A EFICÁCIA DA ORAÇÃO                                                                                                                                       01/03/2011

I Jo. 5.14-21

                                                          

Int.- Uma das coisas mais gloriosas do cristianismo é o cristão poder falar com Deus através da oração. Saber que Deus nos ouve e que responderá ao nosso clamor. Uma das experiências mais gloriosa para o cristão é ter a sua oração respondida por Deus. Dá uma satisfação imensa no coração, um gozo por ter sido atendido na sua oração.

      A oração é a comunicação entre o crente e o Senhor. É descrita na Bíblia como: Invocar o nome do Senhor; clamar ao Senhor; buscar ao Senhor; aproximar-se do trono da graça com confiança e chegar perto de Deus.

      A oração é a estrada que nos leva a presença de Deus.

      A oração é o elo de ligação para recebermos as bênçãos de Deus, o seu poder e o cumprimento das suas promessas.

      A oração é a chave da vitória.

      Quando nós descobrimos a eficácia da oração, então passamos a dar mais valor a oração.

      A oração é o respirar da vida de fé do cristão.

      A criança quando nasce chora mostrando que está viva e que todos os seus sentidos estão normais. Da mesma forma acontece com o cristão, ele mostra que está vivo espiritualmente quando ora.

      Quando o cristão ora, ele está falando com Deus.

      Quando o cristão lê a Bíblia, Deus fala com ele.

I- Deus Quer Que Tenhamos Vida Através da Oração.

Cl. 4.2- Perseverai em oração, velando nela com ação de graças.

- Deve a oração ser algo continuo e perseverante em nossa vida.

Is. 55.6- Buscai ao Senhor enquanto se pode achar; invocai-o enquanto está perto.

- Estamos no tempo da Graça, o véu que separava o lugar santo, do santo dos santos foi rasgado; temos agora acesso a presença de Deus, podemos falar com Ele diretamente através da nossa oração.

Hb. 4.16- Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.

- A maneira de chegarmos ao trono da graça é através da oração.
 

II- A Oração que Deus Ouve.

1- Deus ouve a oração do justo.

Pv. 15.29- Longe está o Senhor dos ímpios, mas escutará a oração dos justos.

2- Deus ouve a oração sincera.

Hb.10.22- Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé, tendo o coração purificado da má consciência e o corpo lavado com água limpa.

3- Deus ouve a oração feita com fé.

Mc.11.24- Por isso, vos digo que tudo o que pedirdes, orando, crede que o recebereis e tê-lo-eis.

4- Deus ouve a oração feita em Nome de Jesus.

Jo. 16.24- Até agora, nada pedistes em meu nome; pedi e recebereis, para que a vossa alegria se cumpra.

5- Deus ouve a oração feita segundo a sua vontade.

V.14- E esta é a confiança que temos nele: que se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve.

- Tem coisas que pedimos na oração que não é a vontade de Deus.

- Tem coisas que pedimos que não agrada a Deus, e Ele não responderá.

Tg. 4.3- Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.

- Aquilo que vai nos fazer mal Deus não nos dará.

- Aquilo que nos tira a espiritualidade Deus não nos dará.

I Jo. 3.21,22- Amados, se o nosso coração nos não condena, temos confiança para com Deus.

      E qualquer coisa que lhe pedirmos, dele a receberemos, porque guardamos os seus mandamentos e fazemos o que é agradável à sua vista.

- O salmista Davi pedia para Deus responder a sua oração, segundo a verdade e a justiça de Deus.

Sl. 143.1- Ó Senhor, ouve a minha oração. Inclina os ouvidos às minhas súplicas; escuta-me segundo a tua verdade e segundo a tua justiça.

- Para orar assim tem que ter uma vida totalmente entregue a Deus.

- Não fazendo o que eu quero, mas segundo a verdade e a justiça de Deus.
 

III- A Oração que Deus não Ouve.

1- Quando o Cristão está em pecado.

Is. 59.2- Mas as vossas iniqüidades fazem divisão entre vós e o vosso Deus, e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça.

Sl. 66.18- Se eu atender à iniqüidade no meu coração, o Senhor não me ouvirá.

2- Deus não Ouve a Pecadores.

Jo. 9.31- Ora, nós sabemos que Deus não ouve a pecadores; mas, se alguém é temente a Deus e faz a sua vontade, a esse ouve.

IV- Exemplos Bíblicos de Oração Eficaz.

1- Moisés fez numerosas orações intercessórias às quais Deus atendeu.

2- Sansão, arrependido, orou pedindo uma última oportunidade de cumprir sua missão de derrotar os filisteus; Deus atendeu essa oração.

3- Deus respondeu às orações de Elias em pelo menos quatro grandes ocasiões; em todas elas Deus respondeu e o nome do Senhor foi glorificado.

4- O rei Ezequias adoeceu e Isaías lhe declarou que morreria. Ezequias, virou o rosto para a parede e orou intensamente a Deus para que prolongasse sua vida. Deus mandou Isaías retornar a Ezequias e dizer-lhe que o estava curando e que lhe daria mais quinze anos de vida.

5- Daniel orou ao Senhor para lhe revelar o sonho de Nabucodonozor e também para o livrar na cova dos leões, e Deus lhe atendeu o seu pedido.

6- Os cristãos da igreja primitiva oraram incessantemente a Deus pela libertação de Pedro da prisão, e Deus enviou um anjo para libertá-lo.

 

Conclusão: Quando nos enquadramos nos princípios de Deus e cumprimos a sua Palavra, nossas orações são respondidas pelo Senhor, e quando isso acontece a nossa satisfação em sermos atendidos por Deus é muito grande. Precisamos exercitar a cada dia a nossa busca por Deus na oração e termos a benção de ter respondidas as nossas orações.

 
    

  Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil

 
Mais mensagens