MISSÕES, UM DEVER DA IGREJA                01/11/2011                                                                               
Rm. 10.8-17

                                                  

Int.- Ontem, no último dia de Outubro de 2011, a população da terra chegou a 7 bilhões de habitantes; repartidos em cinco continentes e espalhados em 223 países, falando quase 6.000 línguas diferentes. Apenas 1/3 desses habitantes são evangelizados ou que já ouviram a respeito de Jesus; 2/3 desses habitantes praticam outras religiões mortas como: Islamismo, hinduísmo, budismo, católicos e outros são ateus ou não são adeptos a nenhuma religião.

- Deus quer que todos os homens se salvem.

I Tm. 2.4- Que quer que todos os homens se salvem e venham ao conhecimento da verdade.

- O desejo de Deus é ver toda a humanidade alcançada pelo Evangelho.

- Mas boa parte da humanidade tem sido cegada pelo inimigo para não chegarem à salvação.

II Co.4.4- Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que não lhes resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.

- O pecado tem se multiplicado sobre a face da terra, e tem gerado uma humanidade materialista, egoísta, desprovida de moralidade, de justiça, de amor, uma humanidade sem Deus. A humanidade está angustiada, sofrendo as doenças sintomáticas do inicio deste século. Os homens estão perecendo sem Jesus e sem salvação, necessitando que alguém lhes mostre o Caminho da Salvação, o caminho da vida eterna com Deus.

I- A Missão Da Igreja.

      Deus escolheu a Igreja que somos nós para realizarmos a grande obra de alcançarmos os pecadores para Cristo. Os anjos queriam fazer esta obra, mas Dês entregou à Sua Igreja essa missão.

I Pe.1.12- Aos quais foi revelado que, não para si mesmos, mas para nós, eles ministravam estas coisas que, agora, vos foram anunciadas por aqueles que, pelo Espírito Santo enviado do céu, vos pregaram o evangelho, para as quais coisas os anjos desejam bem atentar.

- Esse privilégio, Deus concedeu a Sua Igreja, que somos nós.

- Não devemos olhar como um peso pregar o Evangelho, mas sim como um privilégio de Deus para nós.

A Igreja do Senhor Jesus Cristo tem uma grande missão: Fazer Missões.

- Diante destas estatísticas alarmantes que vemos, e da grande realidade do crescimento de outras religiões no mundo, não podemos cruzar os braços e ficarmos indiferentes, como se isso não é problema meu.

- Dizemos que Missões está no coração de Deus.

- E deve estar no nosso coração também.

- Nestes versículos de Romanos, a um chamado a responsabilidade para a Igreja do Senhor Jesus Cristo que somos nós.

V.13- Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.

- Lendo assim parece tão fácil alguém chegar a salvação.

V.14- Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue?

- Quer dizer, alguém precisa dizer para as pessoas a respeito do seu estado pecaminoso e da salvação em Jesus Cristo, para que elas invoquem o nome do Senhor.

Exemplo: Em Atos 8 o Espírito Santo mandou Felipe pegar o caminho que desce de Jerusalém para Gaza, e chegasse a uma carruagem. O mordomo-mor de Candace, lia o Livro do Profeta Isaías, e Felipe chegou e lhe perguntou: Entendes tu o que lês? E o mordomo-mor respondeu: Como poderei entender, se alguém me não ensinar?

- Felipe estava atento a voz do Espírito Santo de Deus.

- Felipe era obediente ao mandado do Senhor.

V.15- E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam a paz, dos que anunciam coisas boas.

- A missão de cada crente é de pregar o Evangelho do Senhor Jesus.

- E agora tem a missão da Igreja, que também somos nós, de enviar os chamados.

- Alguém precisa pregar.

Mc.16.15- E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.

- A ordem de Jesus é imperativa e precisamos obedecer.

At.1.8- Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra.

1- Recebereis poder.

- Missões começa no poder do Espírito Santo.

- Ele é o chefe de missões, porque é Ele quem dirige, motiva, impulsiona e leva a Igreja a cumprir a tarefa missionária.

- Algumas igrejas dizem que tem o poder do Espírito Santo, mas não tem visão missionária.

- É impossível fazer a obra missionária sem o poder do Espírito Santo.

- É impossível haver poder do Espírito Santo sem visão mundial.

- Se olharmos para a história da Igreja, veremos que todas as vezes em que houve um derramamento do Espírito, o resultado final foi um grande movimento de missões mundiais.

- O resultado do derramamento do Espírito Santo no dia de Pentecoste foi a salvação de quase três mil almas; mais adiante, cerca de cinco mil; depois disso um grande movimento missionário.

- Na história dos avivamentos podemos perceber grandes movimentos missionários.

- Se quisermos ver nossa igreja crescendo, o Reino de Deus implantado e o Evangelho sendo pregado em todas as nações, precisamos do poder do Espírito Santo.

A) Veja a manifestação do Espírito Santo na Igreja de Antioquia.

At. 13.1-3- Na igreja que estava em Antioquia havia alguns profetas e doutores, a saber: Barnabé, e Simeão, chamado Níger, e Lúcio, cireneu, e Manaém, que fora criado com Herodes, o tetrarca, e Saulo.

      E, servindo eles ao Senhor e jejuando, disse o Espírito Santo: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado.

      Então, jejuando, e orando, e pondo sobre eles as mãos, os despediram.

- O Espírito Santo os chamou e a igreja de Antioquia os enviou.

At. 10.15- E como pregarão, se não forem enviados?

- Existem três maneiras de fazer missões:

1- Orando.

- Através da oração, podemos ser testemunhas em Jerusalém, Judéia, Samaria e no mundo todo.

- A oração move o coração de Deus.

Mt. 9.38- Rogai, pois, ao Senhor da seara que mande ceifeiros para a sua seara.

- Através da oração, podemos fazer missões mundiais.

2- Contribuindo.

- Através da nossa contribuição financeira, podemos testemunhar em nossa cidade, estado, país e no mundo todo, porque ela será utilizada para envio e sustento de missionários.

- Devemos contribuir financeiramente, porque é um principio bíblico.

- Quando contribuímos para missões, o nosso crédito é aumentado diante de Deus.

Fp. 4.17- Não que procure dádivas, mas procuro o fruto que aumente a vossa conta.

- Nos dias de hoje, poucas igrejas e poucos crentes, estão contribuindo para missões, por falta de visão.

- Missões é a tarefa básica da igreja e a razão por que ela existe.

- Temos que admitir que todo dia deve ser dia de missões para o crente.

3- Indo.

- Cada crente deve ser um pregador do evangelho.

- Cada crente é um missionário.

- Muitos tem a chamada de Deus para ficarem em sua cidade.

- Alguns recebem de Deus um chamado especial para o ministério de missões transculturais, isto é, estão dispostos a ir a qualquer parte do mundo pregando o evangelho.

- A parte da Igreja é de enviar.

- Se todos os crentes fossem comprometidos em pregar o Evangelho, Cristo já teria voltado.

Mc. 13.10- Mas importa que o evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações.

- Deus espera que a Sua Igreja, que somos nós, cumpramos a parte que nos foi confiada.

Mt. 28.19- Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.

 

Conclusão: Que possamos cumprir o ide de Jesus, não deixando de anunciar o Evangelho aos perdidos, para que possamos voltar com alegria trazendo o resultado da colheita.

Sl.126.5,6- Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria.

      Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos.


    

  Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil

 
Mais mensagens