Home
 
 
 
 
 
 
 

05/03/2017

Onésimo, A História de Um Escravo Fugitivo              

Fm. 10,11

Int.: Nesta carta de Paulo a Filemom são realçados o amor cristão e o perdão. Nesta carta revela o poder do Evangelho para ganhar um ladrão e escravo foragido e para mudar o modo de pensar do seu senhor.

      Esta pequena história do escravo Onésimo, narrada nesta curta Epístola de Paulo a Filemom, nos traz, não só uma linda lição de perdão, como também, a transformação da escravidão em verdadeira liberdade, e da inutilidade em verdadeira utilidade.

I- A História de Filemom.

      Filemom era um abastado irmão que havia se convertido ao Senhor, e morava em Colossos. Tinha uma família abençoada sua esposa Áfia e seu filho Arquipo.

      Por morar um pouco afastado da cidade Filemom que era cooperador, abriu uma igreja em sua casa; e vinham irmãos daquela redondeza cultuar e louvar a Deus na igreja que estava em sua casa.

- Filemom por ser abastado possuía alguns escravos ao seu serviço.

- Naquele tempo quem tinha recursos podia ter escravos.

- O nome Filemom significa “Que tem amor”.

A) O regime da escravidão surgiu desde os primórdios da humanidade, e logo passou a ser legalizada nas mais diversas culturas espalhadas pelo mundo.

      Com o advento e influência do cristianismo na legislação dos povos, a escravidão foi sendo mais abrandada, até ser extinguida em definitivo na maioria dos países cristãos.

- O Evangelho liberta os povos, o evangelho liberta as pessoas.

II- A História de Onésimo.

      Onésimo era um escravo de Filemom.

- O escravo acordava e dormia na hora que seu senhor ordenava.

- O escravo não tinha liberdade para se deslocar para lugar algum.

- O escravo vestia a roupa que seu senhor lhe dava.

- O escravo não tinha bem algum nesta terra.

- O escravo não tinha nenhuma perspectiva de futuro para a sua vida.

- Onésimo sonhava em ser livre e ter a sua própria vida.

- Em um dia que não havia ninguém na casa, Onésimo entrou e roubou uma quantia de valor e fugiu procurando a sua liberdade.

- Onésimo sabia que a pena para esse tipo de crime era a morte.

- Ele teria que fugir para bem longe, e foi para a grande metrópole de

Roma.

- Onésimo pensou que estaria livre, mas continuava preso pelo pecado.

- Onésimo, não tinha paz, não tinha alegria, não tinha felicidade.

- Em Roma o dinheiro acabou e Onésimo foi roubar novamente, mas foi preso.

- Onésimo foi parar na prisão, triste, lamentando a sua sorte e seu destino.

- Onésimo dizia para si mesmo: Eu não nasci para ser feliz.

- Mas Onésimo não sabia que Deus tinha um plano para a sua vida.

- Como Deus tem um plano também para a sua vida.

III- Da Escravidão Para a Liberdade.

- Dentro da prisão em Roma estava o Apóstolo Paulo.

- E Paulo viu aquele prisioneiro triste, isolado dos demais, não querendo conversa; Paulo foi se aproximando e dia a dia Paulo foi fazendo amizade e evangelizando Onésimo, até que Onésimo se converteu ao Senhor Jesus.

V. 10: Peço-te por meu filho Onésimo, que gerei nas minhas prisões.

- Paulo está dizendo que Onésimo é seu filho na fé.

- E que o ganhou para Cristo estando na prisão.

- Quando Onésimo se converteu ele sentiu a verdadeira liberdade.

- Mesmo estando na prisão ele sentiu a sua alma livre do pecado.

Jo. 8.32: E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.

Jo. 8.36: Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.

- Jesus libertou Onésimo das amarras deste mundo.

- As tristezas, as angústias, a falta de paz se foram.

- E dentro da prisão com Jesus ele encontrou a alegria, a paz, o gozo, a esperança, a vida eterna.

- Onésimo na prisão passou a cantar hinos a Deus.

- Os outros presos perceberam a mudança que aconteceu na vida de Onésimo: Antes triste e isolado, agora alegre e expansivo.

- É isso que Jesus faz em nossa vida quando ele entra em nosso coração.

II Co. 5.17: Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.

- Onésimo na prisão passou a ajudar Paulo na evangelização dos demais presos.

- A misericórdia de Deus chegou na vida de Onésimo.

- O amor de Deus alcançou Onésimo.

Cl. 1.13: O qual nos tirou da potestade das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor.

- Deus nos tirou das trevas e nos encheu do seu amor.

- A Palavra de Deus nos diz que o Senhor nos abriu os olhos e nos converteu.

At. 26.18: Para lhes abrires os olhos e das trevas os converteres à luz e do poder de Satanás a Deus, a fim de que recebam a remissão dos pecados e sorte entre os santificados pela fé em mim.

- Onésimo era um escravo fugitivo que havia roubado o seu senhor.

- Estava na prisão na sua tristeza e angústia, mas a misericórdia de Deus o alcançou e o transformou.

- Não importa quem seja, a misericórdia e o amor de Deus te alcançam.

Rm. 5.8: Mas Deus prova o seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.

- A vida de Onésimo na prisão passou a ser frutífera.

- A vida de Onésimo passou a ter um significado.

- Jesus faz a nossa vida ter um significado.

- Onésimo se tornou um servo de Paulo e não um escravo. Ele foi um fiel ajudador.

- O nome Onésimo significa “Útil”.

Cl. 4.9: Juntamente com Onésimo amado e fiel irmão, que é dos vossos; eles vos farão saber tudo o que por aqui se passa.

- A coisa mais importante é quando passamos a ser úteis para o Reino de Deus.

V. 11: O qual em outro tempo te foi inútil, mas agora, a ti e a mim, muito útil; eu to tornei a enviar.

- Antes Onésimo era inútil, mas agora era muito útil.

- O evangelho nos torna útil para o Reino de Deus.

- A Bíblia fala que nós somos o sal da terra e a luz do mundo.

- Se Deus alcançou Onésimo com a sua misericórdia, pode alcançar você também.

Ef. 2.4,5: Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou.

      Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos).

- Deus não faz acepção de pessoas, Ele simplesmente perdoa e salva o perdido pecador.

IV- Onésimo Volta Para Casa.

- Onésimo cumpriu a sua pena em Roma e agora estava livre.

- Paulo sentia a perda de um grande cooperador na evangelização dos presos.

- Onésimo agora como convertido decidiu voltar para Colossos para casa de Filemom e assumir as consequências do seu erro; se fosse para morrer que morresse, se fosse para ser chicoteado que fosse, ele agora era um crente em Cristo Jesus.

- É isto que o Evangelho faz na vida do pecador, faz ele concertar tudo que fez de errado no seu passado.

- E Deus nos perdoa para nunca mais se lembrar dos nossos pecados.

Mq. 7.19: Tornará a apiedar-se de nós, subjugará as nossas iniquidades, e lançará todos os nossos pecados nas profundezas do mar.

- Onésimo disse a Paulo que voltaria para Colossos e pediria perdão a Filemom.

- Então Paulo fez uma carta a Filemom e entregou a Onésimo e disse, quando você chegar a casa dele entrega essa carta em sua mão.

- Depois de muitos dias de viagem Onésimo chega a Colossos na casa de Filemom.

- Filemom vê aquele escravo fugitivo entrando na porteira da sua fazenda com uma mochila nas costas.

- Enquanto Onésimo vem chegando pela estrada, Filemom fica pensando no castigo exemplar que ele vai aplicar em Onésimo, para servir de lição para todos os demais escravos.

- Filemom está furioso com o roubo e a fuga daquele escravo.

- Onésimo chega à porta casa se ajoelha diante de Filemom e apresenta a carta que Paulo enviou.

- Filemom abre a carta e começa a ler em voz alta para que a sua esposa e seu filho possam escutar.

- Versículo oito ao versículo vinte e um.

- Quando Filemom acabou de ler, Filemom estava com lágrimas nos olhos, chamou Onésimo apertou a sua mão e lhe disse a paz do Senhor meu irmão, e lhe deu um abraço.

Conclusão: Filemom lhe disse: você agora irá me servir com toda a liberdade e vai participar dos cultos em nossa casa.

- Onésimo passou a servir Filemom não por obrigação, mas por amor.

 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos