Consequências

05/11/2013

I Jo. 5.1-13  

                                                                             

Int.- Nós cristãos vivemos neste mundo; nos relacionamos com as pessoas neste mundo; neste mundo trabalhamos, crescemos e tiramos lazer. Neste mundo nós aceitamos a Jesus como Salvador e deixamos de praticar as obras do mundo. Desde a queda de Adão o mundo foi corrompido pelo pecado e o pecado tem crescido e se alastrado no mundo. São os vícios, as imoralidades, a violência, a corrupção, a idolatria, as impurezas, a lascívia, as paixões da carne e tantos outros pecados.

      Nós cristãos vivemos neste mundo e temos que aqui conviver. Não existe uma ilha só para os cristãos viverem, depois que aceitam a Jesus como Salvador.

I Jo. 5.19: Sabemos que somos de Deus e que todo o mundo está no maligno.

      O grande desafio para nós, é vencermos neste mundo sendo servos de Deus.

      Muitos cristãos iniciaram sua caminhada no Evangelho, mas depois das lutas deste mundo e das tentações, desistiram, voltaram atrás; como na parábola do semeador que Jesus proferiu, a semente que caiu no meio de pedregais, as angustias e as lutas da vida o fizeram abandonar a fé.

      Nós não aceitamos a Jesus como Salvador com prazo de validade. De servirmos a Deus por 1 no, ou 3 anos, ou 5 anos ou 10 anos. Mas aceitamos a Jesus para a vida toda, para alcançarmos a eternidade com Deus no céu.

      E você pode perguntar: Como eu vou conseguir chegar até o final da minha vida, servindo a Deus, enfrentando toda sorte de luta e tentação neste mundo?

      E a resposta para esta pergunta está no versículo quatro.

V.4: Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.

I- Vamos Considerar a Nossa Natureza.

1-Como Crentes Não Estamos Livres de Tentações.

- Jesus também foi tentado.

Tg. 1.12: Bem-aventurado o varão que sofre a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam.
- Jesus se compadece das nossas fraquezas.

Hb. 4.15:
Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.

2- Não Estamos Livres da Oportunidade de Pecar.

- Porque habitamos num corpo com a natureza pecaminosa.
- E oportunidades de pecar são apresentadas a nós diariamente.
- O mundo se apresenta a nós diariamente.

I Jo. 2.16:
Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo.

- Essa é a nossa luta de resistência diária.

3- Devemos Sempre Considerar-nos Mortos ao Pecado.

- A nossa velha natureza foi crucificada com Cristo na Cruz do Calvário.

Rm. 6.6:
Sabendo isto: que o nosso velho homem foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, a fim de que não sirvamos mais ao pecado.

- Não ressuscite a sua velha natureza.
- Não dê lugar ao pecado em sua vida.
- Nós morremos para o pecado.

Rm. 6.10:
Pois, quanto a ter morrido, de uma vez morreu para o pecado; mas, quanto a viver, vive para Deus.

- Nós agora vivemos para Deus.

II- A Natureza Conquistadora.

V.4:
Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo.

- O que é ser nascido de Deus?
- É aquele que nasce do Espírito.
- É aquele que é nascido do alto.
- É aquele que se converteu.
- É aquele que teve a sua vida transformada.

I Jo. 5.1:
Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo é nascido de Deus; e todo aquele que ama ao que o gerou também ama ao que dele é nascido.

- Quem é nascido de Deus tem o Espírito de Deus e consequentemente tem condições de vencer o mundo.
- Essa natureza de Deus nos condiciona a vencermos.

III- As Armas da Nossa Vitória.

1-O Sangue de Jesus.

- O sangue de Jesus é eficaz no presente, como foi no passado.

- O sangue de Jesus nos lava de todo o pecado.

I Jo. 1.7: Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado.

2- Andar Cheio do Espírito Santo.

- Esse é o nosso grande desafio como servos de Deus.

Gl. 5.16: Digo, porém: Andai em Espírito e não cumprireis a concupiscência da carne.

- Aquilo que ocupa o nosso coração, é aquilo que nos domina.

- No Espírito nós dominamos a natureza pecaminosa.

Rm. 8.13: Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis.

3- A Nossa Fé.

V.4: E esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.

- A fé genuína em Deus.

- A fé no sacrifício vicário de Cristo na Cruz do Calvário.

- A fé na poderosa Palavra de Deus.

- A certeza que o Espírito de Deus habita em nós.

- Se não tivermos essas certezas perecemos.

- Se não tivermos essa fé não vencemos o mundo.

- A dúvida nos enfraquece.

- A falta de fé nos tira a força espiritual.

- Deus não se agrada daquele que não tem fé.

Hb. 11.6: Ora, sem fé é impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador dos que o buscam.

- Essa fé em Deus nos faz vencer.

- Há muitas batalhas espirituais que enfrentamos neste mundo.

- Vencemos todas as batalhas com a nossa fé em Deus e em Sua Palavra.

- Se não temos fé, duvidamos do poder de Deus, para vencermos as batalhas.

- Essa fé é essencial e determinante para a nossa vitória.

Judas 20: Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo.

- Quer dizer: Construindo a sua vida espiritual nessa fé.

V.5: Quem é que vence o mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus?

- Para vencermos temos que ter fé.

 

Conclusão: Enquanto estivermos neste mundo, aguardando a volta de Jesus, lutas e batalhas enfrentaremos; mas com a nossa fé no Senhor e usando as armas espirituais, venceremos todas as lutas e batalhas.

Fp. 4.13: Posso todas as coisas naquele que me fortalece.

 

 
 

  Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil

 
Mais mensagens