Home
 
 
 
 
 
 
  A Importância de Sermos o Templo de Deus

01/03/2016   

 
  I Co. 3.9-17    
 


Int.- No Antigo Testamento Deus chamou Abraão de Ur dos Caldeus na Mesopotâmia, e o conduziu até Canaã, e fez da descendência de Abraão a nação de Israel. E na nação de Israel Deus escolheu um lugar, o Monte Sião em Jerusalém, para que ali se construísse um templo onde Ele habitaria.

Dt. 12.5-7: Mas o lugar que o Senhor, vosso Deus, escolher de todas as vossas tribos, para ali pôr o seu nome, buscareis, para sua habitação, e ali vireis.

      E ali trareis os vossos holocaustos, e os vossos sacrifícios, e os vossos dízimos, e a oferta alçada da vossa mão, e os vossos votos, e as vossas ofertas voluntárias, e os primogênitos das vossas vacas e das vossas ovelhas.

      E ali comereis perante o Senhor, vosso Deus, e vos alegrareis em tudo em que poreis a vossa mão, vós e as vossas casas, no que te abençoar o Senhor, vosso Deus.

      Deus escolheu o lugar para que ali todos os hebreus de toda a nação lhe buscassem. Havia um lugar escolhido por Deus. Os israelitas vinham da Galiléia, de Samaria e da Judéia à Jerusalém no templo para adorar a Deus.

      Havia três festas anuais no Antigo Testamento onde todo judeus participava:

1- A Festa da Páscoa: Celebrava-se a saída do Egito.

2- A Festa do Pentecoste: Era a festa que marcava o fim da colheita de trigo.

3- A Festa dos Tabernáculos: Comemorava a peregrinação no deserto.

      Em todas essas festas os judeus comemoravam com muita seriedade e reverência em adoração a Deus.

      No Novo Testamento no tempo da Graça, nós temos a igreja física, o templo onde viemos para cultuar a Deus e adorar o Seu nome.

      Mas no tempo da Graça, o verdadeiro templo de Deus somos nós mesmos. Hoje passamos a ser morada de Deus; templo do Espírito Santo.

      No Antigo Testamento os judeus iam a Jerusalém para adorarem a Deus e não sentiam a presença de Deus dentro de si.

- Hoje no tempo da Graça, Ele mora dentro de nós, sentimos a Sua presença.

- A mulher samaritana perguntou a Jesus:

Jo. 4.20: Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar.

Jo. 4.23: Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade, porque o Pai procura a tais que assim o adorem.

- Somos escolhidos por Deus para sermos a Sua morada, a Sua habitação, o Seu templo.

I- Escolhidos Para Ser o Templo de Deus.

- Esta casa estava suja, imunda, cheio de pecados e iniquidades; mas Deus nos escolheu do jeito que nós estávamos e nos limpou de todos os pecados e iniquidades.

Ef. 2.1-5: E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados.

      Em que, noutro tempo, andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espirito que, agora, opera nos filhos da desobediência.

      Entre os quais todos nós também, antes, andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também.

      Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou.

      Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos).

- Estávamos mortos espiritualmente.

- Estávamos mortos para Deus, para a vida espiritual.

- Mas Deus nos vivificou; Deus nos deu vida.

- Hoje nós somos vivos espiritualmente.

- Hoje nós somos salvos em Jesus Cristo.

V. 9: Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus.

- Nós cooperamos com Deus porque Ele habita em nós; por isso nós fazemos a Sua obra.

- Nós somos lavoura de Deus: Onde Ele rega, poda e lavra a cada dia.

- Lavrar é fazer sulco na terra para lançar a semente.

- Deus tem nos marcado com as experiências do dia a dia e com a Sua glória.

- Somos molhados por Deus a cada dia para crescermos.

- Nós somos edifício de Deus.

Ef. 2.21-22: No qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo no senhor.

      No qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus no Espírito.

- Um prédio que vai sendo construído a cada dia.

- E Paulo fala aqui: “Mas veja cada um como edifica sobre ele”.

- É como Paulo estivesse dizendo: Não construa o prédio de forma errada.

- Este edifício que somos nós é edificado sobre um sólido fundamento que é Cristo.

V. 11: Porque ninguém pode pôr outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.

- Nós estamos alicerçados em Jesus Cristo.

- Jesus Cristo é o nosso fundamento; a pedra onde estamos edificados.

I Pe. 2.6: Pelo que também na Escritura se contém: Eis que ponho em Sião a pedra principal da esquina, eleita e preciosa; e quem nela crer não será confundido.

- Esta pedra não deixa o prédio cair.

- Jesus nos sustenta a cada dia.

II- O Crente é o Templo de Deus.

V. 16: Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?

- Paulo está dizendo que há aqui uma grande responsabilidade do crente em ser o templo de Deus.

- Paulo está dizendo: Se você aceitou a Jesus como Salvador e nasceu de novo, você agora é o templo de Deus, o Espírito Santo de Deus agora habita em você.

- Nós agora temos uma grande responsabilidade perante o mundo, nós somos agora a casa de Deus.

- Para onde você vai, você leva Deus com você.

- Para o serviço, para a escola, para casa, no metrô, no ônibus, no carro, no mercado, no shopping.

- Você está sendo uma boa habitação de Deus?

- Você está sendo um bom representante de Deus?

- O mundo a nossa volta está corrompido e encardido pelo pecado.

- Mas nós como templo de Deus, somos a luz de Deus nesse mundo.

V. 17: Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá.

- Veja como somos importantes para Deus.

- Deus faz justiça em favor do crente.

- Deus protege o crente diante dos adversários neste mundo.

- Mantenha a presença de Deus em sua vida.

- Enquanto Deus estiver morando em você, você é especial para Deus.

I Ts. 5.19: Não extingais o Espírito.

- Não entristeça o Espírito Santo de Deus, se não Ele vai embora.

- O crente entristece o Espírito Santo: Pecando, não obedecendo a Sua voz, não praticando a Palavra de Deus.

V. 17: Porque o templo de Deus, que sois vós, é santo.

- Para Deus fazer morada em nossa vida, Ele nos limpou; Ele nos santificou.

- Deus tirou tudo aquilo que nos sujava, que não prestava da nossa vida.

II Ts. 2.13: Mas devemos sempre dar graças a Deus, por vós, irmãos amados do Senhor, por vos ter Deus elegido desde o principio para a salvação, em santificação do Espírito e fé da verdade.

- Deus nos escolheu, nos elegeu desde o principio para a salvação e em santificação do Espírito.

- Antes nós éramos trevas, agora somos luz no Senhor.

- Antes éramos sujos pelos pecados, agora somos santos pela presença de Deus.

I Ts. 5.23: E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.

- Olha aqui a grande responsabilidade de cada um de nós.

- Precisamos conservar irrepreensível para a vinda de Jesus: O nosso corpo, a nossa alma e o nosso espírito.

I Pe. 1.16: Porquanto escrito está: Sede santos, porque eu sou santo.

- Deus é santo e habita num coração purificado e santificado.

Conclusão:

      Temos a responsabilidade de sermos templo de Deus, vinte e quatro horas por dia, não somente quando estamos no culto, não somente quando lemos a bíblia, não somente quando oramos.

Ec. 9.8: Em todo tempo sejam alvas as tuas vestes, e nunca falte o óleo sobre a tua cabeça.

- Aqui diz: “Em todo tempo”.

 

 

 

 

 

 

 

 
       
 

Pr. Silvano Doblinski
Presidente da Igreja Assembleia de Deus
do Jabaquara em São Paulo - Brasil







 

 
Mais mensagens
Adicionar AD Jabaquara aos Favoritos