Home
 
 
 
     
  O que Fazer Quando não Sabemos o que Fazer

05/08/2014

 
 

I Sm. 30.1-6 

   
 

                                                                         

Int.- Davi aqui ainda não era o rei de Israel. Davi montou um pequeno exército com os homens que vieram a ele na Caverna de Adulão; homens que se achavam em aperto; homens endividados e com o espírito desgostoso. Davi estava fugindo do rei Saul que o queria matar; e Davi saiu de Israel e foi ter com o rei Aquis, rei de Gate; e o rei Aquis deu a cidade de Ziclague para que Davi e os seus seiscentos homens com suas mulheres e crianças pudessem habitar. 

      De Ziclague Davi saia com seu exército para saquear seus inimigos e trazer o despojo para casa. E Davi numa saída com o seu exército marchando com o rei Aquis contra os israelitas, se deparou com uma situação constrangedora, uma desagradável surpresa ao retornar à cidade e ver que os inimigos haviam roubado todos os seus bens valiosos, levando também suas mulheres e seus filhos, e tinham posto fogo na cidade. 

V.3: E Davi e os seus homens vieram à cidade, e eis que estava queimada a fogo, e suas mulheres, seus filhos e suas filhas eram levados cativos. 

- Que situação de fracasso para Davi e para os seus homens. 

      As vezes os fracassos nos atingem. Acontecem coisas que estão fora do nosso controle e situações sem saída. 

      O que fazer quando não sabemos o que fazer? 

      Mas mesmo na adversidade, como servos de Deus, podemos manter uma atitude de fé e esperança, e transformar fracassos em vitórias. 

V.6: Todavia, Davi se esforçou no Senhor, seu Deus. 

- Que atitude maravilhosa Davi tomou diante da desgraça. 

- Davi disse: Eu não tenho onde me apegar, somente Deus pode me socorrer. 

- Que grande lição aprendemos aqui com Davi. 

- Por causa da sua confiança em Deus, Davi recuperou tudo o que o inimigo havia roubado; e Davi ainda trouxe o despojo do inimigo, o que também pertencia ao inimigo. 

- Através desse exemplo podemos perceber que Deus quer devolver aquilo que o inimigo roubou da nossa vida. 

- Deus é poderoso para assim fazer. 

- Deus é poderoso para transformar fracasso em vitória. 

 

I- O Dia Mau Pode Chegar Para Qualquer Pessoa. 

Ec. 7.14: No dia da prosperidade, goza do bem, mas, no dia da adversidade, considera; porque também Deus fez este em oposição aquele, para que o homem nada ache que tenha de vir depois dele. 

A)Veja a Visão Desoladora. 

- Os inimigos de Davi vieram e saquearam os seus bens. 

- Foi um fracasso total. 

- Através desse exemplo podemos notar que os fracassos podem nos atingir, no entanto, podemos superá-los. 

Ef. 6.13: Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. 

- Em nossa vida como servos de Deus, os fracassos são experiências que servirão para levar-nos a um grande êxito diante das oportunidades que surgirão. 

- Henry Ford disse: “O fracasso é a única oportunidade que se nos depara para começarmos tudo novamente, com maior inteligência”. 

- Christian N. Bovee disse: “O fracasso revela apenas isto: que a tua determinação para vencer não era bastante forte”. 

- Paulo reconhecia que através de suas fraquezas, haveria espaço que o poder de Deus habitasse nele. 

II Co. 12.9: E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. 

- Deus nos ajuda em nossas fraquezas e fracassos. 

Rm. 8.26: E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. 

B) Davi Teve Um Abatimento Interior. 

V.4: Então, Davi e o povo que se achava com ele alçaram a sua voz e choraram, até que neles não houve mais força para chorar. 

- Você já chorou até perder as forças para chorar? 

- As forças de Davi e de seus valentes se esgotaram. 

- As vezes há situações que nos deixam numa situação de esgotamento físico e espiritual. 

- As adversidades surgem de onde nem imaginamos. 

- Parece vivermos uma situação da perda do controle. 

- Nestes momentos vêm as dúvidas, o abatimento e a vontade de desistir. 

C) Davi Antes da Vitória Foi Renovado no Seu Interior. 

V.6: E Davi muito se angustiou, porque o povo falava de apedrejá-lo, porque o ânimo de todo o povo estava em amargura, cada um por causa dos seus filhos e das suas filhas; todavia, Davi se esforçou no Senhor, seu Deus. 

V.7: E disse Davi a Abiatar, o sacerdote, filho de Aimeleque: Traze-me, peço-te, aqui o éfode. E Abiatar trouxe o éfode a Davi. 

V.8: Então, consultou Davi ao Senhor, dizendo: Perseguirei eu a esta tropa? Alcançá-la-ei? E o Senhor lhe disse: Persegue-a, porque, decerto, a alcançarás e tudo libertarás. 

- Antes de alcançarmos a vitória, Deus trata primeiro o nosso interior. 

- Quando Ana orava pedindo um filho, Deus curou primeiro suas emoções e depois sua enfermidade física. 

- Davi foi buscar a providência do Senhor quando não sabia o que fazer. 

- Então, todos os valentes de Davi cessaram o pranto e reanimaram-se no Senhor. 

- Davi buscou a direção de Deus. 

Is. 50.10: Quem há entre vós que tema ao Senhor e ouça a voz do seu servo? Quando andar em trevas e não tiver luz nenhuma, confie no nome do Senhor e firme-se sobre o seu Deus. 

D) Veja Um Propósito Coletivo. 

V.9: Partiu, pois, Davi, ele e os seiscentos homens que com ele se achavam, e chegaram ao ribeiro de Besor, onde os que ficaram atrás pararam. 

V.10: E segui-os Davi, ele e os quatrocentos homens, pois que duzentos homens ficaram atrás, por não poderem, de cansados que estavam, passar o ribeiro de Besor. 

- Eles tinham que trabalhar pela mesma causa. 

- A guerra seria de todos. 

- Isto fala da unidade perfeita do cristão. 

- Você tem as suas lutas, mas nós estamos juntos, somos da mesma família. 

- Não deve haver desunião no propósito da fé cristã. 

E) Veja a Providência de Deus no Deserto. 

V.11: E acharam no campo um homem egípcio e o trouxeram a Davi; deram-lhe pão, e comeu, e deram-lhe a beber água. 

- Deus sempre providencia alguma saída na hora da adversidade. 

- Devemos estar atentos para a oportunidade. 

- As vezes Deus envia coisas que não estão no nosso programa de conquista. 

- Deus enviou um homem enfermo e faminto para orientá-los ao local que estavam os inimigos de Davi. 

F) Davi Efetuou Um Ataque de Surpresa ao Inimigo. 

V.17: E feriu-os Davi, desde o crepúsculo até à tarde do dia seguinte, e nenhum deles escapou, senão só quatrocentos jovens que, montados sobre camelos, fugiram. 

- Deus concede as estratégias para conquistarmos a peleja. 

- Semelhante aconteceu quando os sírios haviam cercado Samaria. 

- O Senhor agiu em favor do seu povo, de modo que os sírios ouviram um grande ruído de carros e cavalos que fugiram (II Reis 7). 

G) Deus Concedeu Uma Completa Restituição. (V.18 a 20) 

- Deus tem poder de entregar tudo o que foi perdido. 

- Nada ficará no domínio do inimigo. 

- Tudo que Jesus conquistou na cruz é direito nosso. 

- Aquilo que o Diabo roubou ele tem de devolver. 

- Os filisteus tomaram a arca de Israel, mas não conseguiram ficar por muito tempo com ela, tiveram que devolver. 

- Talvez a alegria da vida cristã foi roubada da tua vida. 

- Talvez a felicidade do casamento também foi roubada. 

- Talvez os bens materiais e espirituais foram tomados pelo inimigo. 

- Deus é o Senhor que opera toda a restituição que o inimigo roubou. 

 

Conclusão: 

     Nunca aceite uma vida de derrota. Nunca aceite uma vida de fracasso, achando que não tem mais jeito. 

     Deus tem o melhor para a tua vida. 

     A benção de Deus é para os que o temem. 

Pv. 10.22: A bênção do Senhor é que enriquece, e ele não acrescenta dores.


 


 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos